“Trechos da entrevista do Sri Sri na revista KPMG”

P. Qual é o grande valor da diversidade?

Sri Sri: Nós não vivemos mais isolados no mundo. Nosso conhecimento e comunicação estão se expandindo, enquanto nosso mundo está encolhendo. A partir daí, para sobreviver, as empresas não podem ser territoriais. Não temos outra escolha a não ser prestigiar a diversidade. É agora uma necessidade, não uma opção.

É da nossa natureza, e é um sinal de inteligência e evolução, quando nós sentimos que todas as culturas, todas as civilizações, todas as escolas de filosofia diferentes, todas nos pertencem. Infelizmente, o preconceito baseado na ignorância é o maior impedimento para se apoiar a diversidade. Por exemplo, há 25 anos, quando falávamos sobre ioga, respiração e meditação na Europa, era visto como uma excentricidade. Havia tantos preconceitos em relação às influências orientais. Mas agora, as pessoas percebem ioga como benéfico para a saúde e eles a aceitam. Semelhantemente hoje, há preconceito em alguns países islâmicos em relação à ioga e meditação. Todo estes preconceitos tem que ser erradicados.

P. A diversidade nas empresas não devia abranger mais do que apenas se discutir o percentual de mulheres no topo?

Sri Sri: Em vários lugares, a primeira discrepância e discriminação que se vê é de gênero. Gênero é o mais visível, o mais óbvio hoje. Então, gênero e religião, seguido por diferenças de nacionalidade e culturais, todos devem ser deixados de lado.

Todavia eu não estou dizendo que você deve se forçar a achar uma pessoa de uma determinada categoria quando ela não for talentosa. Isto também é errado. O talento deve vir em primeiro lugar e a diversidade em segundo. Em nome da diversidade, nós podemos pegar pessoas que não são capazes ou qualificadas para o trabalho. E a empresa sofrerá como resultado. Então,  a diversidade não deve ser uma regra imposta a alguém, mas  deve vir de dentro. Deve vir da transformação da nossa perspectiva ao invés da imposição de uma regra ou regulamentação do governo.

P. Qual é o ponto inicial para os líderes?

Sri Sri: Eu acredito que o ponto inicial para os líderes é a sala de reunião, o escritório. Para criar uma atmosfera de celebração, você precisa do comportamento correto e você deve ter este comportamento. Isto pode requerer algum trabalho em equipe, outros precisam incuti-lo. Uma atmosfera de celebração, de confiança, de cooperação, de senso de pertencimento, tudo tem que vir. Eu não tenho dúvida que há vontade nas pessoas de melhorarem, eles só precisam que lhes seja mostrado de um jeito efetivo, viável. Elas precisam que lhes dêem a oportunidade.

Uma empresa não vai durar se focar apenas em produtividade e resultado. A empresa, em última instância, sofrerá com o declínio da criatividade, da força e do senso de pertencimento. Da mesma forma, o sistema militar de “comando e controle” não mais funciona. Apenas inspiração e motivação são armas eficientes. Para isto, precisa-se usar o princípio antigo de diferentes partes do mundo no ambiente profissional, para fazer com que o trabalho seja mais agradável.

P. O ambiente empresarial se organizará de forma diferente daqui a 20 ou 30 anos?

Sri Sri: Nós já o dissemos. No passado o mundo empresarial funcionava com a pressão econômica, porque as pessoas não tinham outros meios. Mas hoje, o mercado global é muito aberto e há muitas e variadas escolhas. As pessoas são mais conscientes que há alguns anos, então agora elas se movimentam. Se não for aqui, eles acharão avanço no trabalho. Isto mudou completamente a visão empresarial. Antes era regional porque tinha-se que trabalhar e a disponibilidade era limitada.

P. Como o ambiente de trabalho pode melhorar?

Sri Sri: Um dos componentes do nosso programa se chama: ‘Saia da pressão e junte-se ao time’ – este é nosso lema. Em outras palavras,  saia da mesa de chefia e sente-se com os outros na sua empresa. Converse com eles, compartilhe seu ponto de vista. Este tipo de interação é educacional. Conscientiza as pessoas e facilita a cooperação. Nós combinamos isto com técnicas de respiração e exercícios, onde os participantes eliminam sentimentos de estresse e têm uma nova visão das situações.

Para qualquer empresa, você precisa de intuição e o sucesso empresarial é diretamente proporcional à intuição do chefe. Quanto mais intuição, maior o sucesso empresarial. Mas sse sua intuição for errada, você não poderá ser bem sucedido. Nosso programa é direcionado a diminuir o estresse e aumentar a intuição – isto também aumenta a criatividade e o entusiasmo no ambiente de trabalho.

No mundo agitado de hoje, as pessoas estão frequentemente exaustas e há tantas doenças. A má saúde mental custa à União Européia entre 3 a 4 % do PIB, e este custo gira em torno de centenas de bilhões de euros.  De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a má saúde mental é responsável por 20% dos problemas de saúde na Europa e os problemas de saúde mental, incluindo depressão, afeta uma em cada quatro pessoas em algum momento de suas vidas. As técnicas ensinadas no curso, de mudança de estilo de vida, pode ajudar enormemente a superar suas doenças.

P. É possível para pessoas do mundo empresarial integrar ética com o trabalho diário?

Sri Sri: A razão porque coisas antiéticas acontecem nas empresas é devido ao medo dentro das pessoas  e este medo precisa ser cuidado através das práticas espirituais. Então, quando você temer menos; quando você quiser ser digno de confiança; quando você quiser ser comprometido e aderir os valores, você nunca se comprometeria com coisas erradas que potencialmente afetassem a vida de milhares e milhões de pessoas. É por isto que as empresas precisam aderir à responsabilidade social corporativa (RSC). Não é apenas uma coisa intelectual, é algo que tem que vir do coração de todo ser humano.

Um programa como o nosso é desenhado para facilitar este processo. Nós organizamos conferências sobre ‘negócios e ética’ com empresários bem sucedidos que participaram do programa empresarial. Eles compartilham suas experiências em como ser bem sucedido e ético. Isto inspira outros empresários a seguir seus passos. Ainda assim, frequentemente as pessoas pensam que se você deseja ser bem sucedido, você não pode ser honesto, mas não é assim. Isto é uma bolha de ilusão.

Todavia, o equilíbrio é necessário; você não pode aderir ao RSC e permitir que sua empresa afunde. Igualmente, você não pode ganhar às custas dos seus empregados, que sofrem e eventualmente deixam a empresa. Ambas as estratégias afundam o barco. Você deve atingir um equilíbrio perfeito. Você deve olhar seus ganhos e quanto você se preocupa com as pessoas da empresa, tanto quanto você se dedicar ao RSC.

P. Sua organização atingiu mais de 30 milhões de pessoas em 25 anos, com tremendo crescimento. Como você conseguiu organizar isto?

Sri Sri: Eu nunca organizei nada; eu apenas deixei que crescesse organicamente. Eu não era uma pedra no caminho. A organização é administrada por voluntários e nós temos líderes. Eu empresto meu nome aos projetos e todo mundo faz o trabalho!

Falando sério, o produto que oferecemos é muito útil às pessoas e nós organizamos uma grande variedade de atividades. Nossa instituição trabalha e qualquer projeto que assumimos é um sucesso. Nós agora estamos em 151 países com 41 centros principais e muitos centros locais. Nós temos 100 escolas pagas e 108 escolas grátis para as pessoas mais pobres.

O pré-requisito para tal crescimento orgânico é a paciência, a perseverança e a intenção clara. Isto inclui clareza de objetivo, flexibilidade para acomodar erros e uma visão de longo prazo com boas intenções. Para qualquer empresa crescer organicamente, os líderes devem também conter a excitação e não entrar em jogos de culpa. Isto significa que eles precisam aprender! Aprender com o passado, ter uma visão para o futuro e manter o entusiasmo. Eles devem também ter um sentido de respeito por todos, tenham bom desempenho ou não.

P. Para que as pessoas se sintam melhor, é apenas uma questão de respirar, meditar e seguir a intuição?

Sri Sri: Correto! Nós não somos ensinados na escola ou em casa a como administrar emoções negativas como se sentir infeliz, triste, invejoso ou com raiva. Este conhecimento não nos é dado. Mas se você aprende a cuidar de sua raiva e das suas emoções usando sua própria respiração, então você se sente muito melhor. Adquirir este conhecimento é possível com ajuda da respiração e meditação. Por séculos, têm estado nas tradições budistas e hindus, na China, Japão e Índia, através da respiração e meditação. Mas a diferença entre as nossas técnicas  e estas técnicas antigas é que a nossa se adapta melhor à vida moderna, quando as pessoas têm menos tempo. Está técnica é muito acessível, útil e conveniente para a sociedade moderna de hoje.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s