Honestidade é a melhor política

Sri Sri Ravi Shankar 222

Quinta-feira, 28/08/2014, Bangalore, Índia

Pergunta: Gurudev, tenho ouvido que somos iluminados até que nos damos conta disso. Qual é então o sentido de  tornar-se iluminado? É somente uma realização?

Sri Sri Ravi Shankar: Sim, é por essa razão que isso se chama Pratya Bhigya, que significa perceber.

Veja, o elefante não conhece sua força.

Com muito amor, ele segura sua mão com a tromba e puxa você.

Ele não sabe que pode quebrar a mão da pessoa que está puxando.

Para ele é uma brincadeira.

Da mesma forma, nós não percebemos nosso potencial interno.

Nós pensamos que somos apenas este corpo, uma mente complexa com alguns sentimentos, alguns pensamentos, um pouco de gostos e desgostos.

A verdade é que somos muito mais que essas coisas, e é por isso que a iluminação é como tirar essas camadas.

A palavra iluminação é usada em muitos sentidos, é por isso que é tão confuso.

Iluminação é simplesmente descascar as camadas e tornar-se oco e vazio. É chegar naquele ponto onde você é absolutamente confortável e absolutamente livre.

Isso é liberação, nirvana, auto realização. Isso é yoga. É unidade.

Você pode chamar isso de muitos nomes.

Muita leitura também confunde você  sobre isso.

É por isso que eu digo seja natural, seja simples.

Leia poucas palavras ou poucas frases e deixe esse conhecimento se aprofundar.

Use somente os 5 princípios de Yama:

  1. Ahimsa (não violência)
  2. Satya (verdade)
  3. Asteya (não roubar)
  4. Brahmacharya (celibato)
  5. Aparigraha (não possessividade)

Mesmo que você pratique os cinco ou apenas um – vamos dizer Ahimsa – então, observe:  -‘Estou no caminho do Ahimsa? Deixe eu adotar a não violência na minha vida’.

Imediatamente, você verá que toda tensão e toda agressão simplesmente se dissolvem. Seus relacionamentos melhoram.

Então, Satya, a verdade: – ‘Eu sou verdadeiro comigo mesmo?’

Eu digo a você: se você é verdadeiro e honesto com você mesmo, você terá uma força enorme. E quando você é forte, a raiva desaparece.

A raiva só aparece quando você está se sentindo fraco.

Quando você está se sentindo forte então tudo que você deseja e o quer acontece.

Essa confiança surgirá em você.

Então, os 5 Niyamas:

  1. Shaucha (limpeza)
  2. Santosha (felicidade)
  3. Tapas (sacrifício)
  4. Swadhyaya (introspecção)
  5. Ishwara pranidana (render-se ao Divino)

Esses são tão bonitos!

Shaucha. – ‘Eu quero ser limpo por dentro e por fora’. Sempre que você se sentir sujo por dentro, algo está errado. Então, faça alguns pranayamas e krya e você sairá disso.

O Sadhana dá a você tantos benefícios!

Você se sente limpo por dentro, sua mente ganha mais foco. Tudo isso leva você à alegria, à Santosha. – ‘Venha o que vier, eu não perdei minha felicidade’.

Esta única decisão em você e sua vida muda.

Pergunta: Gurudev, o Guru pune o discípulo?

Sri Sri Ravi Shankar: Por que o Guru puniria?

Ele não precisa punir. Se você faz algo errado, você irá enfrentar as consequências naturalmente.

O Guru não precisa ter o trabalho de punir, ele apenas quer que você aprenda com o seu sofrimento.

Se você comete erros, o sofrimento vai chegar até você.

O Guru vai tentar tirar você do sofrimento uma, duas, três vezes.

Então, ele pode dizer que você talvez deva sofrer um pouco e você sairá disso mais devagar.

Mas o Guru nunca irá punir.

Pergunta: Quando e como nós podemos alcançar o completo controle dos 5 sentidos? A total vairagya é possível?

Sri Sri Ravi Shankar: Sua experiência e sua maturidade demonstram.

Você não precisa exercitar o controle. Você não teve que exercitar nenhum controle para deixar pra lá algodão doce e pirulitos.

Enquanto você crescia, seu interesse por pirulitos sumiu.

Nas pessoas muito jovens, há um muito desejo por açúcar; na juventude, há uma ânsia pela companhia dos amigos. Mas, como adulto, você não anseia por nada disso.

Enquanto a mente ou a consciência amadurecem, automaticamente, estas coisas deixam de interessar.

Isso é vairagya e isso é uma coisa espontânea.

Você não precisa fazer esforço.

Veja, quando a luz do Sol aparece, você não precisa apagar a vela.

Mesmo se a vela estiver lá, ela perde a utilidade.

A luz da vela tem sentido somente até a luz do Sol aparecer.

Então, quando a alegria internar brota dentro de você, você não precisa exercer nenhum controle.

Isso é um acontecimento espontâneo.

Pergunta: Está bem chorar ou isso é um sinal de fraqueza?

Sri Sri Ravi Shankar: Sim. Está tudo certo em chorar.

Não, isso não é sinal de fraqueza.

Lágrimas surgem quando você é grato, quando você está no amor profundo ou em um desespero profundo.

Isso está embutido no sistema humano. Rir e chorar são duas importantes coisas da vida humana.

Você veio a este mundo chorando.

Se você não tivesse chorado, seus pais teriam chorado.

E quando você deixar este mundo, também haverá pessoas chorando.

Se não chorarem, você não viveu uma vida boa.

Se na sua partida as pessoas estiverem felizes, você não viveu bem.

 

7 Maneiras de Alcançar Paz Interior e Prosperidade

Sri Sri Ravi Shankar

Felicidade, paz e prosperidade são pedidas por todos os sábios no Ano Novo, mas será que realmente sabemos o que a paz significa? Ela está dentro de nós. À medida que deixamos para trás um ano e entramos num novo, podemos todos fazer uma promessa de nos tornar conscientes dessa paz interior e permitir que nossos sorrisos reflitam o verdadeiro sinal da prosperidade que está dentro de nós. Aqui estão sete maneiras de fazer isso.

1. Dê uma chance ao Divino, seja grato.

Este ano, deixe a devoção florescer ao máximo e dê-lhe uma chance de funcionar. Nosso amor, fé e crença devem estar profundamente enraizados e depois tudo mais andará por conta própria. O sentimento de “Eu sou abençoado” pode ajudar você a superar qualquer fracasso.  Quando você percebe que é abençoado, então todas as reclamações e resmungos desaparecem, todas as inseguranças desaparecem e você se torna grato, contente e tranquilo.

2. Reserve tempo para si mesmo.

Todos os dias você está focado somente em reunir informações e não separa tempo para si mesmo, para pensar e refletir. Então você se sente aborrecido e cansado. Passar alguns instantes em silêncio alimenta a fonte de criatividade. O silêncio cura, rejuvenesce, lhe dá profundidade e estabilidade. Em algum momento durante o dia, sente-se por alguns minutos, entre na gruta do seu coração, de olhos fechados, e chute o mundo para longe como uma bola. Reservar algum tempo para si mesmo melhora a qualidade da sua vida.

3. Conheça a impermanência da vida.

Veja a impermanência nesta vida. Milhões de anos passaram e milhões virão e passarão. Nada é permanente. O que é sua vida? Nada mais que uma gota no oceano.

Apenas abra seus olhos e pergunte: Quem sou eu? Como estou neste planeta? O que é minha vida? A consciência acorda e você deixará de se preocupar com coisas pequenas. Todas as miudezas simplesmente desaparecerão e você será capaz de viver cada momento de sua vida. Se você revisar o contexto da sua vida, a qualidade dela melhora.

4. Pratique atos de bondade aleatórios.

Se comprometa a fazer deste mundo um lugar melhor para viver. Pratique alguns atos de bondade sem esperar nada em troca. O serviço por si só pode trazer contentamento na vida. Cria um senso de pertencimento. Quando você proporciona certo alívio para alguém através do serviço, boas vibrações vêm para você. Quando você mostra bondade, sua verdadeira natureza, que é amor e paz dá as caras.

5. Barateie o seu sorriso.

Todos os dias, todas as manhãs, olhe no espelho e dê um grande sorriso para si mesmo. Não deixe seu sorriso ser arrebatado por ninguém! Normalmente você dá sua raiva gratuitamente e sorri raramente como se um sorriso fosse mais custoso. Barateie o seu sorriso e encareça sua raiva. Quando você sorri todos os músculos da face relaxam. Os nervos do cérebro relaxam e você se torna pacífico por dentro. Proporciona confiança, coragem e energia para mover-se na vida.

6. Faça da meditação uma parte da vida.

Os objetivos mais altos da vida nos leva ao estresse e à inquietação, os quais podem ser liberados simplesmente através de alguns minutos de meditação e introspecção. Meditação proporciona a você um descanso profundo. Quanto mais profundo você é capaz de descansar, mais dinâmica será a sua atividade. O que é meditação?

  • A mente sem agitação é meditação;
  • A mente no momento presente é meditação;
  • A mente que não tem nenhuma hesitação, nenhuma antecipação, é meditação;
  • A mente que volta para casa, para a origem, que é paz e alegria, é meditação.

7. Seja sempre um Aprendiz.

Saiba que você é um aprendiz para sempre. Não subestime ninguém. O conhecimento pode vir para você de qualquer canto. Cada ocasião e cada pessoa ensinam a você. O mundo é seu professor. Quando você estiver sempre procurando aprender, deixará de subestimar os outros. A humildade alvorecerá na sua vida.

Leia mais: Yoga e AyurvedaComo ser feliz

assista aqui 

Satsangs :: Sobre o Divino e o Ashram

Guruji

Pergunta Shiva é o Senhor do universo. Sobre quem Ele medita? E por que?

Sri Sri Shiva não é uma pessoa sentado em algum lugar. O próprio Shiva é meditação. Shiva é Shiva tatva. Como você vivencia isso? Através da meditação, você tem contato com Shiva tatva dentro de você.

.  .  .

 Pergunta Há algo errado em idolatrar ídolos?

Sri Sri Você mantém foto dos seus entes queridos. A foto é realmente seu ente querido? (platéia responde: Não). Mas, mesmo assim, você mantém a foto. A foto não é a pessoa – mas te relembra a pessoa. É assim que murthi puja é praticado em diferentes partes do mundo. Alguns não acreditam. Se você não quer ver Deus em uma forma, está bem. Se quiser, está bem também. Você apenas está vendo na forma, algo que está além da forma.

 

.  .  .

Pergunta Como reter a energia do Ashram no futuro?

Sri Sri Meditando todos os dias, cantando e entoando cânticos.

.  .  .

 Pergunta Quando estamos confusos e clamamos pelo Divino, o Divino virá nos ajudar? O que devemos fazer quando temos medo?

Sri Sri Diga-me, qual é a sua experiência? O Divino tem feito Sua obrigação devidamente? Estas perguntas são irrelevantes. Quando você precisa de ajuda, o pedido de ajuda é espontâneo. Você não planeja o que fará quando está numa crise.

.  .  .

 Pergunta Na nossa sociedade, as pessoas que desrespeitam as leis são consideradas heroínas e aqueles que seguem as leis, são considerados tolas. Quando podemos esperar que isto mude?

Sri Sri A mudança está acontecendo e continuará a acontecer. Não se preocupe. A mudança acontecerá.

.  .  .

 Pergunta O Divino sente como um ser humano? Como pode um simples ser humano se aproximar de Deus?

Sri Sri Apenas seres humanos simples podem entender o Divino. Se alguém pensa que é especial, não consegue. Primeiro entenda a si mesmo e o próprio Deus te perseguirá. Pergunte a si mesmo – Quem sou eu?

Ninguém pode fazer isso.

.  .  .

 Pergunta Se algo ruim está acontecendo, o que devemos fazer sobre isso?

Sri Sri Primeiro você aceita que algo ruim esteja acontecendo e depois perceba que você quer que o que está errado pare de acontecer. O que está errado vai parar de acontecer no momento certo.

.  .  .

 Pergunta Meus amigos querem vir ao Ashram mas não têm dinheiro.

Sri Sri Não se preocupe. Aqueles que não podem pagar devem vir. Eles têm que vir.

.  .  .

 Pergunta Qual a importância do cordão sagrado?

Sri Sri O cordão sagrado indica as três responsabilidades que você arca: dever aos pais, dever à sociedade e dever em relação ao conhecimento que você recebe na vida. Você deve disseminar o conhecimento que recebe durante a vida.

Uma vez tendo terminado suas obrigações, o cordão é descartado – isto significa que você yomou Sanyasa (renuciou ao mundo). Não tem mais obrigações.

.  .  .  .  .  .

© Arte de Viver

Entrevista para TV

Sri Sri Ravi Shankar

Trechos da entrevista para o ‘Seismograph’, um show de horário nobre com Svetla Petrova, uma importante jornalista búlgara no canal de televisão BTV, da Bulgária.

Pergunta Você disse numa entrevista que você vê o mundo como uma única família?

Sri Sri O mundo é uma única família – linguagem não é barreira, religião não é barreira, cultura não é barreira. É o amor nos nossos corações que nos conecta uns aos outros.

.  .  .

Pergunta Então porque a religião é a razão para tantos conflitos importantes?

Sri Sri Eu diria que as diferenças devem ser celebradas. Culturas múltiplas podem trazer mais tolerância, mais aprendizado e você tem que se aliviar do estresse. Nós todos precisamos criar uma sociedade sem estresse e sem violência. Na verdade, a violência é um produto do estresse. Se alguém não dorme bem ou está estressado , fica agressivo. Com a respiração, você pode se acalmar. Quando a mente está calma e a pessoa feliz, é impossível ela cometer um crime. Está tudo na mente. Nós não aprendemos nada sobre a mente em casa ou na escola. Nós dizemos para as pessoas não terem raiva, não ficarem aborrecidas, mas nós os ensinamos como fazê-lo. Esta é a forma como os ensinamentos antigos da Índia ajudou as pessoas e deve ser acessível para todos. É tão útil! Uma sociedade sem violência. Um corpo sem doenças. Uma mente sem confusão. Uma memória sem drama e um alma sem tristeza. Este é um direito de nascença de todos.
Há muita violência na mídia e nos vídeo games. Toda emoção é conectada com a respiração. Se você muda a respiração, muda o ritmo, você pode mudar a emoção.

.  .  .

Pergunta É possível respirar de um jeito diferente sem pensar sobre isto?

Sri Sri Nós todos temos talentos. Nós todos temos dez dedos mas alguns de nós pega um violão e produz música, outros não. Mas todos têm habilidades. Se nós aprendemos sobre os diferentes ritmos da nossa respiração, nós seremos capazes de ter controle das nossas vidas. Inspire profunda e longamente e expire o mais devagar possível. Inalação profunda e exalação lenta acalmam a mente. Quando alguém trabalha com um computador os olhos se cansam e é bom fazer alguns exercícios para os olhos. Isto irá melhorar a circulação. Eu acabo de aterrissar da Índia, depois de um vôo de 8 horas.  Eu pareço cansado?

.  .  .

Pergunta O que o fez dedicar sua vida a construir um mundo sem violência?

Sri Sri Eu faço isto por causa do meu amor pela humanidade. Quando você tem algo precioso, é natural compartilhar com todos. Compartilhar é um instinto natural.

.  .  .

Pergunta O que você teve que sacrificar?

Sri Sri O que eu tive que sacrificar para fazer isso? No início havia muito preconceito, preconceito leste-oeste e preconceito norte-sul. As pessoas de fora da Índia criticavam, mas eu disse: “Não, isto é muito bom e todos precisam.” Eu não me importava com o que as pessoas pensavam.

.  .  .

Pergunta Você pode nos falar sobre o processo de descoberta das técnicas que você ensina?

Sri Sri Para mim, pessoalmente, foi com comida limitada e dez dias de silêncio, tomando suco de frutas e purificando o corpo; mas isto não é para todos. Deve-se ouvir o próprio corpo. O que se sente ser bom para si mesmo. Você não precisa fazer tudo isto; você só precisa aprender um pouco sobre sua respiração. E isto é para todos.

.

© Arte de Viver

Satsangs :: Amor, Devoção e Tempo

Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta Um relacionamento pode aprimorar ou suprimir o crescimento espiritual?

Sri Sri Sim, ambos podem acontecer. Se seu parceiro/a também esta no caminho espiritual e entende você, o caminho pode elevar a ambos. Se um está em dúvida, o outro o ajudará a superar a dúvida. Se um pára sua prática, o outro o puxa de volta e o incentiva. Faça com que sigam no caminho espiritual, assim muita ajuda vira. Já vi muitos casais – quando um está desviando do caminho, o outro o puxa de volta. Para o bem da esposa ou do marido, continuam no trajeto, no conhecimento, no caminho espiritual. Vi isso acontecer em muitas e muitas famílias. Entretanto, se o contrário acontece, se ambos vão em sentidos diferentes e se um deles não está realmente no caminho, isso pode ser um obstáculo para o outro. Pode ser, embora não necessariamente.

.  .  .

Pergunta Qual é o segredo de uma força de vontade forte? Por favor me diga, tenho tantos hábitos ruins que gostaria de mudar.

Sri Sri Agora, três coisas podem ajudá-lo a vencer seus maus hábitos. 1. AMOR- Se você ama alguém ou algo, então jure pelo bem deles que você continuará com os bons hábitos. 2. MEDO – quando há medo que este hábito ruim trará grandes problemas, você consegue se livrar dele. 3. GANÂNCIA – se alguém lhe diz que deixando este hábito ruim, você ganharia um milhão de dólares, você deixaria o hábito ruim, você quer um milhão de dólares no seu bolso. Se alguém diz, não beba ou fume durante a próxima semana toda, e então você será intitulado a receber um milhão de dólares, você fumaria, beberia? De jeito nenhum! Se alguém lhe diz que você ganhará 10 milhões de dólares ou 10 milhões de euros caso não fume por um mês ou 30 dias, você diria, ‘Porque somente 30 dias? Eu não fumarei por 35 dias. Eu tenho certeza do número de dias, porque eu quero me certificar. Não 29 dias. Certos meses tem somente 30, alguns tem 31, então permitam-me fazer o máximo de 35 dias’. Por que você sabe, quando preza alguma coisa muito mais do que o hábito e você sabe que vai consegui-la, então o hábito se eliminará. Então, através do amor, do medo ou da ganância você se libertará do habito. Você sabe, a promiscuidade reduziu muito por causa do medo da AIDS. Depois que a terrível doença chamada AIDS começou aparecer, a promiscuidade baixou consideravelmente. Igualmente, o compromisso a uma causa mais elevada pode ajudá-lo a superar as atrações/apelos insignificantes.

.  .  .

Pergunta Sempre que eu venho ao Ashram, me sinto como se amasse todos aqui, mas quando saio daqui, é duro manter este sentimento. Quando as pessoas não estão abertas, não recebem o sentimento de amor. É difícil sentir amor por eles. Por que é assim, como amar a todos?

Sri Sri Sabe, sinta amor mas não se apegue a ele. Não tente sentir amor pelos outros. O amor é um presente. Se está lá, está lá, se não está lá, não esta lá. Você não pode se forçar a amar alguém. Você pode impor amor? Se você impõe, será o contrário do que é. Apenas fique relaxado e vá fundo no conhecimento e de repente um dia, você descobrirá ‘tudo é parte de mim e todos são um’. Então o amor não é um verbo, ele não é uma ação. Você não tem que amar alguém, você é amor, você compreenderá que o amor é um substantivo. Você simplesmente esta lá em forma de amor cintilante. E é isso. Sim, obviamente, não é o amor da concessão mútua de que você está falando. Você ama alguém e lhe deram algo. Aqui as pessoas irradiam tal paz que fica fácil. Sabem todos os pontos básicos do curso da aceitação : não ser bola de futebol e todas estas coisas. Definitivamente, é muito mais fácil aqui (Ashram) e nosso trabalho é fazer o mundo como aqui, de modo que se torne muito mais fácil em qualquer lugar do mundo. Pelo mundo inteiro, as pessoas dizem, pessoas da Arte de Viver tem um sorriso estampado no rosto. Há um certo esplendor, uma certa confiança, um sorriso sem igual. As pessoas comentam isso todo o tempo.

.  .  .

Pergunta Guruji, por que nós choramos na sua presença?

Sri Sri Quando o coração abre, lagrimas fluem. É completamente natural. Quando o coração abre e elas não são lagrimas nem amargas nem salgadas, são lagrimas doces. Estas são lagrimas de amor, de gratidão. Deixe-as rolar. Não tente reprimi-las nem tente exaltá-las, apenas deixe-as ser.

.  .  .

Pergunta Como eu sei se estou no relacionamento certo ou se a pessoa é certa para mim? Ou se eu sou a pessoa certa para o outro? Muito Obrigado.

Sri Sri Escutem isso, você é a pessoa certa para o outro quando você consegue se ajustar. Relacionamento significa ajuste, ceder. Você dá o que pode para a outra pessoa e espera que elas retribuam. Se você está exigindo dos outros, o relacionamento não vai durar muito tempo. A exigência destrói o amor. A exigência e a culpa destroem os relacionamentos. Assim, você deve somente saber elogiar o outro e levantar uma situação em vez de acusar e encontrar defeitos. Eleve o outro, este deve ser o seu compromisso. Aí você é a pessoa adequada para qualquer um, e todos o amarão quando você não os fere intencionalmente. Este é o primeiro ponto. Número um. Em segundo, você está aberto às correções e mudanças, e tem a paciência de escutar as criticas. Três coisas, eu estou contando. Você tem a paciência para receber as criticas. Em quarto, você conhece o ponto de vista da outra pessoa, ou onde o sapato aperta, você sabe. Você deve ver a outra pessoa além de suas palavras e de suas ações. Você sabe, quando alguém está trabalhando por 8 a 10 horas, quando voltam para casa, estão muito cansadas. Se é um homem de negócios, quando as ações da Bolsa de Valores caem, ele fica chateado e vai pra casa encontrar apoio. Então você deve ver as circunstâncias, situações, como o esposo/a está e criar o espaço para que expressem seus sentimentos genuínos de frustração, raiva, ou o que quer que seja. Você sabe, há somente uma opção quando uma pessoa está irritada ou frustrada. O mundo inteiro espera que mantenham a frustração represada, ninguém quer compartilhar de sua frustração, mas quando vão para casa é com seu esposo/a. Explodem, expressam e mostram toda sua frustração. Nesse momento, o esposo/a deve estar lá como uma parteira – permita que o processo se complete. Quando alguém está com dor em trabalho de parto, se você diz, não de a luz, segure, segure, segure o bebê dentro.’ Que podem fazer? Quanto tempo podem mantê-lo dentro? Têm que explodir em algum lugar. Quando vêm com seu estresse, o parceiro deve permitir que o expressem. Diga, ‘Tudo bem, descarregue. Descarregue. Liberte-se de todos seus fatores estressantes, tudo bem, o que quer que você queira culpar, culpe. Você quer me bater ou bater em você mesmo, bata. Então, já sabe, mantenha esse tipo de espa’ço para que eles desestressem e descarreguem. O que você pode dizer é `Livre-se de tudo isso que você carregou o dia todo, todo o estresse da Bolsa de Valores ou qualquer outra coisa.’ Se uma pessoa comete um erro no trabalho ou uma injustiça lhe é feita, voltam e querem algum lugar para tirar a peso. Tirar o peso é a expressão correta, eu acho. Tire o peso de tudo isso, a pessoa deve manter esse espaço disponível para que o outro tire o peso de si. Compreenda por que estão chateados, por que estão infelizes – então seu relacionamento dará certo. Mas se você espera que não digam nada, sejam agradáveis com você as 24 horas do dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano e só vê defeitos neles todo o tempo… Espetá-los com `você é inútil, você não tem jeito, você é isto ou aquilo…’ Coitada da senhora ou do cavalheiro! Que farão? Descobrem que não têm nenhum apoio. Ninguém está os ajudando a crescer, ajudando-os, elevando-os e então ficam deprimidos. Certo? Então primeiramente, nós veremos. Grande é a pessoa que tem a maior capacidade para absorver, acomodar, ajustar com qualquer um. Se você pode ajustar-se a qualquer um, muito maior você é, você sabe, e o grau pode ser menor, menor, menor. Se você sabe que sua aceitabilidade é somente 10 por cento, então você é completamente infeliz se está a zero por cento, não há nenhuma jeito de você crescer em sua vida. A sabedoria é ter esta paciência, vá de zero a cem por cento.

.  .  .

Pergunta Não compreendo porque nós estamos aqui, por que estamos aqui por um período de tempo tão curto? Por que nós temos que ficar velhos e fracos? Como eu deixo de querer e precisar da aprovação e amor dos outros?

Sri Sri Esta é uma boa pergunta – por que estou aqui, o que faço? Continue perguntando. Quando você continua a fazer estas perguntas, ou você fica louco ou se torna sábio. Eu desejo que você se transforme no último, torne-se muito mais sábio, OK? Não me diga que as pessoas loucas são muito sábias. É o contrário – as pessoas sábias algumas vezes são loucas também.

.  .  .

Pergunta Guruji, eu tenho tanta sorte de estar em um caminho como este com você. Eu quero que mais pessoas tenham esta experiência de ficarem mais felizes vivendo no conhecimento e praticando a técnica. Mas algumas pessoas não estão dispostas a serem abordadas e nem compreendem quando eu quero compartilhar. Então como acelerar o processo para as pessoas necessitadas? Talvez ainda não seja a hora deles.

Sri Sri Não, não pense que a hora deles não chegou. Continue a fazer a sua parte. Continue compartilhando, você não tem que empurrar a todos mas delicadamente você tem que facilitar para que as pessoas entrem em contato com o conhecimento. Sim, isto é necessário.

.  .  .  .  .  .

 

Leia mais sobre Espiritualidade

© Arte de Viver

Asuya e Anasuya

Sri Sri Ravi Shankar

Asuya acha defeito ou vê intenção maliciosa em tudo.

Há uma certa mentalidade que sempre põe defeitos mesmo nas melhores condições. Quando você dá as melhores coisas possíveis para tal pessoa, ela acha defeitos. Mesmo na companhia ideal ou na pintura mais bela, ela ainda achará algo errado. Este tipo de mentalidade é chamado asuya – ele nunca pode conhecer o conhecimento sagrado. Suponhamos que esteja ventando e você fecha a porta, mas neste exato momento outra pessoa está entrando. Ela vai pensar que você bateu a porta na cara dela! Isto é asuya. Você tem uma amizade de dez anos, então descobre um defeito e decide terminá-la. Agora você não vê nenhuma coisa boa daquele relacionamento inteiro. Isto é asuya.
No momento que você está fora do caminho espiritual você sente que tudo do caminho estava errado. Isto é asuya.
Asuya é quando um filho diz: “Mãe, você não me ama!” A visão do filho está errada; se a mãe não amar o filho, quem vai amá-lo? Isto frustra a mãe. Ou quando alguém vem a mim e diz: “Guruji, você não me ama!” Se eu não os amo, esqueça. Quem mais no mundo vai amá-los? Mas um Mestre nunca fica frustrado.

O conhecimento é diferente em níveis diferentes de consciência. Num certo ponto, você torna-se anasuya.

Anasuya significa estar desprovido dos olhos que acham defeito.

Krishna disse a Arjuna que ele lhe dava o Segredo Real porque ele era anasuya: “Você não põe defeitos em Mim, mesmo estando tão perto.” De uma distância, é fácil não perceber o defeito de alguém; de perto, nenhum defeito escapa. Nem crateras podem ser vistas à distância; de perto, até mesmo uma superfície lisa tem imperfeições. Se você está interessado apenas em buracos, você não verá a dimensão maior das coisas. A não ser que você esteja desprovido dos olhos que acham defeito, não há sentido em dar Conhecimento a você, porque ele não pode florescer em você. Se um espelho está empoeirado, você pode limpá-lo. Mas se os seus olhos têm uma catarata, nem a limpeza do espelho ajudará. Você tem que remover a catarata. Então você verá que o espelho já estava limpo.

Asuya – olhos que acham defeitos, passa a idéia de que “O mundo inteiro não é perfeito, o mundo inteiro não é bom.”

Anasuya é saber que “é minha própria visão do mundo que está turva”.

E quando você descobre que tem uma visão errada, metade do problema já desapareceu.

Leia Mais: EspiritualidadeComo Ser Feliz

© Arte de Viver

Ciúmes

“O amor é nossa natureza. E todas as outras qualidades negativas em você surgem por causa do amor.  Ciúmes surge quando você ama alguém muito. Ambição quando você ama coisas materiais mais do que alguém. Você ama sua própria posição e status – isto se chama arrogância. Não é? Você ama muito uma certa parte do seu corpo. Isto se chama luxúria. Você fica aborrecido porque você ama tanto a perfeição que não pode suportar imperfeição.

Obsessão, ambição, raiva,  todos são frutos do amor. Se você não tem amor, você não terá nenhum outro problema. Mas agora, nós não queremos ambição, ciúmes, arrogância ou luxúria.

Com sabedoria e conhecimento, o amor permanece puro. É como colocar um conservante no amor. De tal forma que o amor não fique distorcido, permaneça puro amor.

Nós devemos ser amigáveis com aqueles que estão desfrutando a vida e aqueles que estão nas nuvens. Se nós formos amigáveis em relação a eles, então não há ciúmes.”  Sri Sri Ravi Shankar

Pergunta :: Guruji, eu entendo que as pessoas devem ser centradas e fazer sadhana e seva, mas, quando as críticas e o ciúme tomam proporções prejudiciais, o que devo fazer?

Sri Sri Ravi Shankar: Esteja consciente, esteja alerta. O ciúme é seu ou de outros? Se você é quem sente ciúmes, acorde e perceba do que é que você está sentindo ciúmes, tudo vai acabar um dia. Saiba que um dia tudo terá ido embora, tudo vai terminar, e seu ciúme irá acabar. Se o ciúme é de outras pessoas, não o reconheça; eles carregarão suas próprias cruzes.

Pergunta ::  Mesmo depois de fazer o curso avançado, eu sinto emoções negativas como raiva, ciúmes e ambição. O que devo fazer?

Sri Sri Ravi Shankar :: Você já assumiu que tem tudo isto. Agora imagine como seria se você não tivesse nunca feito meditação. Você sentia estas emoções antes e agora continua sentindo. Mas agora elas perdem a força sobre você rapidamente. Talvez mais alguns cursos avançados e você se sentirá livre destas emoções.

Não assuma que você tem essas emoções negativas. Se você as assume, elas se manifestarão. Onde estão estas emoções agora? Você está puro no momento presente. Tenha fé e use a inocência do momento presente. Gradualmente você experimentará que tudo isto não está presente em você, e você deve começar a sentir o quão lindo é por dentro. Você já ouviu isto antes, mas você precisa vivenciar.

Pergunta :: Como lidar e trabalhar com pessoas que tem qualidades negativas como agressão, ciúmes, instabilidade, etc?

Sri Sri Ravi Shankar :: Habilmente. Cuide para não reagir a eles, a não ser com compaixão, tente trabalhar com eles. Certo? Uma coisa é certa, isto irá melhorar sua habilidade. Em segundo lugar, melhorará sua paciência. Você poderá ganhar mais paciência. Em terceiro lugar, isto fará você perceber que a pessoa não está constantemente com inveja ou com raiva.  Isto também muda! Você verá e se maravilhará em ver como as pessoas mudam.

Pergunta :: Querido Guruji, é possível amar e ser forte? É possível amar e ser razoável? É possível estar apaixonado e ser desapegado? É possível estar apaixonado e ser livre de ciúmes e possessividade?

Sri Sri Ravi Shankar :: Sem dúvida. É possível estar em tal estado de amor sem nenhuma destas conotações negativas, se houver sabedoria. O amor com sabedoria é bem-aventurança. Amor sem sabedoria é o que você mencionou; todo este ciúmes, ambição, toda esta parafernália.

Leia também: Como ser felizComo fazer yoga 

aceitação

cropped-orchid_021.jpg

P: Como posso ficar mais puro? Mesmo que esteja fazendo Sadhana, Satsang e Seva, eu não me sinto puro. Quando vejo pessoas arrogantes, rudes e orgulhosas, especialmente da Arte de Viver, eu fico muito triste. Como eu me livro disso?

Sri Sri Ravi Shankar: Você está dizendo duas coisas. Uma é que os outros são arrogantes, os outros não estão bem; e a outra coisa é que você não está bem. Isso é somente um espelho; você está refletindo dos dois lados.

Eu não diria que se você sente isso, que você é impuro, Pranayama e alimentação apropriada ajudarão. Se ainda assim sentir que não está bem então faça uma dieta de frutas e vegetais por alguns dias e cante bastante. Quando está no satsang e cantando como pode dizer que é impuro? Não tem como. Você não sente no satsang que toda a impureza que pudesse ter na mente sumiu?

Quantos se sentem assim? (Muitos levantaram a mão) Viu!

P: Gurudev, tem algumas ocasiões que eu sou capaz de aceitar pessoas e situações como elas são, mas em certas ocasiões, eu não sou capaz de aceitar isso. Eu não sei porque. Eu não sei como sempre aceitar as pessoas e as situações.

Sri Sri Ravi Shankar: Isto não e necessário.Voce não precisa fazer isso sempre. Você não precisa aceitá-los. Lute contra eles!

Que grande alivio, não é? Você tem a permissão para lutar! Vá e  lute feliz, eu te digo.

Veja, você não está falando em fazer alguma coisa que não possa fazer. Se aceitar e tão difícil, então não faça isso. Se não aceitar é fácil, ótimo; mas se aceitar é mais fácil, faça isso.

P: Gurudev, eu sinto que as pessoas não me aceitam, pois sou chato. O que devo fazer?

Sri Sri Ravi Shankar: Não se preocupe com o que as pessoas pensam sobre você. Tenha um objetivo e marche adiante. Se tiver que caminhar sozinho, então caminhe e conquiste aquilo que quer na vida. Então todos virão juntos. Eu também achava que era muito chato porque eu nunca conseguia falar sobre críquete e naquela época todos falavam sobre críquete, e eu só olhava. Isso não me interessava quando era adolescente. Eu não gostava, mas as pessoas ficavam loucas. Por cinco dias continuamente eles colocavam os rádios nas orelhas, ouvindo aos comentários.

Nessa época, eu costumava pensar: sobre o que falar?

Todos falavam somente sobre críquete, nenhuma outra conversa.

Trace seu caminho e o siga. Não se julgue e não julgue os outros.

P: Guruji, as vezes meus pais me batem sem razão. Como posso respeitá-los e aceitá-los nessa hora?

Sri Sri Ravi Shankar:  Eles não podem fazer isso sem nenhuma razão. Diga a eles para fazerem o curso da Arte de Viver em alguma hora que eles estiverem de bom humor. Convença-os a vir para um curso básico e nós vamos treiná-los a não te bater.

Leia também Cure-se da depressão com meditação

Karma e destino

karma.jdjd

P: Qual é o Karma que determina que elementos corporais uma pessoa recebe? Por exemplo, se alguém tem uma doença nos olhos isso significa que ele gerou problemas nos olhos de outras pessoas nas suas existências anteriores?

Sri Sri Ravi Shankar: Não!

Gahana Karmano Gatih – é muito difícil penetrar nas leis do Karma. Não tente, não se preocupe. Que tipo de karma traz que problema é uma coisa muito grande. É melhor que você não tente entender. Irá somente criar mais paranoia.

Qualquer que seja o karma que esteja lá, conhecimento pode queimar todos, simplesmente os largue e siga em frente. Senão, será como mexer numa lata de lixo, qual é o lixo da manhã e qual é o lixo de ontem ou de três dias atrás. O que importa? Largue todos os karmas e siga em frente.

P: Que papel o Karma tem em nossas vidas?

Sri Sri Ravi Shankar: Tudo é karma, meu querido! Você fazendo uma pergunta é karma; karma significa ação. E ouvir a sua pergunta – isto é meu karma. Mas então, respondê-la ou não é minha escolha e seu karma, compreendeu? Tudo é karma.

P: Você diz que do movimento à quietude é meditação, mas obter a quietude através do Karma seria escravidão, não é Guruji? Então como obter a quietude apesar do karma?

Sri Sri Ravi Shankar: Isso é o que toda a habilidade da meditação é. Na meditação, você de forma hábil faz a mente se assentar e, naqueles momentos em que se assenta, ela está realmente quieta. Ela não pode ficar quieta para sempre, então ela começa de novo e algum karma é liberado. Você sabe, nem todos os karmas estão ativos o tempo todo, alguns estão dormentes e alguns estão ativos. Quando está ativo, então isso se abre e vem à superfície. E então de novo depois de algum tempo, o karma não pode estar ativo todo o tempo, então, de vez em quando, de novo e de novo você vai e torna-se quieto novamente.

P: Não cometer um pecado direto é equivalente a um ato nobre, e não fazer um ato nobre requerido é equivalente a um pecado? Eu sou responsável pelos meus atos e omissões também? E se eu não fizer nada, qual é o meu status?

Sri Sri Ravi Shankar: Ninguém pode ficar sem fazer alguma coisa. E quando você faz alguma coisa, ou ela vai beneficiar alguém ou prejudicar alguém. Certo? Ninguém pode ficar sem fazer algo mesmo por um segundo – você começará a pensar coisas boas ou más sobre alguém. Então, este é o porquê de você continuar fazendo coisas boas. Faça boas coisas mas não fique pensando,  “Oh que bom que eu fiz”.  Naiki kar, kuen mein Dal’ (Um provérbio em Hindi dizendo– Faça coisas boas, as esqueça e siga em frente). Então não se pode ficar sem fazer nada, e quando fizer, veja se está elevando a todos.

P: O Karma é transferido de uma pessoa para outra?

Sri Sri Ravi Shankar: Sim, definitivamente. Quando você faz bons negócios e os transmitem para seus filhos, você transmitiu seu Karma para eles.Similarmente, se você cria um grande inferno, seus filhos terão que suportar isto, ou seus pais terão que suportar isto. Definitivamente, o Karma não é uma ilha isolada. Ele se espalha pelas pessoas a sua volta, na família, na nação. Há diferentes níveis no karma.

P: Querido Gurudev, ontem você nos disse que podemos mudar muitas coisas, inclusive nosso destino. Estou tentando o máximo que posso para mudar o que puder na minha vida, mas eu sinto que o que está no meu destino, eu terei que passar por isso. Por quê?

Sri Sri Ravi Shankar: Veja, a vida é uma mistura de agradável e desagradável. Coloque mais atenção nas coisas boas que aconteceram na sua vida. Então isso irá crescer.

Quando está em conhecimento, então o destino também muda.

P: Gurudev, o Guru pode mudar o  karma de uma pessoa? Quando isso acontece?

Sri Sri Ravi Shankar: Se um Guru sozinho pudesse mudar o karma de uma pessoa então ele mudaria o karma de todo mundo de uma vez só.

Não, você tem que fazer algum esforço também.

O Guru definitivamente pode aliviar você de seus pecados. Quando você comete um pecado e você percebe que você cometeu um erro, você não consegue se livrar por si mesmo do pecado, mas o Guru definitivamente faz isso por você. Então nesse sentido, sim!

Ao mesmo tempo, você tem que fazer Purusharth (auto-esforço). Você precisa fazer algum bom trabalho. E o senso de amor e devoção é igualmente proporcional a quantidade de karma que é liberado.

P: Gurudev, se a gente perder o nosso calçado, ou se alguém o tomar, é verdade que eles levam embora o nosso karma ruim?

Sri Sri Ravi Shankar: Se era um sapato caro, então sim, é melhor pensar desta maneira. Ao menos você dormirá em paz à noite. Mas se foi um tênis barato… Veja, a idéia principal era dizer às pessoas para estarem no momento presente. Não se pendure no passado nem se restrinja a ele e estrague este momento. O que aconteceu, aconteceu! Acabou! Você está preso no congestionamento, acabou! Agora, quando você tiver chegado em casa, não desperdice duas horas do seu tempo falando sobre como você poderia ter pego um caminho diferente. É uma perda de tempo inútil. Nossos povos antigos tinham tantas grandes idéias e então eles lhe disseram ‘Ó, é por causa das estrelas que essa coisa lhe aconteceu’. Agora você não pode ficar chateado com as estrelas. Então, em vez de ficar chateado com as pessoas à sua volta, você diz, ‘Ó, isso é por causa do meu karma, minhas estrelas, que isso aconteceu’. Então você recebe uma certa quantia de aceitação e tranqüilidade e isso lhe ajuda para que você possa prosseguir na sua vida sem ser amargo. Essa é uma coisa bonita sobre a Índia. Na sociedade indiana, coisas ruins podem acontecer, mas não ficamos amargos com isso e nem nos restringimos a isso. Eu espero que todo o mundo aprenda essa lição. Isso é algo que vem na nossa cultura, no nosso sangue. Se alguma coisa ruim acontece na sociedade, nós somos resilientes, nós mudamos sem nos restringirmos a isso. É muito interessante. Normalmente as pessoas falam “Você fez isso comigo 50 anos atrás e você ainda é meu inimigo”. As pessoas guardam essa animosidade e inimizade  nas suas mentes e corações. Mas aqui, essa é uma coisa única. Nós não nutrimos a inimizade e a animosidade.

P: Gurudev, você está além do ego e, portanto, não tem karma. Mas mesmo assim você está fazendo bastante karma para o benefício da humanidade. Mas conforme a lei do karma, você terá que assumir as conseqüências. Então, como você faz isso?

Sri Sri Ravi Shankar: Muito fácil! É leve como uma pena.

Leia mais: Dores no pescoço
L
eia mais: Cure-se da depressão com meditação

O papel das mulheres

4535653849

P: Como uma mulher como posso me tornar totalmente livre sem ter raiva do chamado Mundo dos Homens?

Sri Sri Ravi Shankar: Diminua sua dependência.O que você chama de independência? Primeiro você acha que está presa, e depois tenta se libertar. Você encontra a liberdade quando tem poder sobre seus sentimentos e quando está na sabedoria.

Ninguém é totalmente independente. Nem os países são totalmente independentes. O mundo é interdependente. Entre nações e comunidades nós somos interdependentes. O homem depende da mulher e a mulher tem que depender do homem.

Então há um paradoxo – dependência e interdependência. Tente ser independente o tanto quanto você puder entender a necessidade da interdependência.

P. A diversidade nas empresas não devia abranger mais do que apenas se discutir o percentual de mulheres no topo?

Sri Sri: Em vários lugares, a primeira discrepância e discriminação que se vê é de gênero. Gênero é o mais visível, o mais óbvio hoje. Então, gênero e religião, seguido por diferenças de nacionalidade e culturais, todos devem ser deixados de lado.

Todavia eu não estou dizendo que você deve se forçar a achar uma pessoa de uma determinada categoria quando ela não for talentosa. Isto também é errado. O talento deve vir em primeiro lugar e a diversidade em segundo. Em nome da diversidade, nós podemos pegar pessoas que não são capazes ou qualificadas para o trabalho. E a empresa sofrerá como resultado. Então,  a diversidade não deve ser uma regra imposta a alguém, mas  deve vir de dentro. Deve vir da transformação da nossa perspectiva ao invés da imposição de uma regra ou regulamentação do governo.

P: As mulheres em nossos épicos parecem ter feito tantas coisas extraordinárias, é difícil acreditar que seja verdade!

Sri Sri Ravi Shankar: Vamos falar de gandhari, por exemplo, ela produziu 100 crianças de tubos. Bebês fertilizados in vitro foi o que ela criou. Um embrião e 100 tubos! Nós já sabíamos qual a ciência por trás disto! Ao menos que se prove o contrário é um fato. Assim como ninguém acreditava que os dinossauros existiam, mas temos a prova. Jatayu, um dinossauro pássaro existia e levava a Sita. Estas são provas que Lord Krishna existia. O modo como é apresentado é usualmente uma mistura de imaginação e fatos. Como um poema, em que fatos e imaginação se misturam. Se você ler a biografia de Abdul Kalam, Jawahar lal Nehru, Indira Gandhi, vai descobrir que eles acrescentaram coisas.

P: Você poderia falar sobre o papel da mulher? Hoje, as mulheres são enquadradas como uma commodity (mercadoria). Como podemos mudar isso?

Sri Sri Ravi Shankar: Tenha piedade daqueles que veem as mulheres como commodity. Louve aqueles que veem as mulheres como pessoas que podem fazer a diferença na sociedade.

P: É muito importante que a mulher se case? Não está tudo bem deixar que Deus seja seu protetor? Ela pode ser completa mesmo se não for mãe?

Sri Sri Ravi Shankar: Você pode se sentir como mãe do mundo inteiro. Ser mãe está na natureza da mulher. Aquela compaixão, aquele amor e carinho estarão lá.

Se você deseja se casar ou não, é uma decisão sua. O mais importante é ser feliz. Esta é minha opinião. Há muitas que são solteiras e felizes, muitas casadas e infelizes, e também vice-versa! A escolha é sua, a bênção é minha.

P: O que posso fazer como mulher se mesmo os mais velhos da família se esqueceram da tradição e dos valores tradicionais?

Sri Sri Ravi-Shankar: Tudo o que você quiser aprender, você pode fazer pela internet. Uma época tão gloriosa – apenas um laptop e pronto. Com o google qualquer coisa na Terra está disponível! Conhecimento nas pontas dos dedos. Eu costumava dizer que o conhecimento estaria nas pontas dos dedos. Eu não entendia por que estava dizendo aquilo e nem aqueles que me ouviam. Toda a informação, mas não conhecimento, está lá.

P: Existe um caminho diferente para homens e mulheres?

Sri Sri Ravi Shankar: Não! A espiritualidade é a mesma para homens e mulheres. Em algum tempo histórico, o homem colocou barreiras para que a mulher não chegasse ao poder. Mas há certas normas na sociedade e devemos nos ater a elas.

 Leia mais:   Yoga para Mulheres Trabalhadoras,Como ser feliz, Espiritualidade