Seja sensível com seu Ambiente

Sabedoria de Sri Sri do dia 22 de Abril, 2011.

 

Sendo hoje o dia Mundial da Mãe Terra, vamos nos comprometer a sustentar e cuidar do ambiente.

 

 

O desenvolvimento é imperativo, mas a abordagem de curto prazo é usualmente a causa de grandes danos. O desenvolvimento sustentável deve estar em mente para efeitos de longo prazo em qualquer planejamento. O desenvolvimento com visão de curto prazo é um desastre. Explorar recursos naturais sem uma visão de longo prazo irá destruir a ecologia, que é a fonte da vida. O propósito do desenvolvimento deveria ser suportar e manter a vida. Com uma visão abrangente, todos os planos de desenvolvimento terão como fatores a ecologia, sociologia e psicologia. Assim todo o processo de desenvolvimento se torna um esforço consciente para preservar o planeta e seus recursos. A saúde de nosso planeta é de importância mais elevada.

A consciência ambiental é inerente ao sistema humano. Ao longo da história, a Natureza (prakritti) tem sido adorada na Índia; montanhas, rios, o sol, a lua as árvores são reverenciadas. De fato, culturas anciãs de todo o mundo exibem uma reverência profunda pela natureza. Para eles, Deus não está em templos e igrejas, mas é inerente a Natureza. Apenas quando nós começamos a nos distanciar da Natureza que passamos a poluí-la. Hoje há a necessidade de reviver a prática de honrar e conservar a Natureza.

Muitos acreditam que o dano à ecologia é um subproduto do progresso tecnológico. Não necessariamente; na verdade, o crescimento sustentável é garantido apenas se a ecologia é protegida. Ciência e tecnologia não deveriam ser consideradas como anti-ambiente;  preferencialmente, devemos encontrar modos de manter a harmonia no ambiente enquanto progredimos com a ciência e tecnologia. Esse é o maior desafio desse século.

Apenas observe a Natureza. Os cinco elementos são opostos uns aos outros. Água destrói fogo, fogo destrói ar. Há tantas espécies diferentes na Natureza – pássaros, répteis, mamíferos – cada uma dessas espécies são hostis umas com as outras, mas assim mesmo a natureza as equilibra. Precisamos aprender com a Natureza: o modo como a natureza decompõe o material descartado e produz algo mais bonito. De maneira similar, não é a tecnologia e a ciência que são danosos, mas o descarte gerado pelos processos tecnológicos e científicos. Nós devemos encontrar métodos de consumir o descarte e desenvolver processos não poluentes, assim como o aproveitamento da energia solar. Uma volta a métodos tradicionais como criações orgânicas e livres de produtos químicos irão preparar o solo para um desenvolvimento saudável. Tradição, tecnologia, troca e verdade são quatro fatores chave, que devem ser revividos sempre. Caso eles não voltem, todo o significado pelo qual eles se iniciaram será perdido. Métodos anciões e modernos devem entrar em sinergia. Apesar do avanço no campo da química e de fertilizantes, a tecnologia védica de utilizar urina e esterco de vaca continua sendo um dos melhores modos de cultivo.

Muitos estudos mostraram que a agricultura natural leva a uma produção elevada; A tecnologia mais recente nem sempre é a mais viável economicamente ou a mais eficiente. Nós precisamos olhar para os méritos. Só porque algo é novo não significa que é melhor e só porque algo é velho não significa que precisa ser descartado. É possível não existir desenvolvimento sustentável numa sociedade cheia de estresse e violência. Um corpo livre de doença, uma mente sem estresse, uma sociedade sem violência e um ambiente sem toxinas são elementos vitais do desenvolvimento sustentável. Não é um bom agouro se continuamos a abrir mais e mais hospitais e prisões enquanto a sociedade se desenvolve.

Desenvolvimento sustentável significa liberdade de todos os tipos de crime. Destruir o ambiente, derrubar árvores, despejar lixo tóxico, usar material não reciclável é também um crime.

O ambiente é nosso primeiro corpo, então vem o corpo físico e a mente, a bainha mental. Você deve considerar todos os três níveis.

Na verdade, a ganância do homem é o maior dos poluentes. A ganância faz o homem para de dividir com os outros, assim como obstrui a preservação da ecologia. O homem é tão ganancioso, que deseja ter lucros e resultados rápidos. Essa ganância não apenas polui o ambiente físico grosseiro, como também contamina a atmosfera sutil; ele estimula as emoções negativas na mente sutil. Essas vibrações negativas, uma vez formadas, trazem perturbações para a sociedade. Sentimentos negativos de ódio, raiva e miséria no mundo, sejam eles econômicos, políticos ou sociais. As pessoas deveriam ser encorajadas a tratar o planeta como sagrado, a tratar as pessoas como sagradas, a ver Deus na natureza e nas pessoas. Isso irá trazer sensibilidade e uma pessoa sensível não consegue deixar de cuidar da natureza. É a insensibilidade que faz a pessoa agir sem cuidado em relação ao ambiente. Se uma pessoa é sensível, era irá nutrir o ambiente erradicando a poluição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s