Se você segue a sabedoria, diversão segue você. Se você segue a diversão, a infelicidade segue você.

Guruji

A vida precisa ser um equilíbrio perfeito entre som e silêncio, entre atividade dinâmica e quietude, entre ser engraçado e jovial, e depois ser sério. Se um dos aspectos está faltando, a vida está incompleta. Se você é apenas sério, e não engraçado, então ela não está completa. Se você é apenas engraçado, você se torna superficial. Você não é profundo. Silêncio é a nossa habilidade de trocar entre os dois, isto é muito importante. Sua habilidade em estar ocupado, e ainda assim, relaxado. Sua habilidade para estar preocupado, profundamente preocupado, e ainda assim, completamente desapaixonado. Se você está profundamente apegado a algo, você fica propenso a ficar zangado, triste ou frustrado. Ao mesmo tempo, se você está somente desapegado, você ficará descuidado, sem afetividade,  sem carinho, descompromissado. Esta bonita combinação entre compromisso e desapaixonamento é a coisa mais importante. Existem cinco aspectos que fazem com que a alma individual se conecte com o Divino, ou fazem a alma individual se diferenciar do Divino:

1. Ignorância            2. Ego           3. Desejo           4. Aversão           5. Medo

Então, como você sabe se tem crescido na vida? Como sabe se você tem se aproximado a Deus? Examine esses cinco aspectos. Eles o mantém separado de Deus. Quão ignorante você era há cinco anos, há dez anos, há um ano? Quanto conhecimento a mais você tem agora? Há uma melhora? Apenas imagine como você era antes do seu primeiro Sudarshan Kriya, e o que você é agora. Há uma diferença?
Público: Sim!

Sri Sri Sua ignorância foi reduzida. Isto é Asmita. O quão não-natural você era antes e o quão natural você é agora? O quanto você se sente à vontade? Você é menos egoísta agora? Você está pensando menos sobre “Eu, eu, eu, eu, eu”? Você está mais livre?
Público: Sim!

Sri Sri Os aspectos de avidya e asmita foram reduzidos? Você está mais com a natureza, mais natural. Existe menos do “Eu, eu.” O terceiro aspecto: desejos. Quão forte eram os seus desejos antes e o quanto eles reduziram? Eles são menores?
Público: Sim!

Aversão. O quanto há de aversão agora? Qualquer coisa que dá prazer cria desejo, qualquer coisa que dá dor ou desprazer cria aversão. Ela não diminuiu agora? E medo. Ele diminuiu? E ele reduz mais à medida que você pratica. Este é o porquê, estas práticas foram feitas para reduzir estas cinco coisas na vida e manter você perto do Divino, o Espírito Universal. E isto é iluminação.
Alcançar a iluminação é reduzir todas estas coisas a quase nada, a um por cento – porque enquanto o corpo estiver lá, este um por cento permanece. De 99 por cento a um por cento. Do momento em que você nasce até os seus três anos de idade, estes aspectos estão presentes numa proporção muito pequena. Do terceiro ano para a frente, todas essas coisas aumentam para noventa e nove por cento. E então, através da educação e sadhana, você começa a reduzi-los novamente. Um bebê de dois ou três meses não tem muitos destes aspectos – eles não têm medo. Você já viu um bebê com medo? Somente quando o bebê fica maior – seis meses, um ano – as qualidades da mãe começam a aparecer.
Desejo e aversão aparecem quando o bebê faz um ano. Se o bebê ganha algo doce, o desejo aparece. Se alguém não familiar se aproxima, o bebê vai afastá-lo. Isto acontece quando o espírito, a alma individual se torna mais proeminente. Antes disso, só existe Deus, Espírito Universal. O Espírito Universal retorna ao espírito individual desta forma. Como ar dentro de um balão. Quando o balão estoura, o ar sai. Como na vida, quando estas cinco coisas são reduzidas – ignorância, ego, desejo, aversão, e medo – então a consciência, a energia cintilante emerge. Isto é satchitanand. Sat – verdade, chit – consciência, anand – bem aventurança.
Este é o equilíbrio – ter diversão, mas no momento seguinte, ter a habilidade para ficar quieto, para ficar sério. Ser muito sério mas ser capaz de fazer uma brincadeira. Pessoas sérias ficam incomodadas quando uma brincadeira é feita. Você deve ter a habilidade de mudar de um para o outro e tolerar mais. Igualmente para música e silêncio. Sinta-se em casa no silêncio. Alguns estão sempre em silêncio e alguns estão sempre ouvindo música. A vida é completa quando você pode passear no espectro. Este é o elemento de Shiva, a dança de Shiva. Quando Shiva dança, o mundo se move, é tão poderoso, é uma dança de tal modo dinâmica. E ainda assim Shiva pode ser absolutamente imóvel. Estes dois aspectos são expressos: um que é muito inocente, e, ao mesmo tempo, representa o mais alto conhecimento. Existem pessoas que são ignorantes mas inocentes. Shiva é sábio e inocente. A completa extensão da vida, a consciência, tão viva.

Você não tem escolha. Você sabe o que é muito importante, na Arte de Viver, quando você sai para o mundo, você não deve se perder no glamour ou na diversão. Divirta-se, mas não se perca nela. Ela estará lá por alguns dias, alguns meses, e então você se encontrará vazio. Quantos de vocês já tiveram esta experiência? Mas vocês nunca pensaram sobre ela, não é? A Arte de Viver te dá muita diversão, a meditação te dá tanta energia, sua devoção, e a energia te traz tanta alegria e divertimento. Mas quando colocamos nossos pés e simplesmente nos perdemos lá, tudo isso vai embora. E então nos perguntamos porque nossa meditação não é tão boa. Eu disse num dos trechos de conhecimento:

Se você segue a sabedoria, diversão segue você. Se você segue a diversão, a infelicidade segue você.

O sutra é apenas estar no silêncio. Então, você pode se divertir mas não se perca nisto. Entendeu? Não se sinta culpado. Algumas pessoas se sentem culpadas: “Oh, estou me divertindo.” Equilibre isto. Saiba que você não deve se perder nisto. Está bem. Vocês sabem que existem dois tipos de devotos? Um é o macaco e o outro é um gatinho. Uma pessoa intelectual é como um macaco. Como um filhote de macaco, ele se agarra na mãe e a segue por toda parte. A mamãe-macaco não faz nada e o bebê-macaco não vai para longe. O bebê-macaco se agarra na sua barriga ou nas suas costas. A mãe não se incomoda. Esta é uma pessoa intelectual, consciente, atenta.
E existem os outros, eles são como os gatinhos. Um gatinho brinca por aí e a mãe o pega com sua boca, pelo seu cabelo e o carrega pros lugares. A mãe usa o mesmo dente para morder um rato mas ela não machuca o gatinho. É o mesmo com a natureza – ela cuida de nós deste modo. Este é o caminho do amor e da devoção. Uma pessoa intelectual está tomando uma atitude. Na vida do buscador, às vezes ele é um macaco, às vezes ele é um gatinho. Gatinho é quando você está tão mergulhado no amor, oco e vazio, e o macaco pensa e analisa. A decisão é sua, o que você quer ser? Os dois são bons.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Silêncio

Sri Sri Ravi Shankar

Não há nada a dizer. No silêncio do Guru, as perguntas desaparecem. Vocês conhecem a estória de Dakshina Murthi?

Vários sábios fizeram bastante meditação. Eles tinham muitas perguntas e eles vieram a Dakshina Murthi. O Guru era jovem, os discípulos velhos, eles vieram e sentaram perto de Dakshina Murthi. O Guru não disse uma única palavra e todas as perguntas desapareceram. O Guru é sempre jovem no espírito. O discípulo é sempre velho porque ele está atolado no passado. Esta é a estória de Dakshina Murthi!

Na fala silenciosa, todas as questões desaparecem.

A fala se dá apenas no silêncio. Isto é o seu símbolo espiritual. Esta é a energia.

Satsangs :: Sobre o Divino e o Ashram

Guruji

Pergunta Shiva é o Senhor do universo. Sobre quem Ele medita? E por que?

Sri Sri Shiva não é uma pessoa sentado em algum lugar. O próprio Shiva é meditação. Shiva é Shiva tatva. Como você vivencia isso? Através da meditação, você tem contato com Shiva tatva dentro de você.

.  .  .

 Pergunta Há algo errado em idolatrar ídolos?

Sri Sri Você mantém foto dos seus entes queridos. A foto é realmente seu ente querido? (platéia responde: Não). Mas, mesmo assim, você mantém a foto. A foto não é a pessoa – mas te relembra a pessoa. É assim que murthi puja é praticado em diferentes partes do mundo. Alguns não acreditam. Se você não quer ver Deus em uma forma, está bem. Se quiser, está bem também. Você apenas está vendo na forma, algo que está além da forma.

 

.  .  .

Pergunta Como reter a energia do Ashram no futuro?

Sri Sri Meditando todos os dias, cantando e entoando cânticos.

.  .  .

 Pergunta Quando estamos confusos e clamamos pelo Divino, o Divino virá nos ajudar? O que devemos fazer quando temos medo?

Sri Sri Diga-me, qual é a sua experiência? O Divino tem feito Sua obrigação devidamente? Estas perguntas são irrelevantes. Quando você precisa de ajuda, o pedido de ajuda é espontâneo. Você não planeja o que fará quando está numa crise.

.  .  .

 Pergunta Na nossa sociedade, as pessoas que desrespeitam as leis são consideradas heroínas e aqueles que seguem as leis, são considerados tolas. Quando podemos esperar que isto mude?

Sri Sri A mudança está acontecendo e continuará a acontecer. Não se preocupe. A mudança acontecerá.

.  .  .

 Pergunta O Divino sente como um ser humano? Como pode um simples ser humano se aproximar de Deus?

Sri Sri Apenas seres humanos simples podem entender o Divino. Se alguém pensa que é especial, não consegue. Primeiro entenda a si mesmo e o próprio Deus te perseguirá. Pergunte a si mesmo – Quem sou eu?

Ninguém pode fazer isso.

.  .  .

 Pergunta Se algo ruim está acontecendo, o que devemos fazer sobre isso?

Sri Sri Primeiro você aceita que algo ruim esteja acontecendo e depois perceba que você quer que o que está errado pare de acontecer. O que está errado vai parar de acontecer no momento certo.

.  .  .

 Pergunta Meus amigos querem vir ao Ashram mas não têm dinheiro.

Sri Sri Não se preocupe. Aqueles que não podem pagar devem vir. Eles têm que vir.

.  .  .

 Pergunta Qual a importância do cordão sagrado?

Sri Sri O cordão sagrado indica as três responsabilidades que você arca: dever aos pais, dever à sociedade e dever em relação ao conhecimento que você recebe na vida. Você deve disseminar o conhecimento que recebe durante a vida.

Uma vez tendo terminado suas obrigações, o cordão é descartado – isto significa que você yomou Sanyasa (renuciou ao mundo). Não tem mais obrigações.

.  .  .  .  .  .

© Arte de Viver

Só Fale Conhecimento

Sri Sri Ravi Shankar

Só fale conhecimento. Não repita nada que alguém te contou ou a opinião de alguém sobre outra pessoa – “O Fulano disse tal e tal sobre você.”

Se alguém quiser ter esse tipo de conversar com você, o desencoraje. Não acredite nele.

Se alguém te acusa diretamente, saiba que eles estão removendo seu carma ruim e deixe ir. Não acredite nisto e se você é um dos seguidores do Guru, você vai enfrentar todas as acusações do mundo com um sorriso.

O conflito é a natureza do mundo, conforto é a natureza do Ser. Em meio ao conflito, procure o conforto.

*Quando você estiver entediado com o conforto, entre nos jogos do mundo.

*Quando você estiver entediado dos jogos do mundo, entre nos confortos do Ser.

Se você é um dos seguidores do Guru

Você faz ambos simultaneamente.

Tentar acabar um conflito, o prolonga. Encare o conflito buscando o conforto do Ser.

Deus está vivo no mundo e tem aguentado todos os conflitos existentes ao longo dos anos. Se Deus tem aguentado todos os conflitos, você também pode. No momento que você concorda estar com o conflito, o conflito acaba.

As pessoas que amam a paz não querem briga e aqueles que brigam não amam a paz. Aqueles que querem a paz, querem fugir.

O que é necessário aqui é estar em paz internamente e, então, lutar.

Toda a mensagem do Gita é para ser pacífico consigo mesmo e, então, lutar. Krishna diz a Arjuna para lutar, mas ficar em paz ao mesmo tempo. Te faz lembrar alguma coisa?

No mundo, você resolve um conflito e outro aparece. Por exemplo, a Rússia se resolveu, então surge a Bósnia. Você vê um melhorar e logo em seguida outro começa. Seu corpo tem uma gripe e depois você melhora; suas costas doem, depois melhora. Seu corpo melhora e depois a mente. O mundo funciona assim, não é?

Sem nenhuma intenção, desentendimentos acontecem. Não depende de você tentar resolvê-los.

Ignore-os e esteja vivo.

.

© Arte de Viver

O Lugar Mais Lindo do Universo

Sri Sri Ravi Shankar

Há um lugar que você pode vir onde tudo é lindo. Os turistas viajam de um lugar para outro procurando por beleza. Com fotos e souvenires, eles tentam levar a beleza de volta para casa junto com eles.  Eles apenas conseguem ficar cansados e bronzeados.

Contudo, o lugar mais lindo é exatamente aqui. Quando você vem aqui, você acha que tudo é lindo, onde quer que esteja. Onde é este lugar?

Não olhe aqui nem acolá; está dentro de você. Quando você está aqui, qualquer lugar fica lindo. Então, onde quer que você vá, você levará beleza.

Se você está infeliz, até a Lua te irrita, coisas doces te dão náusea, música te perturba. Quando você está calmo e centrado, o barulho vira música, as nuvens são mágicas, e chuva é amor líquido.

Reserve para si mesmo uma viagem para o mais lindo lugar do mundo.

Então você achará que todos os dias são férias e uma celebração

.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Satsangs :: 10 Perguntas

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Eu tenho muitos defeitos. Todos me abandonaram e você me tomou em seus braços. Como?

Sri Sri Facilmente. Todo mundo pode fazer isto. Aceite as pessoas como elas são. Quando você tem o controle remoto em suas mãos, você pode mudar o canal da televisão. A mesma televisão pode mostrar um canal de horror ou algo bonito. O controle remoto de sua vida está em suas mãos.

.  .  .

Pergunta Como controlar a ameaça da droga?

Sri Sri Sudarshan Kriya! Isso gera muita intoxicação, que é suficientemente bom.

 

.  .  .

Pergunta Como uma pessoa equilibra seva e estudos?

Sri Sri Você sabe andar de bicicleta? Se você vira para a direita, então ela vai pra lá. Se você vira para a esquerda, a bicicleta vai pra lá. Você tem que equilibrar a vida.

.  .  .

 

Pergunta O que eu posso fazer para mitigar maus períodos astrologicamente?

Sri Sri  Cante ohm namo shivay e medite.

 

.  .  .

Pergunta Há muita traição e política em meu escritório.

Sri Sri As pessoas fazem política. Quando você pensa que elas fazem política, então isso fica grande para você. Mesmo que elas façam alguma coisa pequena, você já pensa que é intencional.

Apenas entenda a mente humana. Se as pessoas comportam-se assim, essa é a natureza delas. Elas jogam todos estes jogos porque são ignorantes. É a fraqueza que traz à tona estas tendências.

Tenha compaixão. Quando você as rotula, então você corta a comunicação com elas. As pessoas não são as mesmas todos os dias. Elas mudam. Mudam também por causa da maneira como nós interagimos com elas. Em fevereiro, eu encontrei alguns Maoístas em Jharkhand (Índia). Eu falei para eles largarem as armas e votarem. Eles fizeram isto e agora pedem as eleições.

Nós não devemos cortar relações com as pessoas, seja elas quem forem. Devemos trazer à tona o melhor das pessoas. Se nos encolhermos em nossas conchas, os outros vão pensar que somos pessoas de mentes fechadas. Gente é gente em todo lugar. Não veja intenção por atrás dos erros dos outros. Dê a eles o benefício da dúvida.

 

.  .  .

Pergunta Onde fica atma?

Sri Sri Você tem uma mente. Feche seus olhos e procure-a. Você verá que ela está em toda parte e em parte nenhuma. Ela não é um objeto que pode ser guardado em algum lugar. O campo está em todo lugar.

 

.  .  .

Pergunta O que é beleza?

Sri Sri É o que é inocente (shivam), o que é verdade (satyam).

Satyam, Shivam, Sundaram. Isso é o que é divindade. Toda criança parece tão linda, seja ela da Mongólia, África, Bangladesh. Por que é assim? Por causa da inocência.

 

.  .  .

Pergunta Como podemos alcançar Trupti e ficar satisfeitos com o que temos?

Sri Sri Somente acorde e veja. Mesmo que você receba uma fortuna no futuro, e daí? Você pode gastar todo o dinheiro? Você só vai colocá-lo no banco. Então você vai morrer e seus filhos vão brigar pelo seu dinheiro. É assim que fazemos. É imprudente adiar sua felicidade para ganhar alguma coisa. Aspire por alguma coisa, mas seja feliz agora.

Quando você sente que tem tudo agora, você terá mais. Você sabe quem é convidado para jantares? Quem tem muito para comer. Sinta a plenitude.

 

.  .  .

Pergunta Muitas pessoas nasceram nos últimos anos. De onde vêm as novas almas?

Sri Sri Muitas espécies de animais desapareceram. Agora você não vê mais pardais, cobras e escorpiões. Não existe escassez de almas. Há muitas delas.

Você já viu anúncios com letreiros? Às vezes só algumas letras estão acesas. Por exemplo, um anúncio do sabonete Lux ou da pasta de dentes Colgate.

As lâmpadas estão sempre lá. Às vezes algumas lâmpadas estão acesas, outras não. Do mesmo jeito, as almas estão lá. Algumas se manifestam, outras não.

 

.  .  .

Pergunta Qual é o segredo atrás do sorriso sempre-brilhante?

Sri Sri Eu não faço a menor idéia. Talvez seja porque eu sempre fale e siga o que penso.

.  .  .  .  .  .

Leia mais: Cure-se da Depressão com MeditaçãoComo Ser Feliz

© Arte de Viver

 

 

Satsangs :: Relatividade, Vida e Morte

Sri Sri Ravi Shankar


Pergunta
O que é a ciência da relatividade? Como ela funciona na vida?

Sri Sri Vá na Internet, há muito sobre isto. Volumes e volumes. Tudo está relacionado: se você dormiu bem, você vê tudo melhor. Se não, então as coisas ficam apagadas. O observador e o observado variam. É por isso que dizem que estados diferentes de consciência entendem conhecimento diferente. Você já ouviu a história japonesa?

No Japão, há uma regra que os donos de motéis devem dar comida e alojamento grátis a monges. Para testar se um monge é verdadeiro, o dono faria uma pergunta de conhecimento. Se a pergunta for respondida, o monge pode então ficar. Se o dono tiver que dar a resposta certa, então o monge seguirá adiante. Dois irmãos eram donos de um motel. O mais velho era muito inteligente. O mais novo era letárgico. O irmão mais velho administrava os negócios de modo que ele não tinha que dar quartos grátis aos monges. Um dia o irmão mais velho teve que sair e disse ao mais jovem:
– Se algum monge vier aqui, fique mudo. Se você ficar em silêncio, o monge não permanecerá aqui.
Logo que o irmão mais velho saiu, um grupo de monges chegou. Eles disseram:
– Venha, nós vamos disputar.
O irmão mais jovem gesticulou:
– Estou em silêncio.
Então os monges disseram:
– Ok, teremos um diálogo em silêncio.
Eles mostraram o dedo indicador apontando “um”. O irmão mais jovem tinha um olho só. O outro olho estava enfaixado. Ele mostrou dois dedos. Os monges então mostraram três dedos. O irmão então mostrou um punho. Os monges ficaram muito felizes e partiram. Quando o irmão mais velho voltou, o mais jovem explicou o que aconteceu:
– Eles me disseram que você só tem um olho.
Então eu disse:
– Você tem dois.
Eles então disseram:
– O diálogo será entre três olhos.
Então eu disse:
– Eu vou bater em você.

Mais tarde os monges retornaram e contaram ao irmão mais velho que o jovem tinha compartilhado o conhecimento mais alto em silêncio. Os monges narraram:
– Nós perguntamos: Qual é a verdade?
Ele disse:
– Uma não, há duas: Buddham e Dhammam.
Nós dissemos:
– Há três coisas: Buddham, Dhammam e Sangham.
Ele disse:
– Eles são todos um!

Foi uma realização estupenda! Esta história mostra que níveis diferentes de consciência podem interpretar coisas diferentes, de forma diferente. Tolos sempre criam conflitos sobre nada. E adoram isto. O inteligente celebrará a diversidade. Os tolos não podem tolerar diversidade. Os sábios antigos disseram no Rig Veda: “Aceite até mesmo o ateu e inclua-o em suas orações: eu me curvo para aqueles que chamam Você de sem Deus e pensam que não existe Divindade. Para os que dizem – Você não existe – eu ofereço minha obediência.”
As pessoas aceitam até mesmo o ateísmo. Isso é sabedoria verdadeira: você tem visão ampla e aceita as pessoas e suas diferenças.

Pessoas inteligentes celebram a diversidade, tolos brigam por causa da diversidade.

.  .  . 

Pergunta Eu não entendo o que acontece em minha vida? Quanto disto é minha responsabilidade?

Sri Sri Veja o passado como destino. Seu pesar é porque você vê o passado como livre arbítrio. Se o futuro é destino, então você vai ficar letárgico e protelará. O inteligente vê o passado como destino e o futuro como livre arbítrio, e vive alegremente o momento. Você pode escolher – ser feliz, no momento e aproveitar.

.  .  . 

Pergunta Você diz que desejo não é bom? Desejar o Divino também não é bom?

Sri Sri Bem, precisamos traduzir desejo e compromisso. O desejo é centrado em si mesmo. O compromisso é sempre para uma causa. “O que eu ganho” – esta febre de receber alguma coisa tem que ser transcendida. Trata-se de prazer imaturo. A criança sempre quer ganhar alguma coisa. Os avós querem dar. Nascemos com a tendência a agarrar. Em algum momento, nós temos que mudar para: O que eu posso dar?

.  .  . 

Pergunta Os dias parecem estar apenas passando. Qual é o propósito da vida?

Sri Sri Esta é uma pergunta muito importante. A pergunta em si é um veículo para você mudar na vida.

.  .  . 

Pergunta Você diz que a inocência é uma virtude. Pessoas inocentes não são exploradas?

Sri Sri Há pessoas inocentes que são tolas, assim como pessoas inteligentes que são astutas. O desejável é uma combinação de inteligência com inocência.

.  .  . 

Pergunta Por que maus pensamentos continuam fluindo na mente?

Sri Sri Porque você quer expulsá-los! Dê-lhes um abraço e um pequeno lugar, e eles desaparecerão.

.  .  . 

Pergunta Perdemos um filho de 33 anos de idade em janeiro passado. Como superar a mágoa?

Sri Sri Há quatro maneiras:
1. Saiba que você tem a força. O problema veio, a mágoa veio. Você não pode fazer nada sobre isto.
2. Compreenda que cada um morrerá um dia. Todos aqui irão para debaixo da terra. Isso tudo vai acontecer nos próximos 100 anos. Alguém foi mais cedo.
3. Olhe para quem tem problemas maiores que você. Quando nós vemos pessoas que têm dificuldades maiores e começamos a servi-las: nossos problemas desaparecem. Veja o que acontece no Sri Lanka, Afeganistão, Paquistão e Iraque.
4. O Divino está com você. Ofereça seus problemas à divindade e relaxe. Devemos ter esta confiança.

.  .  . 

Pergunta A Divindade está ligada ao nosso corpo?

Sri Sri Devtaa significa divya shakti ou Energia Divina. Cada célula do seu corpo tem 33 aspectos diferentes de energias Divinas. A mesma célula torna-se um olho, a pele, o osso, a percepção sensorial do aroma no nariz, e assim por diante. Devtaa não está no Himalaia mas sim no seu próprio corpo. Ishwar (Deus) está presente em toda e cada parte do seu corpo. A Divindade disforme e onipresente, que é da natureza da existência, do conhecimento e da felicidade (Satchidananda) é chamada Ishwara.

Todas as formas pertencem a Ele, que não tem forma. Todos os nomes pertencem a Ele, que não tem nome.

A tradição indiana reconhece Uma Divindade na Criação e reconhece tudo na criação como parte de Uma Divindade. A tradição indiana recebeu e aceitou Buddha, Mahavira e Guru Nanak. Os santos de Sufi, cristãos e santos de Parsi também foram aceitos. É porque vemos um em todos e todos são um. Então não precisamos dizer: ‘Seu Deus é melhor que meu Deus’. Este tipo de pensamento pode servir de base para conflito. Precisamos ter uma visão ampla (Vishaal Drishthikon). Isto é o que espiritualidade nos dá.

.  .  . 

Pergunta Acho que estou em falta em todos aspectos: negócios, família, tudo.

Sri Sri Seu sankalpa está errado. Quem disse que você não pode administrar? Você administrou tudo até agora. Diga a si mesmo que cumprirá bem todos os papéis. Você pode cumprir todos os papéis: “Serei um bom marido, boa criança, bom pai, bom cidadão.” Você tem que reconhecer e assumir simplesmente. Suponha que você tem todas estas igualdades em você. Elas já estão em você. Somente deixe-as florescer.

.  .  . 

Pergunta Por que sentimos insegurança e o que devemos fazer para superá-la?

Sri Sri A causa da insegurança é que você pensa que ninguém o ama. Trata-se de seu próprio equívoco. Há tanto amor no universo. Veja:
1. Eu estou aqui. Quando você tem essa confiança, então o medo desaparece. Ao menos aqui (no ashram), há muitas pessoas que o amam.
2. Normalmente você sente que, se alguém o ama, eles esperam alguma coisa de você. Eu não quero nada de você, além do seu sorriso e felicidade. Quando você sabe disto, todos seus medos desaparecem.
3. Pratique pranayama, asanas, kriya e meditação regularmente.
4. Seu embaraço pode causar medo. Quanto mais embaraço, mais medo. Apenas o conhecimento pode livrá-lo do embaraço.

.  .  . 

Pergunta Qual é a importância de Swastik?

Sri Sri Swastik é um símbolo antigo. Jainismo e Budismo usaram este símbolo. Os Sikhs também o usaram. O Swastik simboliza a natureza cíclica do tempo, natureza cíclica do Universo, as quatro yugas (idades) e os quatro Vedas. Swasti significa saúde e estabelecimento em si.

Swastik

Swastik é o símbolo do Ser, da paz.

.  .  .  .  .  .

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Satsangs :: Seva, Bençãos e Conselhos

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Você disse ontem que Satyam, Shivam, Sundaram são beleza. Eu sinto que não sou inocente nem sincero. O que faço para me tornar Sundaram?

Sri Sri Apenas olhe no espelho. Você é lindo. Fique um pouco mais oco e vazio. Nós não temos que fazer nada para desenvolver virtudes. Todas as virtudes estão presentes em todos. As virtudes já estão presentes, apenas os vícios precisam ser largados. Os vícios são a crosta externa. Com sadhana, seva e satsang, eles são abandonados. Você já tem a fórmula.

.  .  .

Pergunta Tudo é feito pelo Divino e nós simplesmente temos que acompanhar? Ou tudo é feito para que sintamos o desejo de agir? Estou confuso.

Sri Sri O conhecimento mais elevado só vem depois da confusão. O que é confusão? Confusão é o colapso de um sistema de crenças. Você está numa concha e de repente as coisas não são mais da maneira que elas eram. Avista-se então um novo horizonte. Um conceito velho desaparece, dando lugar a uma nova possibilidade.

Antes de Krishna passar o conhecimento mais elevado para Arjuna, ele o confundiu completamente. No quarto capítulo do Bhagvad Gita, Arjuna pergunta a Krishna: ‘Por que você está me confundindo com tantas coisas? Me conte diretamente a coisa certa.’ A confusão sempre precede o conhecimento.

.  .  .

Pergunta As almas dos animais e dos seres humanos são as mesmas?

Sri Sri Sim, sim! Que diferença isso faz? Você quer virar um animal de novo? Você já passou por tudo isso. Uma cadeia de DNA humano contém o DNA de todas as espécies. Do DNA humano, você pode fazer um mosquito ou um elefante. Mas do DNA de um elefante, você não pode fazer um ser humano. A natureza é misteriosa, por isso ela é tão interessante.

.  .  .

Pergunta Começarei um trabalho no mês que vem. Tenho medo de não ter tempo suficiente para continuar com minhas atividades de voluntariado.

Sri Sri Até mesmo as pessoas que estão aqui (no Centro Internacional da Arte de Viver) são ocupadas, dia e noite. Trabalhe tanto quanto seu sistema o permitir. Não se sobrecarregue de trabalho. Trabalhe e descanse; espiritualidade e nossa vida diária: descubra a combinação correta para estes aspectos da vida. Sempre que sentir-se cansado, você pode vir aqui. Estamos fazendo templos de conhecimento em toda parte – em toda cidade da Índia. Aliás, no estado de Kerala os templos de conhecimento estão sendo construídos a uma distância de meia hora. A qualquer hora você pode ir e meditar.

É como seu telefone celular. Ele é carregado por algum tempo e então você o leva por toda parte. Esta é a diferença entre o telefone celular e o fixo. Você é como um telefone celular. Carregue-se.

.  .  .

Pergunta Como Deus pode nos abençoar se já somos parte da divindade?

Sri Sri Se você se opõe a tudo, então não há palavras para expressar nada. Você pode continuar negando toda brincadeira e gesto de outra pessoa. Pedir benções é lembrar Deus de acordar. Na Índia, nós temos suprabatams – orações que são cantadas a Deus de manhã. Dizemos:  “Deus, chegou a manhã. Vamos, acorde e cumpra seu dever – abençoe todos!”

Um devoto tem muitas maneiras de expressar seus sentimentos. Você pode adorar o divino de formas diferentes. Essa é a especialidade deste país.

Há nove tipos de devoção – Navadha bhakti. Você pode lutar com Deus, brincar com Ele. Poetas escreveram muitas canções de devoção. Em todos esses tipos de emoções humanas, as pessoas se relacionaram com Deus. Não sem medo nem culpa, mas sem alegria e vatsalya (afeição). Devotos cantaram até mesmo canções que falam de Deus como uma criança travessa: “Vamos, me escute!” É uma maneira interessante de se relacionar com o divino. Não mantenha Deus em algum lugar do céu. Ele está dentro e ao redor de você – de uma criança a uma pessoa idosa, de um cão, um gato, a um corvo e uma árvore. A Divindade está presente em toda criação.

Canções de devoção também foram cantadas em árvores! As raízes são tidas como Shiva: fortes, silenciosas e ocultas. O tronco é forte e tido como Vishnu e folhas são tidas como Brahma. A  trindade inteira numa árvore! Uma árvore é guru tatva.

Até mesmo todos os devtas (seres Divinos) são ditos como presentes numa vaca. Em corvos, pássaros… Toda a natureza é vista como uma manifestação, como uma dança da Divindade. Não existe bifurcação entre vida e Divindade. A vida é uma amalgamação da Divindade e da vida material.

Isso é muito interessante! Uma oração é simplesmente querer se relacionar. Todos têm a liberdade de se relacionar com a Divindade em qualquer forma que desejarem.

Lembre-se de três coisas: Mundo, Vida, Divindade. Estes são Anadhi (começo) e Ananta (interminável). A criação existe em todo lugar, mas existe dissolução também. Todo dia existe criação. Todo dia, células são criadas no seu corpo e células morrem também. Seu corpo é uma funerária e uma maternidade também! Elas nem sequer estão em partes diferentes do corpo. É impressionante.

.  .  .

Pergunta Está errado dar conselhos aos jovens?

Sri Sri Dê conselhos – com muito amor. Há um provérbio que diz que depois que uma criança vira um jovem, ela vira um amigo.

Prapte tu Shodhashe varshe, Putram mitram, Vada charet.

Não há nada de novo neste provérbio –  as pessoas dizem ele há milhares de anos.

Asuya e Anasuya

Sri Sri Ravi Shankar

Asuya acha defeito ou vê intenção maliciosa em tudo.

Há uma certa mentalidade que sempre põe defeitos mesmo nas melhores condições. Quando você dá as melhores coisas possíveis para tal pessoa, ela acha defeitos. Mesmo na companhia ideal ou na pintura mais bela, ela ainda achará algo errado. Este tipo de mentalidade é chamado asuya – ele nunca pode conhecer o conhecimento sagrado. Suponhamos que esteja ventando e você fecha a porta, mas neste exato momento outra pessoa está entrando. Ela vai pensar que você bateu a porta na cara dela! Isto é asuya. Você tem uma amizade de dez anos, então descobre um defeito e decide terminá-la. Agora você não vê nenhuma coisa boa daquele relacionamento inteiro. Isto é asuya.
No momento que você está fora do caminho espiritual você sente que tudo do caminho estava errado. Isto é asuya.
Asuya é quando um filho diz: “Mãe, você não me ama!” A visão do filho está errada; se a mãe não amar o filho, quem vai amá-lo? Isto frustra a mãe. Ou quando alguém vem a mim e diz: “Guruji, você não me ama!” Se eu não os amo, esqueça. Quem mais no mundo vai amá-los? Mas um Mestre nunca fica frustrado.

O conhecimento é diferente em níveis diferentes de consciência. Num certo ponto, você torna-se anasuya.

Anasuya significa estar desprovido dos olhos que acham defeito.

Krishna disse a Arjuna que ele lhe dava o Segredo Real porque ele era anasuya: “Você não põe defeitos em Mim, mesmo estando tão perto.” De uma distância, é fácil não perceber o defeito de alguém; de perto, nenhum defeito escapa. Nem crateras podem ser vistas à distância; de perto, até mesmo uma superfície lisa tem imperfeições. Se você está interessado apenas em buracos, você não verá a dimensão maior das coisas. A não ser que você esteja desprovido dos olhos que acham defeito, não há sentido em dar Conhecimento a você, porque ele não pode florescer em você. Se um espelho está empoeirado, você pode limpá-lo. Mas se os seus olhos têm uma catarata, nem a limpeza do espelho ajudará. Você tem que remover a catarata. Então você verá que o espelho já estava limpo.

Asuya – olhos que acham defeitos, passa a idéia de que “O mundo inteiro não é perfeito, o mundo inteiro não é bom.”

Anasuya é saber que “é minha própria visão do mundo que está turva”.

E quando você descobre que tem uma visão errada, metade do problema já desapareceu.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver