Religião e espiritualidade

P: O que podemos fazer no nosso nível para unir todos os povos de todas as culturas e religiões em celebração?

Sri Ravi Shankar: Nós já estamos fazendo isso. Nós continuamos a fazer a mesma coisa. Ligue para todos e diga, ‘vamos cantar juntos, vamos fazer trabalho voluntário juntos, vamos sentar em silencio juntos.’ O silêncio é a melhor forma de oração. Frequentemente a oração está em alguma língua – Alemão, Hindu, Inglês, Espanhol. De fato, todas significam a mesma coisa. Mas o silêncio é ir mais longe, uma etapa além das barreiras da língua que o universo inteiro pode compreender. A natureza ressoa com ele. Oração silenciosa! A oração em palavras também tem que te conduzir ao silencio do coração. A finalidade das palavras é criar o silêncio. A finalidade da ação é trazer descanso profundo. A finalidade do descanso profundo é trazer realização. Na realização você encontra a alegria, felicidade. A finalidade do amor é criar um profundo estado de felicidade interior.

P.Guruji, o que eu devo fazer, devo ser um ateu ou um crente?

Sri Sri Ravi Shankar: Por que você quer colocar um rótulo em si mesmo? Um dia seja um ateu e no outro seja um crente. Você está pronto para fazer isto? Seja o que for que você é, seja autêntico.  Hoje os tão falados ateus não são autênticos. Os ateus não podem dizer “eu não sei!” Ateus dizem “não há nada que eu não saiba. Apenas o que eu vejo existe, nada além”. O crente diz “eu sei que há o desconhecido”.  Quando você diz que alguma coisa não existe nesta criação, você precisa saber tudo sobre a criação. Quem sabe tudo sobre a criação agora?  Você apenas pode dizer: “eu não sei se existe ou não”. Um ateu reivindica que algo não existe. Isto é muito difícil de dizer quando você não sabe sobre tempo e espaço.

Você sabe tudo sobre o tempo e espaço nesta criação? Sua aceitação da sua ignorância não permite que você seja ateu. Então você não pode nunca ser um ateu autêntico.

P: Então porque a religião é a razão para tantos conflitos importantes?

Sri Sri Ravi Shankar: Eu diria que as diferenças devem ser celebradas. Culturas múltiplas podem trazer mais tolerância, mais aprendizado e você tem que se aliviar do estresse. Nós todos precisamos criar uma sociedade sem estresse e sem violência. Na verdade, a violência é um produto do estresse. Se alguém não dorme bem ou está estressado , fica agressivo. Com a respiração, você pode se acalmar. Quando a mente está calma e a pessoa feliz, é impossível ela cometer um crime. Está tudo na mente. Nós não aprendemos nada sobre a mente em casa ou na escola. Nós dizemos para as pessoas não terem raiva, não ficarem aborrecidas, mas nós os ensinamos como fazê-lo. Esta é a forma como os ensinamentos antigos da Índia ajudou as pessoas e deve ser acessível para todos. É tão útil! Uma sociedade sem violência. Um corpo sem doenças. Uma mente sem confusão. Uma memória sem drama e um alma sem tristeza. Este é um direito de nascença de todos.

Há muita violência na mídia e nos vídeo games. Toda emoção é conectada com a respiração. Se você muda a respiração, muda o ritmo, você pode mudar a emoção.

P. Com sua orientação, não há nenhuma discriminação com base em religião, mas por que há símbolos religiosos diferentes aqui (no salão de meditação Vishlakshi Mantap)?

Sri Sri Ravi Shankar: Eles estão nos pilares, não na mente e coração. Se alguém se diz hindu, jainista, etc, nós devemos dizer-lhe para pendurar no pilar e ser livre por dentro.

P: Qual o lugar da espiritualidade na vida?

Sri Sri Ravi Shankar: Se você quer assistir a televisão, o que você escolheria – ver ou ouvir primeiro? Ambos simultaneamente. Similarmente, o caminho espiritual traz energia, entusiasmo, criatividade e calma na sua vida. Eles são absolutamente essenciais. Eles são como corpo e mente, ambos vão junto. A vida é uma combinação de etéreo e espiritual. Algo não tangível e algo muito tangível, o corpo.

P. O que você quer dizer por ateu?

Sri Sri Ravi Shankar: Ateu? Você sabe que é muito difícil ser um ateu. Porque um ateu diz: “eu não acredito em nada”. Se ele realmente não acredita em nada, então ele não deve acreditar nas palavras que ele está dizendo. “Digo, eu não acredito em nada exceto em mim mesmo.” É isto que ele deveria dizer. E pergunte-lhe: você realmente acredita em tudo o que diz? Então, isto significa que você estagnou. Você não está progredindo. Porque quando você progride na vida, tudo muda. Então, é extremamente difícil ser um ateu. Se você é um ateu, você deve dizer: eu não acredito em nada, o que significa que nem na palavra que você fala você acredita. Entendeu?

P: Como sei se estou progredindo no caminho espiritual?

Sri Sri Ravi Shankar: Sua dúvida em si prova que você progride no caminho. Se não houvesse nenhum progresso, você teria dito isto com convicção – eu realmente não fiz nenhum progresso.

P: É bom realizar práticas religiosas? Agora estou no caminho da meditação e às vezes não desejo praticá-las.

Sri Sri Ravi Shankar: É uma questão de cultura. Isso cria uma atmosfera com uma sensação de alegria. Não há nada errado em festejar, fogos de artifício, etc. Práticas tradicionais ajudam e trazem um sentimento de pertencer à família e aos filhos.

Nas casas dos maoístas, não há imagens ou luzes. Quando as crianças crescem (em tal ambiente), elas crescem num grande vazio.

Na Rússia, não havia nenhuma religião por 40 anos. Destruíram as catedrais e construíram uma piscina sobre elas. Agora, depois dessa catástrofe, eles reconstruíram a igreja. Se as pessoas não praticam religião, elas começam a sentir o vácuo. E, finalmente, a religião ajuda-os a entender isso.

Para a espiritualidade não há necessidade de práticas religiosas.

P. Guruji, há tantos líderes espirituais! Nós temos que visitar a todos e ler todos os ensinamentos?

Sri Sri Ravi Shankar: Respeite e honre a todos. Siga um caminho. Suponha que você encontre quatro gurus e receba quatro mantras e técnicas. É como tentar atingir seu destino em quatro barcos diferentes ao mesmo tempo! Você não chegará a lugar nenhum.  Se você tinha um guru antes e veio aqui agora, saiba que ele te mandou para cá. Até mesmo dizer “todos os gurus” é errado. E todos os mestres querem apenas sua felicidade. Quando você quer cavar um poço, se você cavar dois metros em dez lugares diferentes, você não achará água. Você precisa ir mais fundo só em um lugar. Não há necessidade de ir a todos os lugares. Quando você tem fé em um caminho e segue em frente, você chegará ao seu destino.

P. Tecnologia e ciência têm avançado tanto, quando a espiritualidade crescerá?

Sri Sri Ravi Shankar: Já está acontecendo. Tantos de vocês estão aqui. Em nosso país, ciência e espiritualidade não estão em conflito. Eles se complementam. Ambos são necessários. Bhava (nível do coração) e buddhi (nível da cabeça) são ambos necessários. Quando você vê TV, ver e ouvir são importantes.

P: Em um de seus livros  você disse que a religião é como a casca da banana e que a espiritualidade é a fruta de dentro. Isso quer dizer que um ser espiritual não tem nada a ver com a religião?

Sri Sri Ravi Shankar: A religião é inevitável. Você tem uma religião desde o nascimento. Seu nome só transmite a religião da qual você pertence. Seu nome, o casamento, tudo isso é parte da religião. Você não pode negar. Espiritualidade une todas as religiões. Esse é o valor central de todas as religiões.

P: Como educar aquelas pessoas que desenvolveram um desgosto pela espiritualidade?

Sri Sri Ravi Shankar: Você é solteiro ou casado? (risos). Se você é solteiro, então você não terá problema (mais risos).

Se seu cônjuge é contra você estar no caminho espiritual, então você deve aplicar uma solução indireta. Através de um amigo íntimo do seu cônjuge, você pode chegar até seu cônjuge. Quando vier deles, seu cônjuge ouvirá.

Para outros, você deve continuar a ensiná-los. Compartilhe seu conhecimento com eles. Em inglês tem um ditado que diz “familiaridade gera desdém” mas no nosso caso é falta de familiaridade que gera desdém porque eles não sabem. Então, ensine-os!

Também, a doutrina maoísta e de esquerda tornou várias pessoas contra espiritualidade. Dentro do Nepal também há tanta gente contra espiritualidade. Dos 600 distritos da Índia, 212 não foram tocados pelo Arte de Viver. Quando nós os alcançarmos, uma reviravolta total acontecerá. Houve um incidente quando uma guerrilha maoísta veio para atacar um dos nossos professores num Satsang (canção e celebração) num vilarejo em Jharkhand. Eles vieram e viram as pessoas cantando tão felizes, que eles se juntaram a elas. Mais tarde, eles insistiram que o professor fizesse um Satsang para eles também.

A história de Angulimaala da vida de Buda não é apenas uma história  e uma mitologia. Está acontecendo agora, aqui, hoje. Onde todas as legislações e dinheiro não funcionam, o que funciona é Amor.

P. O homem comum pode alcançar espiritualidade?

Sri Sri Ravi Shankar: Apenas o homem comum pode atingir espiritualidade! Se alguém pensa que eles são muito especiais, eles não podem!

P: Como se sabe quando fazer esforço e quando ter paciência uma vez que se esteja no caminho espiritual?

Sri Sri Ravi Shankar: Quando você está entrando no caminho espiritual, você tem fazer esforço. Você tem que fazer esforço para vir aqui (ao ashram). Você não tem um feriado, você não pega o trem ou o passagem de avião. Quando você quer vir aqui, alguém virá distraí-lo dizendo: ‘Vamos ao litoral aproveitar, nos divertir e coisa e tal. Vamos ver um filme. Por que ir? O que tem de divertido em meditar e sentar com os olhos fechados? Vamos manter nossa mente aberta e tirar tudo de um filme.’ Dessa mesma forma,  100 obstáculos e 1 milhão de tentações virão. Então você põe esforço, ‘eu quero ir, eu quero meditar, eu quero ser centrado, eu quero voltar-me pra dentro.’ Esse tipo de esforço que você precisa fazer. Mas uma vez que você chega aqui, nenhum esforço deve ser feito. Você simplesmente senta. É isso. Você não tem que fazer coisa alguma. Isto não se aplica aos ashramites (residentes do ashram) aqui (risos). Eles têm que levantar de manhã e ir fazer a seu sadhana. Não pode dizer, ‘eu vim ao ashram, me deixa agora dormir e relaxar.’ Vou te dar um outro exemplo. Para pegar um trem, você faz um esforço. Você vai, fica em uma fila, vai à plataforma certa e então ao vagão adequado com toda a bagagem. Às vezes você tem que forçosamente conseguir seu assento, especialmente, aqui, em alguns dos trens da Índia (risos). Mas uma vez que você se senta dentro do trem ou do avião, pronto. Então não há nenhum esforço. Se então, você colocar sua bagagem na cabeça e sair correndo pelos compartimentos, não faz sentido. Você não chegara à estação mais rápido. Então, ou você termina numa estação de polícia ou em um hospital psiquiátrico! Para começar uma prática você tem que fazer esforço. Mas uma vez que está no caminho, você tem que relaxar. Você não chegará mais rapidamente se você continuar correndo dentro do trem. Saiba que tudo é feito para você. Você não tem que fazer esforço. Há um esforço para acender a vela. Uma vez que está acesa então não requer nenhum esforço para tirar a luz da vela. A luz está vindo até você por ela mesma. Mas você tem que acender a vela. Você tem que fazer o esforço de acender a luz. Se você nem mesmo acende e diz, ‘não há nenhuma luz’, então você tem que fazer algum esforço. (Uma vez feito isso), aí você descobre que a luz está se derramando em você. Assim, você veio aqui. Apenas relaxe. Em hindu, diz-se: Shamma jali hai tere liye, Tujhko kuch nahin karna hai. (A vela é acesa para você, você não tem que fazer coisa alguma).

Leia também: Benefícios da yoga, O que é yoga

Anúncios

4 pensamentos sobre “Religião e espiritualidade

  1. Pingback: Religião e Espiritualidade | Yoga | Scoo...

  2. Pingback: Religião e Espiritualidade | Yoga e Sa&u...

  3. No conhecimento diz que as diferenças das religiões devem ser celebradas, que culturas múltiplas podem trazer mais tolerância, mais aprendizado.
    Será incrível quando todos entenderem isso, não haverá mais guerras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s