Dinheiro e riqueza

Sri-Sri-Ravi-Shankar-en-Vzla-2a

P. Querido Guruji, esta pergunta pode parecer boba, mas eu não entendo o dinheiro. Você pode me explicar? Quão importante ele é? Obrigada por me ter aqui.

Sri Sri Ravi Shankar: Na literatura védica, diz-se que Dharma é integridade. Então vem artha, que significa os meios, dinheiro. E então kama, desejo. E depois liberação, moksha. Então Dharmasya moolam artha. Isto é, a integridade é baseada na prosperidade. Se todos foram prósperos, ninguém roubará nada. O raiz de dharma ou integridade é prosperidade, é dinheiro. Então, tudo é ligado. Dinheiro é importante, mas dinheiro é apenas o meio. Não é tudo.

Nunca associe dinheiro com felicidade.  Mesmo a pessoa mais pobre é feliz, se você reparar. Na verdade, eles são mais felizes. Mas dinheiro pode dar uma falsa sensação de segurança: você pensa que se tiver dinheiro, você terá tudo. E ideia de dinheiro é para conforto. Não é? Porque você quer dinheiro? Para conforto. Mas dinheiro pode lhe dar apenas um tipo de conforto.

Há três tipos de conforto: conforto físico, conforto emocional e mental e conforto espiritual – o conforto mais profundo. Mesmo que o dinheiro dê um tipo de conforto, ele não dá conforto emocional e espiritual. Da mesma forma que nós todos precisamos comer para viver. Mas se nós vivermos só para comer (risos), então há algo de muito errado conosco. Basicamente errado.

As  escrituras e os antigos descreveram maravilhosamente como se deve fazer o melhor uso do dinheiro. Você separa cinco partes iguais do dinheiro. Uma parte usa para si mesmo, uma parte economiza,  outra parte para sua família e necessidades imediatas, e o resto para a sociedade. Um é chamado Aapad dhan. É para emergência, para a necessidade do futuro. E há outra escola de pensamento que diz que deve-se gastar dez por cento com caridade, economizar trinta por cento e usar sessenta por cento, do jeito que quiser.

Eu diria que você não precisa gastar nem dez por cento em caridade. Separe ao menos dois ou três por cento da sua renda. Se você não fizer nenhuma caridade, seu dinheiro será gasto com despesas judiciais e hospitais. Separe dois a dez por cento para o mundo. Assim, a ambição não vai surgir na sua mente. Ambição mata a pessoa e mata seu negócio também.

Mas ambição é ok. Você deve ter ambição. Você deve desejar criar mais riqueza. Criar mais riqueza não é uma coisa ruim, de jeito nenhum. Mas a atitude equilibrada ante o dinheiro deve existir. O dinheiro não deve ser tudo na vida. Deve ser para sustentar e nos dar conforto físico. Mas apenas a espiritualidade dá conforto absoluto. Quando você se conecta com a divindade e sente conforto mental e espiritual, você nem pensa em dinheiro. As coisas vem automaticamente. No próximo ano este ashram completará vinte anos. Antes de termos este ashram na América do Norte, nós tínhamos que alugar espaços.

Muitas pessoas vinham e nós precisávamos ter um cozinha para comida vegetariana. Era difícil fazer cursos avançados em hotéis. Eu disse que na próxima vez que viéssemos, deveríamos ter um lugar onde nós pudéssemos ter a atmosfera pura, onde apenas meditação aconteça e as vibrações do local se tornem mais saatvik, mas conveniente e mais harmônica com a natureza.

Então, alguns devotos procuraram por lugares mas não havia muito dinheiro.

Primeiro colocamos algumas tendas e as tendas voaram. Choveu. Eles tinham uma cozinha com coisas de madeira. Todos começaram a trazer um pouco daqui e dali e o lugar ficou lindo. Então o lugar foi construído. Isto é o que se chama siddhi. Siddhi significa que você tem o que você precisa. Na Índia, há um provérbio que diz que você deseja nozes, mas que só as recebe depois que perdeu os dentes (risos). Você pediu pelas nozes: “Oh, eu preciso de nozes, eu preciso de nozes, eu preciso de nozes.” E quando você recebe as nozes, seus dentes se foram. Você deseja um marido ou esposa e quando eles aparecem, você tem setenta e cinco! Não faz sentido!

Nós nem nos preocupamos em como as coisas serão feitas! Isto é o que é siddhi. Quando o poder espiritual existe, a energia espiritual existe, tudo acontece sem esforço. Siga com fé a confiança. Ao mesmo tempo, não viva muito no ar. Seja também prático. Até que você consiga o nível de dependência espiritual interno, você precisa ter discernimento. Discernimento que você deve ficar consciente em como administrar seu dinheiro. Então, é como uma dança. Como uma dança acontece? Quando um pé está no chão e o outro está levantado. Se ambas as pernas estiverem enterradas na lama, você pode dançar?

E se os dois pés estiverem no ar, você também não poderá dançar. Você cairá. Então, dance apenas quando um pé estiver no chão e o outro no ar. Isto é o que é todo o conhecimento – prático mas etéreo e com abordagem espiritual. Mas eu tenho visto algumas pessoas que são muito etéreas. Elas não fazem nenhum trabalho, mas apenas se sentam e dizem: ‘eu quero vinte milhões de dólares, eu quero cem milhões de dólares.’ Eles nem sequer pensam em números pequenos. (risos) Eles rezam por isto todos os dias. Nada vai acontecer. Saiba o equilíbrio.

P. Qual o lugar para o dinheiro na busca para uma vida espiritual?

Sri Sri Ravi Shankar: O problema surge quando você não carrega o dinheiro somente no seu bolso, mas também na sua cabeça! Qual é a vantagem de pensar em dinheiro o tempo todo se seus bolsos estão vazios? Dinheiro é o meio e não o fim. Tenha fé que você terá todo o dinheiro que você precisa. Lute e siga em frente com esta convicção. Além disso desembolse dois a três por cento do seu dinheiro com os outros. Nós chamamos isto de dhanashuddhi (purificação da riqueza).

Em sânscrito há a palavra annashuddhi (purificação de grãos). Ele prescreve adicionar ghee (manteiga clarificada) ao arroz. Se você come o arroz puro, não é tão bom para o seu corpo, uma vez que o nível de açúcar no sangue sobe repentinamente. Adicionando um pouquinho de manteiga clara ou ghee, o processo de converter amido em açúcar diminui de velocidade. Logo seu processo digestivo desacelera e você fica menos suscetível à diabetes. Assim, nós dizemos que o arroz se purifica quando adicionamos ghee. Semelhantemente o dinheiro se purifica quando você contribui com aqueles que precisam.

A Arte de Viver faz serviço voluntário em escolas nos vilarejos. Nós temos o programa  “um dólar por dia”, no qual nós alimentamos, fornecemos roupa e educamos uma criança. Nós temos cem destas escolas gratuitas para pessoas com necessidades. Isto ajuda a tirar crianças do trabalho infantil forçado. O peso é tirado deles. Estas crianças são a primeira geração de aprendizes e a mudança é muito poderosa. É como ensinar alguém a pescar, ao invés de dar-lhe um peixe. Também, se as mulheres se envolvem em programas de maior autonomia, há experiências maravilhosas. Isto é o que é necessário – educação que é técnica, cientifica e espiritual ao mesmo tempo.

P. Querido Guruji, o que é ambição e o que é cobiça? Qual é a linha que diferencia ambos? Obrigado

Sri Sri Ravi Shankar: Cobiça é quando nada mais lhe importa – nem as pessoas importam para você. Apenas dinheiro importa, apenas você é importante, isto é cobiça. Cobiça é além da sua capacidade, é mais do que você merece. Mesmo ao custo de sofrimento dos outros ou seu próprio, você quer possuir. Você deseja e você quer custe o que custar, isto é cobiça. Ambição é quando você tem um objetivo e você quer alcançá-lo.  O que é ok.

Q: Dinheiro, mente ou meditação – Todos os três não estão no meu controle? O dinheiro não vem, a mente não para e não consigo meditar. O que irá acontecer comigo Guruji?

Sri Sri Ravi Shankar: Você não pode meditar?

ok, então primeiro veja por que você não consegue meditar. A sua parte que está emaranhada no dinheiro e mente, tire-a da lá, emaranhe-a em mim! Então a meditação irá acontecer, a mente também  ficará feliz e o dinheiro também virá por sua conta própria.

P: Caro Guruji, você fala sobre o desapego. E sobre a paixão? Acho que as pessoas seguem uma carreira, um negócio ou uma profissão por causa do dinheiro, daí o dinheiro se torna a sua paixão. Você não acha que a juventude deve seguir seus corações, paixões e sonhos?

Sri Sri Ravi Shankar: Vocês devem ter um sonho e uma paixão. Devem seguir isso, mas não febrilmente. Se você quer ir para as Cataratas do Niágara, vá. Quem disse para não ir? Você providencia o que é necessário e visita o lugar. Mas se isso ocupar um lugar muito grande em sua cabeça, e você pensar nisso o tempo todo, então você acabará pousando em outro lugar. Com esta exaltação, sua mente perde a clareza e você não processará corretamente as ideias e pensamentos. A paixão e o desapego são complementares. O desapego traz o foco a você, desacelera você e te torna calmo. Quando você tem paixão e age por conta dela, você adquire as coisas que quer ter. O descanso profundo e a atividade dinâmica são complementares. Como você quer ser dinamicamente ativo se não deu descanso profundo para sua mente e corpo? Alguém que nunca dormiu, não poderá de modo algum sentir-se enérgico. Você só estará febril de desejos e anseios em sua mente, sem capacidade de agir.

P: Fale por favor sobre a riqueza.

Sri Sri Ravi Shankar: De acordo com as escrituras antigas, há oito tipos de riqueza. A riqueza  não  é somente dinheiro. Naturalmente, o saldo bancário é riqueza, progênie é igualmente um tipo de riqueza,  assim também é a saúde. Se você tem a confiança que você pode criar  riqueza em qualquer situação, mesmo quando a economia não está indo bem, você terá coragem. Essa coragem e confiança são uma riqueza. A habilidade de fazer amigos é uma riqueza. O conhecimento é igualmente uma riqueza.

A deusa da riqueza, Laxmi, está flutuando no lótus. Move-se com o vento. A deusa do conhecimento, Saraswati, está em uma rocha. Uma rocha é estável. Uma vez que você aprendeu o conhecimento, você aprendeu para sempre. A riqueza não é o objetivo final. É um meio para se chegar lá. A riqueza, a felicidade e a vida devem ser compartilhada com o todos  aqueles ao nosso redor.

Hoje, muitas pessoas perderam a fé. Quando você perde a fé, isso te força a se fechar. Cada crise é uma oportunidade. Quando todas as portas são fechadas e você não tem mais para onde ir,  é quando você se fecha.

Muitos obstáculos e crises vêm, mas você deve manter sua intenção forte. Você tem que ter  visão. Quando você olha ao redor, as pessoas que traem sua confiança serão poucos. Aqueles cujos os valores  ainda hesitam, serão poucos. Embora às vezes você possa cambalear, agarre-se a sua visão e missão.

Se você não quer que o outro te engane, por que deveria você enganar o outro? O dinheiro é essencial, contudo você não pode dormir bem tendo somente  dinheiro. A metade da nossa saúde é gasta para obter a riqueza e então nós gastamos a metade da nossa riqueza para ter de volta a saúde.

P. O homem cria riqueza e segurança ou insegurança?

Sri Sri Ravi Shankar: Riqueza é o meio, mas se se transformar no objetivo, leva à insegurança.

P. O homem precisa de dinheiro ou de Deus?

Sri Sri Ravi Shankar: Alguns pensam que Deus é dinheiro,e muitos pensam que dinheiro é Deus. Deus é amor e quando você tem riqueza de amor dentro de você, você verá como a abundância flui na sua vida. Há um ditado em sânscrito: ‘Udyoginam purush sindh mupayi tilaxmi’ – Deus vem até você como dinheiro, riqueza é a consorte de Deus. Consorte de Deus, espírito de Deus vem até você em abundância, quando você faz força; para aquele que trabalha e não para aquele que é preguiçoso. E aquele que tem confiança e coragem. Então, para aquele que tem coragem e confiança, aquele que faz força, ganhará dinheiro. Não fique comprando bilhetes de loteria e ficando em casa descansando. Este é o maior problema – você quer dinheiro mas não quer fazer nada. Nós temos que fazer esforço. Dinheiro é um meio e não um fim. Você precisará dele, mas ele é tudo? Não. Você pode ter muito dinheiro mas se você não pode comer, não pode dormir bem durante a noite, o dinheiro não serve para nada. Muitas pessoas vêm aqui tendo muita riqueza e são deprimidos. Eles querem abandonar tudo, trabalho, tudo. A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que nos próximos vinte anos, quarenta a quarenta e cinco por cento da população será deprimida. Para que ter tanto dinheiro e prosperidade no mundo quando tantas pessoas ficam deprimidas? Por isso você precisa ter equilíbrio na vida, equilíbrio material e espiritual na vida. Não é? Normalmente as pessoas pensam que espiritualidade é não fazer nada e se sentar quieto. Não, não é assim. Você precisa trabalhar. Mesmo no ashram, onde seiscentas pessoas trabalham dia e noite. Não há domingo nem segunda-feira para eles e eles trabalham o dia todo.  As pessoas vêm aqui o tempo todo e elas trabalham. A equipe da cozinha nunca descansa. Vocês têm idéia de quanta comida eles cozinham por dia, quando não há nenhum grande programa? seiscentos a setecentos kilos de arroz é cozido diariamente, setenta kilos de sal é colocado e cem kilos  de vegetais é cortado todos os dias. Tanto trabalho eles tem que fazer. O departamento de hospedagem trabalha incansavelmente. E eles o fazem sorrindo. E há aqueles que fazem trabalho de campo. Eles trabalham nas favelas. Há os professores que trabalham no mundo todo. Eles trabalham dia e noite. Em Kanataka nós temos 78 favelas e há várias classes diferentes: classes educacionais, classes de computação. Seva é parte da espiritualidade e definitivamente você não pode fazer caridade com prato vazio. Você precisa de dinheiro para trabalhar. Mas aqui ninguém se preocupa com dinheiro e a caridade acontece, tudo acontece espontaneamente. Então, estas são algumas coisas que precisamos ter em mente. Você tem dinheiro, você ganha dinheiro e isto é bom, mas você deve separar um pouco para caridade, seja qual for sua capacidade, três ou dez por cento. Separe-o. Além disto, faça suas práticas espirituais. Uma vez por ano, guarde sete dias completamente para espiritualidade e então você não se sentará e contará dinheiro. Você vem até aqui e fica cem por cento cuidando da sua saúde; faz yoga, pranayama, meditação e aprendizagem. É uma experiência comum quando um empresário vem aqui deixando seus trabalhos por algum tempo e faz seva, meditação e  curso avançado e eles conseguem contratos melhores. A riqueza deles do outro lado começam a melhorar. O que eles costumavam ganhar fazendo grande esforço, começa a acontecer com menos esforço. É quando o sattva cresce. Sattva é a harmonia positiva dentro de você e quando ela cresce, seu trabalho fora fica mais leve e melhor.

 

Leia também: Espiritualidade, Dores no pescoço

Anúncios

8 pensamentos sobre “Dinheiro e riqueza

  1. Totas as palavras de Guruji são claras, objetivas, modernas. Mestre iluminado, atual, sempre me inspira. Salvou minha vida, meu corpo, minha alma. Hoje, ultimo dia do calendários 2013, recebo um conhecimento tão atual e refinado. Sinto-me cheia de graças e gratidão. Jaygurudev.

  2. Muito boa essa orientação financeira para usufruirmos do nosso dinheiro com mais sabedoria…
    “Você separa cinco partes iguais do dinheiro. Uma parte usa para si mesmo, uma parte economiza, outros vinte por cento para sua família e necessidades imediatas, e o resto para a sociedade.”

  3. Sempre refleti muito sobre esse aspecto do dinheiro e a espiritualidade, mas este conhecimento me ajudou muito a ficar mais tranquila e entender que o dinheiro também é necessário, mas precisamos ter sabedoria para fazer melhor uso dele.
    JGD

  4. Conhecimento que deveria ser partilhado com o mundo todo! se cada um separasse 10% para caridade, ninguém passaria necessidades e reduziríamos o triste problema da miséria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s