Seja como a árvore de Natal, cheia de presentes!

captura-de-tela-2016-12-24-as-07-28-10

24/12/2013 – Boone, Carolina do Norte – Estados Unidos.

Seja como a árvore de natal: sempre verde, brilhando, cheia de luzes e cheia de presentes.

Uma árvore de natal apenas dá, não leva nada para si. Apenas dá. Seja verão, inverno ou outono, nunca perde as folhas, nunca perde o verde. Ao longo do ano é verde e no inverno distribui presentes.

Eu quero ver todos sorrindo e felizes. Apenas criem ondas de felicidade, todo o resto é irrelevante. No mundo, as coisas acontecem, algumas agradáveis, outras desagradáveis. Algumas coisas acontecem da maneira que você quer, outras coisas não acontecem do jeito que você queria. Agrupe tudo e ponha de lado. Nada pode realmente tirar sua felicidade.

Quando você acabou de ter uma boa meditação e o prana (energia vital) está alto, o que você sente? Nada importa! Certo? Nada importa! É disso que precisamos saber. Quando você sabe que nada importa, você está feliz.

A felicidade é nossa própria natureza. O que ofusca essa felicidade é o: “eu quero isso”, ou, “eu quero aquilo”. “Eu quero alguma coisa”, isso é o que afasta a felicidade. Quando você diz que nada, de qualquer forma, importa, imediatamente a liberdade acontece. Basta manter isso em mente, isso é tudo. Nada, de qualquer maneira, importará.

No mundo há sempre alguma imperfeição, algumas coisas agradáveis e algumas coisas desagradáveis. Algumas coisas acontecem da maneira que você quer que aconteçam, outras da maneira que você não quer que aconteçam. Faz parte da criação. Quando nada lhe importa, as coisas acontecem do jeito que você quer. 90% das coisas aconteceriam automaticamente, ou, seja lá o que estivesse acontecendo, seria o que você gostaria.

Neste drama todo, em toda esta multidão do universo de diversidade, este jogo complexo da vida e da sociedade é inevitável. As coisas vêm e vão, e tudo o que vem e vai tem um propósito. Um espinho e uma pétala de rosa macia, ambos têm seu propósito. Isso se resume no nosso primeiro ponto, valores opostos são complementares.

Não se preocupe com nada. Não há necessidade de estar assustado ou preocupado com nada. Você diz: “Não me preocupo com o mundo, mas me preocupo com minha conexão com o caminho, com o conhecimento, com Deus e tudo mais”. Eu lhe digo, essa conexão nunca poderia deixá-lo! Isso não vai acontecer. Não se preocupe com isso. Você entendeu? Sua conexão com o Divino nunca pode se desfazer.

Embora Jesus diga em seu último momento: “Deus, você me desamparou?” Ele imediatamente percebeu que não, ele não me abandonou. Mas essa dor, às vezes, traz a seguinte pergunta: “Oh Deus, você me abandonou?” Então, qual é a essência? Nada importa!

Ouça Ashtavakra Gita de novo e de novo. Aho Niranjan! Você é intocado, imaculado. A consciência é tão pura, tão bela, sem manchas. É fantástico. Muitas vezes pensamos que já ouvimos e sabemos disso e o deixamos de lado. Novamente e novamente ouvi-lo abre novas avenidas. Ashtavakra é um conhecimento tão precioso. Não é?

Às vezes eu abro o livro e digo: “Uau, parece tão fresco e novo!”. Nunca pense que você já fez ou que você sabe disso. Dez anos depois, você abre as mesmas duas frases, você a lê e você verá: “Ah, uau! A mente pequena é uma onda no oceano, mas eu sou o oceano”. Quando essa realização atinge a mente, então o que pode perturbá-lo? Nada! Mesmo se você ficar perturbado, não se preocupe! Está tudo bem. “Ok, fiquei perturbado, e daí?”.

Eu penso que isso acontece gradualmente. Às vezes você nem percebe que, de repente, você se tornou incondicionalmente feliz!

Temos um instrutor sênior que costumava reclamar o tempo todo e nunca estava feliz. Nos últimos anos, ele disse: “Gurudev, você nem sabe, eu estou feliz! Eu descobri que estou feliz, venha o que vier! Nada parece importar. Eu estou feliz. Algo dentro de mim mudou”. Eu disse: “Sim, as pessoas estão percebendo isso”. Apenas ficando neste caminho por muitos anos você descobre que nada mais importa. Nada pode lhe abalar, nada pode perturbá-lo. Algo agradável ou desagradável veio e se foi.

A natureza faz isso. Como quando antes de fazer o pão, você sova a massa. Esse amassar, isso é o que a natureza faz a nossa mente. Então você diz: “Ok! Estou pronto!” A natureza faz isso com você. De cantos diferentes ela lhe dá socos para que você se torne forte. Cada soco da mãe natureza não surge de qualquer raiva por você, surge do cuidado, para que você se torne forte.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Seja como a árvore de Natal, cheia de presentes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s