Relacionamento familiar

P: Guruji, estou preocupado com meus dois filhos, minha família está desmoronando. Minha relação com meu cônjuge está se tornando amarga, sem confiança e falta compreensão. Eu preciso do seu conselho.

Sri Sri Ravi Shankar: Com certeza tempos difíceis aparecem na vida, tenha paciência. Não tenha pressa para tomar nenhuma decisão. Em tempos de grande confusão e conflito você deve ter um pouco de paciência.

P: Guruji, meus pais me amam tanto que o amor deles às vezes se torna sufocante para mim. O que faço?

Sri Sri Ravi Shankar: Há problema das duas formas. Algumas vezes você sente que eles não te amam, o que não é verdade. Algumas vezes você sente que eles te amam demais e é sufocante, o que fazer? Você sabe quando você se sente sufocado? Quando você quer fazer algo errado. Quando sua consciência diz “isso é errado, eu não devia fazer isso” é quando você se sente o sufoco de seus pais. É bom estar sufocado com esse tipo de atenção. É bom sentir culpa para fazer algo errado. Você sabe que é um aviso de segurança.

P: Eu estou me divorciando. Eu e minha esposa escolhemos diferentes caminhos e vivemos vidas distintas. Nós dois queremos que nossos filhos fiquem com cada um de nós. Nesta situação, qual é a coisa mais sábia a fazer?

Sri Sri Ravi Shankar: As crianças devem experimentar os dois caminhos, e deve ser permitido a elas optar por qual seguir.

Se não há entendimento entre o casal, é gerada uma tensão na criança. O que os pais devem levar sempre em conta é que eles não devem se culpar na frente da criança. Colocar o filho contra o pai ou a mãe não é certo. Isso é uma abordagem bastante intolerante.

P: Gurudev, eu tenho uma única filha. Ela se mudou para o Canadá após seu casamento e eu não posso estar com ela já há um ano e meio. Eu serei capaz de reencontra-la?

Sri Sri Ravi Shankar: Sim, vá encontra-la! Sua filha também deve sentir, “Eu quero encontrar minha mãe.”
O que aconteceu é que às vezes criamos nossas crianças de uma maneira na qual eles não possuem sentimentos ou compaixão. Nós não os passamos os valores corretos ou os ensinamos virtude alguma, e então, quando eles se mudam para o exterior, eles esquecem de tudo e tornam-se egoístas. Você deixe ir e esteja pacífico! Tudo ficará bem!

Leia mais: Ensinando yoga por uma causaComo ser Feliz, Dores no pescoço

 

Anúncios

14 pensamentos sobre “Relacionamento familiar

  1. Os relacionamentos familiares são sempre cheios de complicações, mas que, se encarados com um olhar atento, serão vistos como preciosidades em forma de oportunidades espirituais. 😉

  2. “… às vezes criamos nossas crianças de uma maneira na qual eles não possuem sentimentos ou compaixão(… ) eles esquecem de tudo e tornam-se egoístas”

    Precisamos nos entender primeiro antes de tentar entender nossos filhos.

  3. “Com certeza tempos difíceis aparecem na vida, tenha paciência. Não tenha pressa para tomar nenhuma decisão.”
    Conhecimento simples e tão profundo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s