Diwali é o momento de deixar tudo pra trás e recomeçar

 

Gujarat, Índia  3 de novembro

 

Sri Sri Ravi Shankar fala no Annam Brahm, um evento que contou com 5.600 itens de comida vegetariana. Esta iniciativa também trouxe à tona o poder unificador do alimento. Pessoas de todas as religiões participaram deste evento com o objetivo de mostrar a culinária específica de diferentes comunidades.

Sri Sri:

“Somos parte de um Smashta Jeevan – Cada ser humano está conectado com todo o universo, com todas as suas formas de vida. Pássaros, animais e a vida das pessoas devem ser respeitados. Quando nos importamos com a natureza, a natureza se importa conosco. Ela nos faz completos e plenitude é a base do ser humano. Precisamos cuidar das plantas e animais. Uma das expressões mais divinas é plantar uma árvore. Daí, precisamos então cuidar das pessoas. As mulheres, enquanto cozinham, devem reservar um punhado de grãos todos os dias e uma vez por semana, ou uma vez ao mês devem alimentar os pobres. Dizem que há duzentos ou trezentos anos atrás, não havia sequer um único pobre ou faminto na India. Que país completo e capaz nós tivemos.

Mais uma vê temos que fazer reviver esta condição neste país.  Temos todos que trabalhar nesta direção.

 

Vida sem alegria,

Coração sem compaixão,

Mente sem imaginação,

E intelecto sem intuição,

Incompletos estão.

 

A vida é celebração. A celebração acontece quando tudo se junta, e uma sociedade sem celebração não é nada boa.

O Gujarat é cheio de celebração. A freqüência com que se dança aqui dificilmente se encontrará em outra parte do mundo. Todo o Gujarat se ergue para dançar durante os Navatras.

 

Estamos celebrando o Diwali. Enquanto nos cumprimentamos uns aos outros e cantamos, acendemos as lamparinas durante o Diwali. Uma única lamparina não é suficiente, e nós precisamos de uma lamparina em cada campo. Deixe a luz brilhar nos campos espirituais, sociais, financeiros e em todos os outros campos… esta é a mensagem para o Diwali. Quando nos envolvemos nas tarefas diárias, nos aborrecemos  uns com os outros, ficamos aborrecidos e aborrecemos os outros. Mas por quanto tempo temos de nos queimar nesse fogo? Diwali é o momento de largar tudo e recomeçar de novo. Por isso é que nesta região, o Diwali é imediatamente seguido pelo Ano Novo. Então, nesta ocasião meu desejo para todos é que tenham a luz da sabedoria e espiritualidade em suas vidas, e que as ondas de alegria continuem a invadir todos os corações.

Hoje é o Annam Brahma, o tópico é o alimento. Está escrito em todos os nossos Upanishads que o Alimento é Brahma, e que se deve honrá-lo. É como dizem, “Jaisa ann vaisa Mann”, ou estado de espírito depende de sua dieta. O alimento totalmente vegetariano mantém nossa mente perfeita, o intelecto aguçado e o corpo em forma. É por isso que muitos cientistas hoje estão mudando para o vegetarianismo.

Nem estamos cientes da imensa variedade de alimentos que há na Índia. De Tripura a Kerala e de Kashmir a Kanyakumari, seja qual for o prato que as pessoas comem, ele está presente aqui hoje.

 

Nós oramos antes de comer. O alimento que comemos absorve as vibrações. Respeitar a comida significa respeitar os agricultores, devemos sempre ter em mente que aquele que produz o alimento tem de estar sempre feliz, porque essa é a origem do ciclo de pensamento. Esta é a nossa linda tradição, que conta com uma ciência tão marcante por trás. O alimento nos faz experimentar o chaytanya (a consciência), por isso é chamado de Brahman.

 

A Índia é famosa por sua contribuição em sete esferas. A primeira é a sua variedade em roupas. Depois vem a sua incrível variedade de alimentos. Depois temos Nritya e o Sangeet (Dança e Música), a Índia também está sendo reconhecida neste campos. Daí temos o turismo…  o Pravaas Udhyog, e a indústria de TI. E é claro que Índia também tem sua fama no campo da espiritualidade, tudo faz parte da indústria do Conhecimento. Assim, a Índia tem feito incríveis avanços nestas sete esferas. Temos que popularizá-los. É muito importante hoje em dia. Tudo isto deve ser reconhecido como patrimônio da humanidade.

 

Pérolas de Conhecimento de Deli:

 

Deli, India, 31 de outubro:

Na vida, se você quer satisfação, então deve ter uma fábrica de gelo na cabeça, uma fábrica de doce na boca e uma fábrica de compaixão no coração.

 

Seja qual for sua exigência, entregue-a ao Divino. Pois dukh (tristeza) significa tyag ka bal (força para entregar-se) e sukh (felicidade) significa seva ka bal (força para servir).

 

P: Qualquer que seja a positividade que eu coloco em minha vida, uma pequena falha de deixa chateado.

Sri Sri: Como se sente agora? As falhas acontecem na vida. Você pratica sadhana todos os dias? Cante Om Namah Shivaya por dez minutos todos os dias. A energia que você obtém das canções é impressionante.

 

Na China, havia uma pessoa famosa que tinha sete doenças. Ele começou a cantar Om todos os dias por duas horas e as doenças foram curadas. Sage Pantajali disse isso há muitos anos: se cantarmos Om todos os dias, isso reduz a energia negativa em nossas casas.

 

Existem muitos problemas de saúde por causa da química usada nos alimentos, no sabonete e também no que vem de radiações. Devemos manter nossa comida sadia, entoar cânticos e fazer o pranayama.

A incidência de câncer está aumentando atualmente porque não damos a devida importância à comida.

 

P: Como fazemos o samarpan (desprendimento) na bhakti (devoção)?

Sri Sri: Do mesmo modo que temos o doce do açúcar.

 

P: Você sempre disse que devemos ser como as crianças. Eu não tinha nem cuidados nem medo igual a elas. Agora, depois de adulto, um novo medo apareceu.

 

Sri Sri: Apenas relaxe e continue praticando o sadhana. Não se preocupe.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s