Sexualidade

P. Como eu enfrento e supero os desejos físicos?

Sri Sri Ravi Shankar: Isto depende qual a sua idade. Se você é um adolescente ou recentemente saiu da adolescência, é bem natural. Não há nada que você possa fazer sobre isto.  Mantenha-se ocupado. Se você tiver muito tempo livre, apenas sexo ocupará sua mente. Você reparou que durante os exames, quando você está muito ocupado, tem um desafio, ou se você viaja ou pratica algum esporte, neste momento sua mente está ocupada e entretida, e o sexo não é tão importante. Mas é quando você está livre que essa força toma o controle. Porém sexo não é mau. Há um tipo de sexo que é quando você tenta se satisfazer, e se  não se satisfaz, há outro tipo que começa a acontecer. Tantas distorções e tendências surgem na mente. A melhor coisa é fazer pranayamas. Pranayama ajuda. Depois, observar sua comida. Se você come muito, tem muita energia e precisa extravasá-la em algum lugar. E se você não é criativo, definitivamente vai pelo outro caminho.  Assim, vá com cuidado na comida. Diz-se que se você não pode controlar sua língua, você não controlará nunca sua genitália, porque língua e genitália são conectadas. Sexo e comida são muito conectados. Então, sua obsessão poderá ser controlada se sua alimentação for mais leve e em quantidade moderada. Pranayama pode ajudá-lo a controlar tendências excessivas. Música, dança, alguma arte criativa, pintura, escrever histórias e apreciar beleza também ajudarão. Quando você está mais feliz, a inclinação para o sexo é menor. Mas se você está infeliz e inquieto a inclinação para o sexo é bem maior. Fazendo estas coisas e se mantendo ocupado, você poderá navegar através dessa fase. Porque quando você cede, mais tarde você não vai gostar, e não fazer sexo nos deixa desequilibrado. Você está numa espécie de limbo. É muito difícil na adolescência; não há muito jeito a não ser se manter muito, muito ocupado. E então, vem a crise da meia idade! Estou analisando todos os diferentes grupos de idade, quando se tem que superar todos estes obstáculos. Se nada disto funcionar, apenas espere pelo tempo. Quando você envelhecer, irá simplesmente desaparecer. Você sabe, o tempo cuidará disto. Quando você tiver 60, 70 ou talvez 80, em algum momento deixará. A mente, algumas vezes, ficará fria. Ao menos então alguma coisa acordará de dentro.

P. Como alguém pode se livrar da luxúria na mente?

Sri Sri Ravi Shankar: Se você reprime a luxúria completamente, você não será capaz de elevar-se. Também, se você a sacia muito, não vai dar certo. Adote o meio termo. Você pode progredir no caminho sendo um homem de família. Você nem deve forçar o celibato nem deve saciar-se muito. Se você vir os rostos das pessoas que visitam estes bares noturnos, você não encontrará nenhum vislumbre de felicidade nas suas faces. É come se a tristeza e abatimento se destacassem na suas faces.

P. Como me livrar da luxúria?

Sri Sri Ravi Shankar: Vem de berço. Se você ficar pensando nisto, ela ficará mais forte.

O mesmo vasana é trasformado em alegria e amor. Quando há contentamento e masti, a luxúria automaticamente desaparece. Quando o sol está brilhando, você não precisa de tochas.

Atma rati – atma me rati lag jaye, ishwar me man lag jaye. (A mente repousa na consciência.)

P. Você pode falar sobre a natureza da sexualidade?

Sri Sri Ravi Shankar: Pregar sobre o que você não sabe ou no que você não acredita não é a coisa certa. As pessoas que vivenciam compreensão profunda, não fazem julgamentos. Com espiritualidade você vai para um novo nível de experiência. Honre o sexo, e siga para um lugar mais elevado.

Q: A homosexualidade é um pecado? É possível mudar a orientação de um ser humano através de Sadhana e de Práticas Espirituais?

Sri Sri Ravi Shankar: Veja, estas tendências vem em você porque você é composto de ambos, mãe e pai, uma combinação dos dois. Todos têm ambos genes femininos e genes masculinos. Quando os cromossomas masculinos estão dominando ou quando os cromossomas femininos estão dominando, estas tendências vem e vão. Você não tem que marcar-se por isto. Tudo pode mudar. Existe a possibilidade destas tendências mudarem. Saiba que você é mais do que apenas o corpo. Você é uma consciência cintilante, energia. Você está cintilando luz, e assim, identifique-se mais com esta luz.

P. A homossexualidade é má?

Sri Sri Ravi Shankar: Eu não penso que seja. A filosofia ocidental nem sequer diz que ela é nociva por que você é feito de DNA feminino e masculino. No seu DNA você é metade da sua mãe e metade do seu pai. Os aspectos femininos e masculinos estão em você. Em algumas pessoas o aspecto masculino é dominante, mesmo o corpo físico sendo feminino. Então você vira lésbica. E se o seu aspecto feminino fica mais dominante num corpo masculino,  estas tendências podem surgir em tempos diferentes. Então, não se rotule como errado ou se sinta culpado. Estas tendências vem e vão. Muitas pessoas que são heterossexuais, de repente têm sentimentos  que os sacodem por dentro. Muitas pessoas vêm falar comigo sobre este problema. Da mesma forma, pessoas que se rotulam como gays ou lésbicas de repente sentem suas preferências mudarem. Isto é tudo é fluido. Nossas tendências e mente são fluidas. Eu lhes digo, nós não devemos de jeito nenhum nos culparmos. Se culpar a si mesmo é um pecado. Quando você se culpa, você não consegue  se centrar e não consegue ter foco em nada.

P. A homossexualidade é uma doença? Você pode, por favor, falar sobre isto?

Sri Sri Ravi Shankar: Em primeiro lugar, se você pensa que é uma doença, você já formou sua opinião. Tudo é uma inclinação filosófica da mente. Estas tendências podem sempre mudar porque tudo muda. Algumas pessoas que eu encontrei se tornaram homossexuais depois dos 40-50 anos, e há outras que no começo eram homossexuais e depois elas tiveram família e filhos. Há todos os tipos de tendências no mundo. Nós não devemos discriminar ninguém por causa destas tendências. Nós devemos amar a todos, ajudar os outros a evoluírem em direção aos seus objetivos, seja quais forem os objetivos que eles determinaram para si mesmos. Você sabe que todas as necessidades do corpo são muito poucas, pequenas. Se você está preso às necessidades do corpo, então se esqueceu que somos algo maior, algo para o qual nós nascemos, a necessidade do espírito, a necessidade da alma. A necessidade espiritual de todos precisa ser realizada. Infelizmente as pessoas estão emperradas em pequenas necessidades. Comida, entretenimento, companheirismo são o que os preocupa, e eles se esquecem do verdadeiro propósito da vida – se conectar com o ser universal. O verdadeiro propósito da vida é se conectar com o universo (yoga).

P: Durante minha meditação tenho sentimentos sexuais. O que faço?

Sri Sri Ravi Shankar: Isto é só uma etapa. Acontece no começo, quando a energia passa pelos chakras. Isso vai passar. Somente observe, honre e deixe isto passar.

Leia também: Espiritualidade

Anúncios

10 pensamentos sobre “Sexualidade

  1. Acho que no caso do Brasil a tendência é o desequilíbrio pelo excesso de sexo, que é incentivado pelos veículos de comunicação e pela própria cultura mesmo. Um debate maior e uma reeducação sobre o tema podem ajudar bastante! =))

  2. Antes a sociedade tratava o sexo como um assunto secreto. O sexo era tratado como um “segredo sagrado”, mas ao mesmo tempo um “segredo errado”.
    Hoje tratamos sexo como um “segredo não-sagrado”, falamos dele o tempo todo, sem vergonha de pronunciar palavras como “prazer”, “posição sexual”, “órgão sexual” entre outras…
    Ainda não chegamos à um equilíbrio nesse assunto. Passamos do “errado e proibido” diretamente pro “permitido indiscriminadamente”.
    Ainda temos muito o que aprender sobre esse assunto.

  3. O trecho que o Guruji fala que somos composto de ambos mãe e pai, e que todos temos ambos genes femininos e genes masculinos para mim fica muito claro que devemos respeitar o ser humano, independente de como ele seja.
    Lindo conhecimento!!!!

  4. “Quando você está mais feliz, a inclinação para o sexo é menor. Mas se você está infeliz e inquieto a inclinação para o sexo é bem maior.”
    Fazer yoga traz alegria, leveza e ocupa a mente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s