Se você segue a sabedoria, diversão segue você. Se você segue a diversão, a infelicidade segue você.

Guruji

A vida precisa ser um equilíbrio perfeito entre som e silêncio, entre atividade dinâmica e quietude, entre ser engraçado e jovial, e depois ser sério. Se um dos aspectos está faltando, a vida está incompleta. Se você é apenas sério, e não engraçado, então ela não está completa. Se você é apenas engraçado, você se torna superficial. Você não é profundo. Silêncio é a nossa habilidade de trocar entre os dois, isto é muito importante. Sua habilidade em estar ocupado, e ainda assim, relaxado. Sua habilidade para estar preocupado, profundamente preocupado, e ainda assim, completamente desapaixonado. Se você está profundamente apegado a algo, você fica propenso a ficar zangado, triste ou frustrado. Ao mesmo tempo, se você está somente desapegado, você ficará descuidado, sem afetividade,  sem carinho, descompromissado. Esta bonita combinação entre compromisso e desapaixonamento é a coisa mais importante. Existem cinco aspectos que fazem com que a alma individual se conecte com o Divino, ou fazem a alma individual se diferenciar do Divino:

1. Ignorância            2. Ego           3. Desejo           4. Aversão           5. Medo

Então, como você sabe se tem crescido na vida? Como sabe se você tem se aproximado a Deus? Examine esses cinco aspectos. Eles o mantém separado de Deus. Quão ignorante você era há cinco anos, há dez anos, há um ano? Quanto conhecimento a mais você tem agora? Há uma melhora? Apenas imagine como você era antes do seu primeiro Sudarshan Kriya, e o que você é agora. Há uma diferença?
Público: Sim!

Sri Sri Sua ignorância foi reduzida. Isto é Asmita. O quão não-natural você era antes e o quão natural você é agora? O quanto você se sente à vontade? Você é menos egoísta agora? Você está pensando menos sobre “Eu, eu, eu, eu, eu”? Você está mais livre?
Público: Sim!

Sri Sri Os aspectos de avidya e asmita foram reduzidos? Você está mais com a natureza, mais natural. Existe menos do “Eu, eu.” O terceiro aspecto: desejos. Quão forte eram os seus desejos antes e o quanto eles reduziram? Eles são menores?
Público: Sim!

Aversão. O quanto há de aversão agora? Qualquer coisa que dá prazer cria desejo, qualquer coisa que dá dor ou desprazer cria aversão. Ela não diminuiu agora? E medo. Ele diminuiu? E ele reduz mais à medida que você pratica. Este é o porquê, estas práticas foram feitas para reduzir estas cinco coisas na vida e manter você perto do Divino, o Espírito Universal. E isto é iluminação.
Alcançar a iluminação é reduzir todas estas coisas a quase nada, a um por cento – porque enquanto o corpo estiver lá, este um por cento permanece. De 99 por cento a um por cento. Do momento em que você nasce até os seus três anos de idade, estes aspectos estão presentes numa proporção muito pequena. Do terceiro ano para a frente, todas essas coisas aumentam para noventa e nove por cento. E então, através da educação e sadhana, você começa a reduzi-los novamente. Um bebê de dois ou três meses não tem muitos destes aspectos – eles não têm medo. Você já viu um bebê com medo? Somente quando o bebê fica maior – seis meses, um ano – as qualidades da mãe começam a aparecer.
Desejo e aversão aparecem quando o bebê faz um ano. Se o bebê ganha algo doce, o desejo aparece. Se alguém não familiar se aproxima, o bebê vai afastá-lo. Isto acontece quando o espírito, a alma individual se torna mais proeminente. Antes disso, só existe Deus, Espírito Universal. O Espírito Universal retorna ao espírito individual desta forma. Como ar dentro de um balão. Quando o balão estoura, o ar sai. Como na vida, quando estas cinco coisas são reduzidas – ignorância, ego, desejo, aversão, e medo – então a consciência, a energia cintilante emerge. Isto é satchitanand. Sat – verdade, chit – consciência, anand – bem aventurança.
Este é o equilíbrio – ter diversão, mas no momento seguinte, ter a habilidade para ficar quieto, para ficar sério. Ser muito sério mas ser capaz de fazer uma brincadeira. Pessoas sérias ficam incomodadas quando uma brincadeira é feita. Você deve ter a habilidade de mudar de um para o outro e tolerar mais. Igualmente para música e silêncio. Sinta-se em casa no silêncio. Alguns estão sempre em silêncio e alguns estão sempre ouvindo música. A vida é completa quando você pode passear no espectro. Este é o elemento de Shiva, a dança de Shiva. Quando Shiva dança, o mundo se move, é tão poderoso, é uma dança de tal modo dinâmica. E ainda assim Shiva pode ser absolutamente imóvel. Estes dois aspectos são expressos: um que é muito inocente, e, ao mesmo tempo, representa o mais alto conhecimento. Existem pessoas que são ignorantes mas inocentes. Shiva é sábio e inocente. A completa extensão da vida, a consciência, tão viva.

Você não tem escolha. Você sabe o que é muito importante, na Arte de Viver, quando você sai para o mundo, você não deve se perder no glamour ou na diversão. Divirta-se, mas não se perca nela. Ela estará lá por alguns dias, alguns meses, e então você se encontrará vazio. Quantos de vocês já tiveram esta experiência? Mas vocês nunca pensaram sobre ela, não é? A Arte de Viver te dá muita diversão, a meditação te dá tanta energia, sua devoção, e a energia te traz tanta alegria e divertimento. Mas quando colocamos nossos pés e simplesmente nos perdemos lá, tudo isso vai embora. E então nos perguntamos porque nossa meditação não é tão boa. Eu disse num dos trechos de conhecimento:

Se você segue a sabedoria, diversão segue você. Se você segue a diversão, a infelicidade segue você.

O sutra é apenas estar no silêncio. Então, você pode se divertir mas não se perca nisto. Entendeu? Não se sinta culpado. Algumas pessoas se sentem culpadas: “Oh, estou me divertindo.” Equilibre isto. Saiba que você não deve se perder nisto. Está bem. Vocês sabem que existem dois tipos de devotos? Um é o macaco e o outro é um gatinho. Uma pessoa intelectual é como um macaco. Como um filhote de macaco, ele se agarra na mãe e a segue por toda parte. A mamãe-macaco não faz nada e o bebê-macaco não vai para longe. O bebê-macaco se agarra na sua barriga ou nas suas costas. A mãe não se incomoda. Esta é uma pessoa intelectual, consciente, atenta.
E existem os outros, eles são como os gatinhos. Um gatinho brinca por aí e a mãe o pega com sua boca, pelo seu cabelo e o carrega pros lugares. A mãe usa o mesmo dente para morder um rato mas ela não machuca o gatinho. É o mesmo com a natureza – ela cuida de nós deste modo. Este é o caminho do amor e da devoção. Uma pessoa intelectual está tomando uma atitude. Na vida do buscador, às vezes ele é um macaco, às vezes ele é um gatinho. Gatinho é quando você está tão mergulhado no amor, oco e vazio, e o macaco pensa e analisa. A decisão é sua, o que você quer ser? Os dois são bons.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Só Fale Conhecimento

Sri Sri Ravi Shankar

Só fale conhecimento. Não repita nada que alguém te contou ou a opinião de alguém sobre outra pessoa – “O Fulano disse tal e tal sobre você.”

Se alguém quiser ter esse tipo de conversar com você, o desencoraje. Não acredite nele.

Se alguém te acusa diretamente, saiba que eles estão removendo seu carma ruim e deixe ir. Não acredite nisto e se você é um dos seguidores do Guru, você vai enfrentar todas as acusações do mundo com um sorriso.

O conflito é a natureza do mundo, conforto é a natureza do Ser. Em meio ao conflito, procure o conforto.

*Quando você estiver entediado com o conforto, entre nos jogos do mundo.

*Quando você estiver entediado dos jogos do mundo, entre nos confortos do Ser.

Se você é um dos seguidores do Guru

Você faz ambos simultaneamente.

Tentar acabar um conflito, o prolonga. Encare o conflito buscando o conforto do Ser.

Deus está vivo no mundo e tem aguentado todos os conflitos existentes ao longo dos anos. Se Deus tem aguentado todos os conflitos, você também pode. No momento que você concorda estar com o conflito, o conflito acaba.

As pessoas que amam a paz não querem briga e aqueles que brigam não amam a paz. Aqueles que querem a paz, querem fugir.

O que é necessário aqui é estar em paz internamente e, então, lutar.

Toda a mensagem do Gita é para ser pacífico consigo mesmo e, então, lutar. Krishna diz a Arjuna para lutar, mas ficar em paz ao mesmo tempo. Te faz lembrar alguma coisa?

No mundo, você resolve um conflito e outro aparece. Por exemplo, a Rússia se resolveu, então surge a Bósnia. Você vê um melhorar e logo em seguida outro começa. Seu corpo tem uma gripe e depois você melhora; suas costas doem, depois melhora. Seu corpo melhora e depois a mente. O mundo funciona assim, não é?

Sem nenhuma intenção, desentendimentos acontecem. Não depende de você tentar resolvê-los.

Ignore-os e esteja vivo.

.

© Arte de Viver

A verdade uma vez encontrada

Sri Sri Ravi Shankar

O intelecto divide e sintetiza. Algumas criaturas no mundo sintetizam e outras criaturas dividem. Mas um ser humano tem ambas as habilidades.

Formigas sintetizam; elas constroem um formigueiro e coletam coisas juntas. Castores sintetizam trazendo madeira juntos para construir uma represa. Pássaros também sintetizam (tais como o pássaro tecelão).
Macacos não podem sintetizar, eles dividem tudo. Dê a eles uma grinalda e eles vão desmanchá-la em pedaços, espalhando-os por toda parte! Um macaco pode apenas dividir e analisar.

Um ser humano faz ambos, divide (analisa) e sintetiza. O intelecto analisa e o mundo relativo para achar a Verdade. E Verdade, uma vez achada, sintetiza tudo em Um. Quando o intelecto se torna quieto, ele traz à tona inteligência. Geralmente as pessoas pensam que acumular informação faz a pessoa ser inteligente, não é assim. É samadhi que traz inteligência.

Um homem que não é inteligente, apesar de ter toda a informação, não pode ser criativo. Um homem inteligente mesmo sem muita informação, pode ser criativo. Um sinal de inteligência é ver o Um em muitos e achar os muitos em Um.

Existe um antigo provérbio em sânscrito: “O primeiro sinal de inteligência é não começar coisa alguma. O segundo sinal de inteligência é: se você começou alguma coisa, você tem que continuá-la até o fim.”

.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Satsangs :: 10 Perguntas

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Eu tenho muitos defeitos. Todos me abandonaram e você me tomou em seus braços. Como?

Sri Sri Facilmente. Todo mundo pode fazer isto. Aceite as pessoas como elas são. Quando você tem o controle remoto em suas mãos, você pode mudar o canal da televisão. A mesma televisão pode mostrar um canal de horror ou algo bonito. O controle remoto de sua vida está em suas mãos.

.  .  .

Pergunta Como controlar a ameaça da droga?

Sri Sri Sudarshan Kriya! Isso gera muita intoxicação, que é suficientemente bom.

 

.  .  .

Pergunta Como uma pessoa equilibra seva e estudos?

Sri Sri Você sabe andar de bicicleta? Se você vira para a direita, então ela vai pra lá. Se você vira para a esquerda, a bicicleta vai pra lá. Você tem que equilibrar a vida.

.  .  .

 

Pergunta O que eu posso fazer para mitigar maus períodos astrologicamente?

Sri Sri  Cante ohm namo shivay e medite.

 

.  .  .

Pergunta Há muita traição e política em meu escritório.

Sri Sri As pessoas fazem política. Quando você pensa que elas fazem política, então isso fica grande para você. Mesmo que elas façam alguma coisa pequena, você já pensa que é intencional.

Apenas entenda a mente humana. Se as pessoas comportam-se assim, essa é a natureza delas. Elas jogam todos estes jogos porque são ignorantes. É a fraqueza que traz à tona estas tendências.

Tenha compaixão. Quando você as rotula, então você corta a comunicação com elas. As pessoas não são as mesmas todos os dias. Elas mudam. Mudam também por causa da maneira como nós interagimos com elas. Em fevereiro, eu encontrei alguns Maoístas em Jharkhand (Índia). Eu falei para eles largarem as armas e votarem. Eles fizeram isto e agora pedem as eleições.

Nós não devemos cortar relações com as pessoas, seja elas quem forem. Devemos trazer à tona o melhor das pessoas. Se nos encolhermos em nossas conchas, os outros vão pensar que somos pessoas de mentes fechadas. Gente é gente em todo lugar. Não veja intenção por atrás dos erros dos outros. Dê a eles o benefício da dúvida.

 

.  .  .

Pergunta Onde fica atma?

Sri Sri Você tem uma mente. Feche seus olhos e procure-a. Você verá que ela está em toda parte e em parte nenhuma. Ela não é um objeto que pode ser guardado em algum lugar. O campo está em todo lugar.

 

.  .  .

Pergunta O que é beleza?

Sri Sri É o que é inocente (shivam), o que é verdade (satyam).

Satyam, Shivam, Sundaram. Isso é o que é divindade. Toda criança parece tão linda, seja ela da Mongólia, África, Bangladesh. Por que é assim? Por causa da inocência.

 

.  .  .

Pergunta Como podemos alcançar Trupti e ficar satisfeitos com o que temos?

Sri Sri Somente acorde e veja. Mesmo que você receba uma fortuna no futuro, e daí? Você pode gastar todo o dinheiro? Você só vai colocá-lo no banco. Então você vai morrer e seus filhos vão brigar pelo seu dinheiro. É assim que fazemos. É imprudente adiar sua felicidade para ganhar alguma coisa. Aspire por alguma coisa, mas seja feliz agora.

Quando você sente que tem tudo agora, você terá mais. Você sabe quem é convidado para jantares? Quem tem muito para comer. Sinta a plenitude.

 

.  .  .

Pergunta Muitas pessoas nasceram nos últimos anos. De onde vêm as novas almas?

Sri Sri Muitas espécies de animais desapareceram. Agora você não vê mais pardais, cobras e escorpiões. Não existe escassez de almas. Há muitas delas.

Você já viu anúncios com letreiros? Às vezes só algumas letras estão acesas. Por exemplo, um anúncio do sabonete Lux ou da pasta de dentes Colgate.

As lâmpadas estão sempre lá. Às vezes algumas lâmpadas estão acesas, outras não. Do mesmo jeito, as almas estão lá. Algumas se manifestam, outras não.

 

.  .  .

Pergunta Qual é o segredo atrás do sorriso sempre-brilhante?

Sri Sri Eu não faço a menor idéia. Talvez seja porque eu sempre fale e siga o que penso.

.  .  .  .  .  .

Leia mais: Cure-se da Depressão com MeditaçãoComo Ser Feliz

© Arte de Viver

 

 

Satsangs :: Padrões, Dinheiro e Imaginação

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Eu fico repetidamente preso aos mesmos padrões comportamentais. Como posso livrar-me de meu comportamento?

Sri Sri Por que você comete os mesmos erros repetidas vezes? Pensamos que isto nos traz alguma alegria, algum prazer. Não devemos eternizar nem generalizar problemas. Algumas pessoas vivem dizendo: “Estou sempre com problemas.” Se você tem sempre algum problema, então como vai saber quando tem um? O conhecimento sempre vem quando experimentamos um contraste. As pessoas dizem: ‘Todos estão doentes na cidade’. Talvez possa ser apenas 40-50 por cento da população e não toda ela.
Generalizar e eternizar problemas como ‘todos são maus’ não permitirá que você supere desafios. Isto derrubará você. Apenas ficando ciente do problema fará que ele suma. Se alguém vive dizendo: ‘Tenho que fazer isto, tenho que fazer aquilo,’ então você fica cansado só de pensar sobre isto. Apenas relaxe. O silêncio é a mãe de todas virtudes. Deixe ir. O silêncio é a mãe de todas qualidades, todas as capacidades.

.  .  .

Pergunta Os pensamentos que estão na mente foram criados dentro dela ou vêm de fora?

Sri Sri Você tem mais pensamentos do que eu. Então você é perito em gerar pensamentos. Você deve saber. Sente-se e descubra.

.  .  .

Pergunta Dizem que Deus é onipresente e que eles têm vahanas (veículos). Como Nandi (a vaca sagrada) para Shiva, e o camundongo para Ganesha. Qual é a importância disto?

Sri Sri A energia Divina é passada através de símbolos diferentes. O Parmatma é Um. Mas aspectos diferentes da Divindade são passados através de símbolos diferentes. Isso é muito interessante. Nossos antepassados tinham o conceito dos opostos. O camundongo é muito pequeno e o elefante é muito grande. Ainda, o conhecimento de um elefante (Ganesha) está montado num camundongo pequeno (seu vahana). Kabir (santo indiano famoso) não estudou numa universidade. Ele tinha seu mantra de Guru. Com um mantra pequeno, ele entrou em Samadhi (estado meditativo mais profundo) e sua consciência floresceu. A Mãe Divina vem num tigre. A Mãe Divina é a forma feminina mais delicada da Divindade e Ela vem num dos animais mais ferozes. O comandante-chefe dos exércitos dos Deuses, Karthikeyan, vem num pavão. O pavão é associado com arte e música. Há uma importância mais profunda nestes símbolos. Deusa Saraswati (Deusa do Conhecimento) está sentada numa pedra. A pedra não se move para lugar nenhum. A deusa da Riqueza (Deusa Lakshmi) está sentada numa flor de lótus na água. A riqueza é instável. Você não sabe quando o mercado de ações ficará instável – como o dinheiro pode ir e vir.
O próprio fato de que a maioria dos Deuses e Deusas estão sentados numa flor de lótus retrata uma consciência plenamente florescida. Só quando a consciência floresce plenamente é que a Divindade viaja com ela. Como a flor de lótus, cujas pétalas transformam-se de côncavas a convexas. Talvez naqueles tempos não existissem  crisântemos. Caso contrário, teriam colocado alguns Deuses e Deusas em crisântemos. Sua riqueza real é sua força interior, seu sentido interior de plenitude. Seu saldo bancário não é sua riqueza real.
Você pode ter muito dinheiro no banco, mas se sua mente é temerosa e pequena, então qual é a vantagem? Hoje um senhor veio de Mandya (pequena cidade em Karnataka) para encontrar-me. Ele tem duas casas e não tem trabalho. Ele quer vender uma casa e usar o dinheiro para começar um negócio. Ele quer doar a outra parte para um centro de meditação. Ele insistiu para que eu fique com a terra. A terra custa vários milhões de dólares. Ele veio até mesmo com os papéis de propriedade. Eu peguei os papéis e disse a ele: ‘Isto é meu, mas ficará com você. Cuide disto. Mantenha-o. Comece seu negócio, estabilize sua vida, melhore suas finanças. Eu não vou aceitar’. O que eu digo é que aqueles que têm muito pouco têm grandes corações para dar. Eu valorizo isto, que é a oferta mais preciosa. Esse homem veio com sua esposa e mãe. Eles ficaram dizendo: ‘Guruji, por favor, faça um Templo de Conhecimento aqui. Nós nos beneficiamos tanto com os cursos, e queremos que outros aproveitem’.
Apenas o gesto é suficiente. O coração que quer fazer, recebe benções. Isto não é muito interessante? Valores de humanidade e generosidade ainda estão vivos neste planeta. As pessoas com grandes corações ainda estão vivas.
Lembro-me do último dia do Jubileu de Prata (A Arte de Viver celebrou 25 anos de serviço em 2006); encontrei todos os voluntários. Quanto eu partia, um rapaz de 25 anos de idade veio a mim, me deu um envelope e começou a chorar. Ele agarrou meus pés e mãos e disse soluçando: ‘Obrigado, por favor aceite isto’. Eu peguei o envelope e perguntei o que ele fazia. Ele era um trabalhador de Kerala (estado indiano) e tinha vindo fazer seva por 15 dias. ‘Guruji, eu não sei como expressar minha gratidão. Minha vida mudou. Por favor aceite isto’. (Apontando para o envelope). Eu abri o envelope e vi que tinha Rs 5.000. Deve ter sido seu salário de dois meses.
Eu perguntei a ele sobre suas responsabilidades familiares. Ele tem mãe, irmã e é o mais velho de dois filhos. Eu peguei Rs 100 da quantia e disse a ele: ‘Este dinheiro vale milhões para mim. Leve o resto da quantia para casa’. Tudo que precisamos é ter um coração para fazer algo. A natureza o ajudará. Deus o ajudará.

.  .  .

Pergunta Quão importante é o dinheiro para alcançar metas, carreira e realizações? Se não temos o bastante, alcançaremos nossas metas?

Sri Sri Se você tiver uma ‘consciência de falta’, então nenhuma quantia de dinheiro será suficiente para você. Você terá pensamentos como: ‘O que acontecerá em minha velhice? O que vai acontecer?’ Um dia, não importa o quanto você alimente o seu corpo, ele vai partir.
O dinheiro é um meio. Ganhe dinheiro, não gaste tolamente. As pessoas estão prontas para gastar dinheiro com festas, casamentos, roupas…mas quando se trata de doar para uma boa causa, eu não sei de onde vem tanta miséria. Você deve ter esse sankalpa: ‘Terei o que eu preciso. Nunca sofrerei uma falta’.

.  .  .

Perguntas Quanto poder há na imaginação?

Sri Sri Bem, há uma história.

Certa vez, Mulla Nasruddin imaginou que morreu. Ele estava tão convencido de que estava morto, que se alguém pedisse para ele assinar um papel, ele dizia:
– Como um homem morto pode assinar um papel?
Se alguém lhe fizesse uma pergunta, Mulla dizia:
– Como você pode perguntar a uma pessoa morta?
Se alguém o telefonasse, ele dizia:
– Oi, quem é? Mulla Nasruddin morreu!
Isto durou meses e anos. Sua esposa estava esgotada. Ela não aguentava mais viver com ele. Conforme alguém sugeriu, ela levou-o a um psiquiatra. Mulla Nasruddin contou ao médico:
– Nenhuma destas pessoas acredita que isto (apontando para si) é um corpo morto.
O médico perguntou a Mulla Nasruddin:
– Quais são os sinais de um corpo morto? Não existe sangue, o coração não bate… ?
Mulla Nasruddin:
– Sim, você está certo!
O médico pensou consigo mesmo:
– Achei uma maneira de curá-lo.
Ele pegou um alfinete e picou Mulla Nasruddin.
– Olhe, o sangue está aqui!, disse o médico a seu paciente.
Mulla Nasruddin então disse:
– Ha, ha, doutor. Hoje descobri que até um cadáver sangra! Agora você tem uma prova em mim. Re-escreva seus livros médicos!

Isto podia ser o poder da imaginação!

.  .  .

Perguntas O que é respeito próprio? Como ele se diferencia de ego?

Sri Sri Respeito próprio é respeitar-se independentemente do que os outros falam de você. Há mil anos atrás, quando a Índia foi atacada no Nordeste, um santo foi capturado. Os raptores tentaram humilhar o santo, acorrentaram suas pernas e quiseram vendê-lo como um escravo. O santo continuou sorrindo e dizia: ‘Vende-se um escravo. Quem quer comprá-lo’? Há muitos exemplos de pessoas que foram humilhadas no mundo. Mesmo assim elas continuam a andar com suas cabeças erguidas.
Com respeito próprio, você mantém sua serenidade. O ego necessita da presença de outra pessoa. Quando você está completamente só, não há ego. Quando alguém entra, então o ego surge. Sua linguagem de corpo muda. Se alguém o cutuca, então seu ego fica magoado. Ninguém pode tirar seu respeito próprio. Apenas siga sorrindo e feliz, encare os altos e baixos da vida e continue andando, faça o que você puder fazer pelos outros.

Satsangs :: Ego, Tempo, Amor Divino, Pensamento e Alma

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Você pode nos falar sobre ego?

Sri Sri Ego? Quando alguém lhe insultar, vai lhe dizer o que é isto. Eu não preciso lhe contar. Você faz um bom  trabalho e alguém lhe ignora ou faz um comentário depreciativo: você automaticamente vai saber o que é ego. E o antídoto para o ego é ser natural. Quando você é natural, o ego pequeno não sobrevive, então você se expande. Ou seu ego torna-se tão grande que envolve todos nele. Então ele também não vai lhe perturbar.

Pergunta O que é tempo? O que é vida? Há alguma correlação entre os dois? Existem dimensões paralelas?

Sri Sri Sim. Tempo é a medida entre dois acontecimentos. Espaço é a distância entre dois objetos. A vida está entre o nascimento e a morte. A distância entre nascimento e morte é chamada vida.

Pergunta Sudarshan Kriya é muito curto. Começa e acaba muito rápido. Ele pode ser feito um pouco mais demoradamente?

Sri Sri Quando você está feliz, o tempo passa muito rápido. Pergunte a quem está aqui há 21 dias para o Programa de Treinamento de Professores. Vocês acharam isto curto? (As pessoas levantam suas mãos para o alto). Eles também acham isto muito rápido, porque eles realmente estão aproveitando. Medite depois do kriya curto.

Pergunta O que é amor divino?

Sri Sri O amor, em si, é divino. Quando não existem deformidades, ele é divino. Quando ele é incondicional, ele é divino. As condições, tais como, “eu te amo, então você deve me amar”  vem da mente pequena e do amor pequeno. Amor divino é incondicional. E sempre evolutivo.

Pergunta Qual é a origem do pensamento? Há um pensamento atrás de cada descoberta e atrás de cada infelicidade também. Por que um pensamento ocorre?

Sri Sri De onde estes pensamentos entraram na sua cabeça? Eles entraram na sua cabeça, certo? É melhor você descobrir isto. Antes que ele venha, tente pegá-lo. Quando você olhar para  dentro, você vai descobrir que o pensamento vem de um espaço vazio. Um espaço vazio. E esse espaço vazio é a mãe de todas as invenções, toda criatividade.
Por isso você deve, repetidas vezes, experimentar o silêncio. Você terá pensamentos criativos e inovadores. Nossa mente tagarela todo o tempo, 24 horas. Por isso você deve ficar silencioso. O silêncio aumenta nosso nível de energia, nossa esperteza e nível de consciência. Ele tem um potencial enorme. Imagine alguém com insônia – eles ficam cansados o dia inteiro e não podem dormir à noite também. Eles não sabem como descansar. Tagarelam sem parar.
Você conversa e escuta televisão e rádio continuamente. Somos imergidos em som desde manhã até a noite, da hora que saímos da cama até quando voltamos para cama. Conversa, conversa! Como gastamos nosso cérebro! Não  damos tempo para ele descansar. Há muita desarmonia ao seu redor.
Sabe por que você gosta de música? Porque música é um som harmonioso e todos os sons em desarmonia ficam submergidos nela. Você vai começar a aproveitar a quietude. A harmonia interior e a serenidade são muito mais agradáveis que a melhor música que você jamais poderá ouvir. Não digo que você nunca mais deve ouvir música. Isso é necessário, mas não exagere. Você deve comer, mas você não deve comer demais. Semelhantemente, você deve ouvir música, mas não ficar obcecado com isso.

Pergunta O silêncio é bom, mas na realidade as pessoas que falam mais, ganham mais.

Sri Sri Quando você está com medo e temor, você não fala quando deveria falar. Mas quando você está confiante, você fala onde você precisa falar e não fala quando você não precisa.

Pergunta Como saber que eu tomei a decisão certa?

Sri Sri Apenas aguarde o resultado e você saberá.

Pergunta A Arte de Viver e a meditação encorajam uma mente calma e lenta. No trabalho precisamos ter uma mente rápida e agressiva. Como concilio isto?

Sri Sri Se mentes rápidas e agressivas levassem ao progresso, então Iraque e Afeganistão seriam os países mais prósperos do mundo. O Afeganistão tem violência há mais de 30 anos, eles não viram nada além de guerra.

O Comissário de Direitos Humanos veio ao nosso centro alemão. Ele fez o curso parte I e pediu permissão para fazer sua própria comida. Ele não comia nada. Qual era o problema? Ele pensou que todos no ashram comiam alimento drogado porque todos estavam muito felizes. Ele ficou com medo de comer nossa comida. Então, nosso pessoal falou com ele, e eu também falei com ele. Nos últimos 20 anos, ele nunca tinha visto pessoas felizes. E aqui ele não podia acreditar que as pessoas eram tão felizes. Ele compreendeu que as pessoas podem ficar felizes depois de fazer o kriya. Você não precisa estar drogado para estar alto. Foi muito engraçado.

Pergunta Você disse que o passado é um sonho. As pessoas foram abusadas sexual, financeira e espiritualmente. Tenho pesadelos sobre isto. Como você diz que isto pode ser um sonho?

Sri Sri Escute, pessoas sofreram abuso. As práticas, como o Sudarshan Kriya, pranayama e yoga asanas vão ajudá-las a apagar essas impressões e seguir adiante.

Junto com o kriya, veja o acontecimento inteiro como um filme, um sonho. Este entendimento, sem dar a eles a profundidade da meditação, é incompleto. Este entendimento e as práticas se complementam. É como ver e ouvir televisão. Temos que fazer ambos.

Pergunta Como podemos achar a cura para doenças autoimunes?

Sri Sri Tenha confiança, reze e deixe o resto com o divino.

Pergunta Minha mente está bem mas o problema que eu encaro está com o meu coração. Meu coração guarda problemas. Às vezes eu posso sentir meu coração sangrando.

Sri Sri Leia livros de conhecimento. Escute as conversas de conhecimento. Essa é a razão pela qual eu falei sobre três tipos de conversas de conhecimento.

Patanjali Yogasutras – tudo sobre ioga e mente.

Bhakti Sutras – explica os tipos diferentes de amor.

Ashtavakra Gita – explica todo aspecto de vida e consciência.

Pergunta O que é alma?

Sri Sri Alma é a que pergunta, que entende, que dorme, que faz tudo. Veja, há aspectos diferentes: o ser individual, o pequeno ser e o grande ser. O pequeno ser tem cinco aspectos – ignorância, existência, ego, ânsia, aversão. Volte e veja sua vida: Como você era ignorante e quanta aversão você tinha. Como você está agora? Isto está reduzindo. Uma vez que você reduz estas coisas, você se torna um com o universo.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Objetivos e Seva

Sri Sri Ravi Shankar
Pergunta:: 
Gurudev, é necessário ter um objetivo na vida ou devemos aceitar o que vem para nós?

Sri Sri Ravi Shankar :: Você deve ter um objetivo individual sobre o que você quer fazer na vida. Quando há um objetivo, a vida corre como um rio. Quando não há nenhum objetivo, a água está por todo o campo. É por isso que você deve ter um objetivo, um Lakshya .

Qual é o objetivo? O objetivo principal é se elevar para se tornar um Yogi, um Dhyani e servir ao mundo. Servir ao mundo é o verdadeiro Pooja (agradecimento).

“Is duniya main tumhe kuch milna nahin hai. Kuch khaak milega! Yahaan aaye hain kuch karne ke liye.”
Você não vai conseguir nada deste mundo. O que você pode conseguir? Vocês vieram aqui para dar alguma coisa para o mundo.

“Seva main rass milta hai isliye kar raha huun, yeh zyada din nahin tikega. Logon ko zaroorat hai isliye kartey ho to woh Sthyayi hai, nahin to yeh swarth hai. Mann ko maarna hai. Mann maane jag jeet”.
Se você fizer seva para conseguir um pouco de alegria, isso não irá durar muito tempo. Se você fizer seva porque as pessoas precisam, então há estabilidade e permanência. Caso contrário, é apenas egoísmo. As pessoas anseiam por reconhecimento no seva. Veja como a mente usa a lógica para prendê-lo.

É a mente que tem de ser conquistada.
Conquistar a mente é conquistar o mundo.

Leia Mais: Como Ser Feliz, Espiritualidade

© Arte de Viver

Ego é Apenas um Átomo

Sri Sri Ravi Shankar
O “Eu” ou ego em você é um pequeno átomo. Ele pode se associar com a matéria ou com o espírito. Ele se identifica com o que ele se associa. Quando se associa com a matéria, ele se identifica com o corpo, quando se associa com o Ser, ele se identifica com o infinito Ser.

Quando esse átomo, esse ego, se associa com o mundo material, ele fica mundano. Quando se associa com o espírito, fica Divino. Ele se torna shakti, quando se associa com o Ser. Fica infeliz quando se identifica com o corpo.

Veja bem, num reator atômico imenso é apenas um pequeno átomo que explode. Do mesmo jeito, em todo o seu corpo, tem um pequeno átomo de “Eu”. E quando esse “Eu” explode, ele se transforma na luz do Ser. Normalmente dizemos: “Eu estou infeliz” ou “Eu estou contente.”

Mude o átomo de se identificar com o corpo e o mundo conceitual para se identificar com o Mundo Verdadeiro.

Leia mais: Espiritualidade, Meditação, Como Ser Feliz

© Arte de Viver

O Que o Dinheiro Não Compra

Sri Sri Ravi Shankar
Dinheiro dá à pessoa sensação de liberdade e de propriedade. Nós pensamos que podemos possuir tudo ou o serviço de qualquer pessoa com dinheiro. A propriedade de alguma coisa significa o controle total de sua existência. Quando nós pagamos por um terreno, pensamos que possuímos o terreno, mesmo que o terreno continue a existir depois que o dono morre. Como se pode possuir o que vive mais que você? Dinheiro dá a ideia que você é poderoso e independente, cegando você para o fato que nós vivemos num mundo de interdependência. Nós dependemos dos serviços de muita gente. Pagando algumas notas de dinheiro, nós abdicamos o fato que nós dependemos deles.  Ao invés de nos sentirmos agradecidos, nós achamos que temos direito.

Dependência faz a pessoa ser humilde. A maioria das pessoas com dinheiro é arrogante por causa da independência que o dinheiro traz para elas. A humildade é substituída por esse falso sentimento de independência. Os valores humanos se erodiram tanto que medimos as pessoas pelo que elas têm!  O dinheiro pode refletir o quanto vale uma pessoa? Chamar alguém de milionário não é um elogio; é uma desgraça à dignidade humana. Não se pode colocar valor na vida humana.

Quando as pessoas não tem fé na divindade, nas suas habilidades e na bondade das pessoas, eles sofrem de insegurança. Dinheiro pode dar um ilusório senso de segurança temporário. Gente rica sofre de insegurança porque eles não sabem se os seus amigos são sinceros. Riqueza é obtida através da competência da pessoa, da herança ou por meios corruptos. Cada meio traz suas consequências. A razão para a corrupção é obter paz e felicidade, o que continuará ilusório se os meios forem corruptos.

Mas renunciar ao dinheiro não é bom. Há pessoas que culpam o dinheiro pelos males sociais e o considera diabólico. Rejeitar o dinheiro traz arrogância. Algumas pessoas rejeitam o dinheiro e são orgulhosos de sua pobreza para ganharem simpatia. Os velhos sábios nunca denegriram o dinheiro. Eles o honravam como parte do Divino e transcenderam o apego à sua ilusão. Eles sabiam o segredo que quando você rejeita algo, você nunca o transcendeu. Eles honram a riqueza como a Deusa Lakshmi. Ela  nasceu a partir da Yoga que transforma o karma ruim e traz nossas habilidades latentes. Também ressalta ashta siddhis – as oito perfeições,  e nava nidhis – os nove tipos de riqueza.

É a sabedoria da Yoga que transforma a pessoa de arrogância para auto-confiança, de submissão para humildade, de dependência para interdependência, de uma propriedade limitada para a unificação com o todo.

© Arte de Viver

Tudo é nada!

Jai Gurudev =)

Qual é a principal coisa que precisamos fazer para honrar uma coisa? Primeiro o que é que uma coisa? Não é nada! Você precisa aprender a honrar nada!

Antes de fazer qualquer coisa, não há nada. Depois de fazer qualquer coisa, também não há nada. Então, nada é realmente o que tudo é. Honre o nada, que é tudo. Essa é a salvação de Jesus, é a Nirvana de Buda, é Mukti ou Moksha de Shankaracharya da tradição védica. Antes de qualquer emoção, não há nada. Depois de qualquer emoção, não há nada. O que está sempre lá é nada.

Veja o quão feliz você se tornou, tudo é nada! Algumas coisas agradáveis ​​acontecem na vida, algumas coisas desagradáveis ​​acontecem na vida; algumas pessoas te repreendem, algumas pessoas te louvam, mas, finalmente, tudo é nada! Muitos relacionamentos vêm e muitos relacionamentos vão, enfim, tudo é nada! Entenderam?

A vida surgiu do nada e volta para o nada, por que anseiam por isso ou aquilo? Tudo é feito de qualquer maneira. Tudo é nada! Buda chama de “sutra do coração”, que é , “tudo é nada.

Quando você sabe que tudo é nada o amor amanhece em você, caso contrário “Eu quero isso! Eu quero segurar aquilo” o ego surge. Quando você percebe que tudo é nada, o ego se dissolve. Quando o ego se dissolve, o amor vem à tona. Ele é o que você já é, a sua essência. Um amor que é universal, eterno; este é o desejo de todo ser humano e você pode obtê-lo através do Sutra do Coração. Quando você experimenta o Sutra do Coração? Quando percebe que tudo é nada!

Leia Mais: Espiritualidade, Como Ser Feliz

© Fundação Arte de Viver