“Certas respostas deveriam ser ditas na forma de caminhos”

Grupo de Negócios Europeu (EBG)

Local: Hotel Imperial, Nova Deli

Data: 10 de agosto de 2010.

Sri Sri Ravi Shankar: Deixem eu mesmo me apresentar. Posso? Eu sou uma criança que se recusa a crescer. (Risadas) Esta é a minha apresentação em uma frase. E eu pude ver que todos nós, todo ser humano, tem esse lado criança dentro de si mesmo, mas está enterrado sob os escombros do passado ou sob as preocupações do futuro. Nosso trabalho, ou o trabalho de todo aquele que deseja o bem da sociedade, é remover estes escombros e permitir que floresça este lindo presente que a natureza nos deu, a simplicidade, a naturalidade, os valores humanos da compaixão e da amizade. Isto não precisa ser cultivado. Está em nós. E só precisa ser praticado e trazido à tona novamente. E eu chamaria isto de espiritualidade. Vejam, todos somos feitos tanto de matéria quanto de espírito. De matéria que são aminoácidos, carboidratos, proteínas, etc… e de Espírito que é o amor, a compaixão, o senso de pertencimento, que engloba todos os sentimentos, uma visão de conjunto sobre o ser, a vida e o mundo. O que compreende o espírito e tudo o que ergue esse espírito e seus valores espirituais eu chamaria de espiritualidade. O que você diria? Sim. Não se trata de ritual ou de algum sistema de crença. Está muito além disso. É a essência do bom ser humano. De fato, não existe um só ser humano que não queira felicidade, amor ou compaixão em sua vida. Neste sentido todos são espiritualizados, reconheçam eles ou não. Então, nesta noite aqui comigo, eu gostaria de lhes perguntar algo. Sabem, há um ditado antigo na Índia que diz que “o primeiro sinal de inteligência é não falar nada” (risadas). E suponhamos que você tenha perdido o primeiro sinal, então o segundo sinal de inteligência é não falar quando algo não for perguntado (risadas). Então, todas as nossas escrituras aqui nesta terra começam com uma pergunta. Não importa se você pega o Bhagwad Geeta, ou o Purana ou o Ramayana. Em qualquer texto que você vir, em qualquer texto antigo, alguém propõe uma pergunta e então alguém a responde. Pode ser um diálogo entre um mestre e seu aluno, entre um marido e sua esposa, entre um grupo de seguidores e um sábio. Sempre começam na forma de pergunta e resposta. Como preferem?

P: Como você faria para deixar as lideranças políticas indianas honestas?

Sri Sri Ravi Shankar: Uma pergunta tem que ter uma resposta. Mas certas respostas não devem ser ditas. Devem vir na forma de caminhos. Uma estrada pode ser trilhada muitas vezes. Igual a esta pergunta, teremos que perguntar inúmeras vezes, em várias circunstâncias. Por que alguém não é honesto? Basicamente, há uma falta do senso de pertencimento. Entende? A corrupção começa fora do alcance do senso de pertencimento. Ninguém é corrupto com sua própria família, e se extendermos um pouco mais, com seus amigos íntimos. Eles não são corruptos em seu círculo de amizade, mas quando colocamos um limite nesse círculo de amizade, quando se pensa que somente estas pessoas pertencem a mim, então elas não serão mais minhas. Daí a corrupção tem início. Temos que educar as pessoas para expandirmos o senso de pertencimento.

O segundo aspecto da corrupção é a insegurança. Pessoas que não têm amigos tentam achar sua segurança no dinheiro. Deus, eles não sabem que dinheiro não vai lhes trazer segurança. Vai ser a companhia das pessoas certas que vai lhes trazer mais segurança na vida. Sabe, se você perguntar a um menino ou menina na escola quantos colegas ele ou ela possui, eles vão contar nos dedos 2, 3, 4, 5. Daí eu pergunto, “escute, você está gastando de 5 a 8 horas por dia em uma sala com 50 a 100 crianças, e não pode ser amigo de todos? E como você vai viver sua vida depois que sair da escola e enfrentar os bilhões de pessoas, os 6 bilhões de pessoas do mundo? Então, a qualidade básica de ser amigo é meio que desconhecida, alheia às nossas crianças. Então o que ocorre? A insegurança aparece. E para lidar com esta insegurança, a única ideia que se tem é “certo, tenho que ter mais dinheiro”. Daí, de algum modo você junta dinheiro ou fica corrupto. Então, primeiramente, temos que espiritualizar a política, socializar as empresas e secularizar as religiões. Se pudermos fazer estas três coisas, a sociedade será um lugar melhor para se viver.

Todo líder deveria enxergar além de sua comunidade e de seu povo. Eles devem ter uma visão para toda a raça humana. Entendem? Um religioso hindu não deve apenas rezar pelos hindus. Ele tem de rezar por cada ser humano. O mesmo vale para as autoridades muçulmanas ou cristãs; eles devem orar por toda a humanidade! Daí nós teremos conquistado o propósito da religião.

Assim, eu digo então para secularizarmos a religião e socializarmos as empresas. Se toda empresa mantivesse a responsabilidade social de investir 1, 2, 3, 10 ou sei lá, 10 por cento de seu lucro no desenvolvimento de áreas rurais, eu lhes digo que neste planeta não haveria mais fome, não haveria mais doença, não haveria mais analfabetismo.  Porque sozinho o governo não pode fazer isto. É uma parceria social entre as ONG’s e as empresas corporativas. Eles podem fazer muito mais. Então, socializem as empresas, vamos trazer mais responsabilidade social a elas e espiritualizem a política. Quanto aos políticos, eles tinham tanta integridade nos tempos de Mahatma Gandhi, eram muito respeitados. Hoje a situação está totalmente oposta.

Entendem? Precisamos espiritualizar a política. Os políticos deviam cuidar das pessoas. Eu gostaria apenas de dividir com vocês uma história de meu avô. Quando meu avô conheceu Mahatma Gandhi, ele saiu de casa e ficou com ele em Sevagram por 20 anos. Minha avó deu à ele 10 quilos e meio de ouro. Minha avó era uma mulher linda. Naqueles dias as mulheres costumavam vestir-se de muito ouro, dos pés à cabeça era só ouro. Com exceção de um mangalsutra e um conjunto de braceletes, ela doou de bom grado todo o seu ouro e disse, “cuidarei das crianças, você vai e sirva teu país”. Assim ele seguiu e ficou no ashram de Mahatma Gandhi.

Entendem? Esse senso de contribuir e dar, de termos orgulho em dar, está faltando hoje em dia. Se isso voltar, vai haver uma grande diferença. O orgulho em dar e o orgulho na não-violência são duas coisas que faltam na educação de hoje. Se você assistir aos filmes, aquele que é agressivo e perde o temperamento é considerado  o heroi. Quem é calmo, aceita tudo e oferece a outra face ao tapa, não é considerado heroi. Esta mudança de valores tem que acontecer. Acabei de voltar dos EUA, em Chicago, onde tínhamos um programa para crianças de escolas públicas.

Era uma escola de má fama, 268 crimes aconteceram no ano anterior. E quando nós apresentamos a meditação, pranayamas e valores simples como por exemplo “fazer um amigo todo dia, levantar-se e ter compaixão, o nível de criminalidade este ano baixou para 60 casos. Eles ficaram maravilhados e os vereadores daquele distrito vieram me agradecer. 50 altos oficiais da educação disseram que as técnicas que nós apresentamos trouxeram uma real transformação. Por outro lado, as pessoas lá não se sentem seguras, não se sabe o que acontecerá no dia seguinte, se a criança voltará com seus membros inteiros. Temos que trazer isto de volta. Senso de pertencimento, senso de carinho e compartilhamento, e de orgulho em dar.

P: Da Arte de Viver para a Arte de Viver, nós ouvimos que em sociedades indiscutivelmente menos espiritualizadas, as pessoas estão dando cada vez mais. Acabamos de saber que nos EUA muitos bilionários, não sei precisar o número, estão doando pelo menos 50% de sua fortuna para a melhoria da sociedade. Então esse conceito, essa natureza de doação, de uma “sociedade mais espiritualizada” ainda não esvaneceu. Como você concilia isso?

Sri Sri Ravi Shankar: Eu diria que a America é muito espiritual. Há um aumento de 500% de interesse na espiritualidade nos últimos 10 anos. Se você for para a California, há muita consciência na espiritualidade, especialmente na espiritualidade oriental. Na India, sempre existiu esta tradição de dar. Todos os hospitais são construídos por empresas familiares. Cada dharamshala, era chamado de dharamshala, cada talab ou poço são conduzidos por empresas familiares. Templos são construídos por empresas familiares. Não são do governo, mas de empresas familiares. Se a espiritualidade na India viesse a ser sustentada por alguém, esse alguém seria as empresas, ao invés do estado. Sim, houve um declínio em doação durante os últimos anos. É uma falta de espiritualidade. Talvez eles estejam diminuindo seus valores espirituais.

Talvez em alguns lugares, eles estejam se tornando mais religiosos que espiritualizados. Essa pode ser uma razão também. Mas ainda hoje, se você vai às vilas, a quantidade de carinho e compartilhamento que as pessoas têm é incrível. Você pode ir a qualquer vila, eles podem ter apenas 1 copo de iogurte, e ainda vão dividir a metade com você. Eles valorizam estes atos de compartilhar. Estão nas vilas, mas desaparecem das áreas urbanas, conforme você diz. E tem de ser trazido de volta.

P: Eu tenho uma pergunta clássica. Quando colocamos muita paixão em nosso trabalho, nós desenvolvemos um apego com o resultado. Mas este mesmo apego e avidez de resultados nos causa estresse quando não o alcançamos, e felicidade quando o alcançamos. Baseando-me em meu conhecimento limitado do Bhagwad Geeta, eles dizem para fazer o seu trabalho com desapego. Mas se fizermos isso, veremos que os resultados serão uma bagunça. Como resolvemos isto?

Sri Sri Ravi Shankar: Sim, eu acho que a leitura do Geeta é um pouco diferente.  Na verdade, a leitura dele deveria ser “trabalhe duro, coloque 100% de você, procure resultados, procure alcançar os resultados. Mas ao mesmo tempo você deve ter essa fé, essa confiança e relaxar”.

Você sabe que para atingir qualquer objetivo você precisa de 3 tipos de confiança. O primeiro é a confiança em você mesmo, daí você não terá ansiedade. É muito fácil para mim lidar com esta questão. Posso fazer isto. O segundo é a confiança na sociedade ao seu redor, nas pessoas à sua volta. Se você sabe que sua equipe é boa e se eles vão conseguir. Ou se você tem fé no sistema ou no fato de o sistema ser contínuo e de que a justiça será feita a você. Entende? Se você fez bem, certamente você se dará bem.

Mas se você não acredita ou tem fé no sistema, se estiver muito corrupto então você não passará nele. Então temos que ter fé e acreditar no sistema. O terceiro é acreditar em um poder que é compaixão, que é grande e que sempre fará o bem às pessoas. Estes 3 tipos de confiança podem nos livrar da ansiedade. Para isto, eu diria apenas “tire alguns minutos para você mesmo. Relaxe e olhe para trás. Quantas vezes no passado você ficou estressado? Teve falhas? Você passou por algumas falhas e aprendeu algo”.

Então, do mesmo modo, agora você também aprenderá. Isso lhe dará a força que é tão necessária neste momento.

P: Como você espalha o fogo da espiritualidade e não se permite ser inundado pela monotonia diária? Você não quer abdicar suas responsabilidades? O que você sugere, quais passos simples você, como uma pessoa iluminada, sugere que tenhamos para manter a espiritualidade viva em nós? Pelo que entendi, o modo pelo qual você se expressou foi muito lindo: espalhar a felicidade, ser simples e ao mesmo tempo sempre doar.

Sri Sri Ravi Shankar: Eu lhe daria 3 sugestões: uma seria gastar de 10 a 15 minutos com você mesmo. O que é que você quer? Do que trata a vida? Onde eu estava há 50, 60 anos? E onde estarei daqui a 50 anos? Qual é a minha origem? O que me define? Não procure por uma resposta imediata. Até mesmo o ato de perguntar-se “o que é a vida?”, eleva o espírito. Isto é o que eu chamaria de “conhecimento”. Alimente-se às vezes de conhecimento, você pode ler livros como o Yoga Vashita, o Ashtavakra ou até mesmo o Geeta. Apenas algumas poucas linhas, ou qualquer outro livro de conhecimentos elevados. E daí, tenha de 10 a 15 minutos de meditação. Faremos uma rápida meditação agora. Dez a quinze minutos de meditação lhe dará tanta energia que irá revigorar seu cérebro, seu espírito e energizará o seu corpo. Fantástico! E a terceira coisa é praticar algum ato de bondade, não tem que estar na rotina. Passe um tempo fora. Faça algum ato esporádico de bondade. Gaste algum tempo com arte e música.  Estas 3 coisas podem trazer a você muitas realizações e mantê-lo longe do estresse.

Você deve ter visto no último mês, um mês atrás, sobre um programa que passou no Nesws 24 sobre uma vila Kahiawad em Maharashtra, perto de Nanded. Um de nossos professores foi para lá. Ele ficou nesta vila por 3 meses. Ele transformou a vila inteira. 700 famílias. Nesta vila, todos removeram os cadeados das portas.  E eles têm uma loja sem balconista. As pessoas entram e colocam o dinheiro em uma caixa e levam o que tiverem que levar. E a vila é tão autosuficiente. A vila inteira optou pelo orgânico. Todos os produtores optaram pelo orgânico. Todos os dias eles se juntam para cantar. Eles removeram todos os sinais de casta. Agora no país, eles estão pensando em reintroduzir o censo de castas. Nesta vila, a primeira coisa que fizeram foi remover todas as categorias de casta, Dalit, Kshatriya, Brahmin. Todas as categorias de casta se foram. O Governo da India também deu a eles um prêmio. É uma vila livre de crimes. Era antes uma vila de muita má fama e que continha muitos problemas. Hoje, três anos depois, esta vila tornou-se autosustentável. Todos têm água. Há estradas por lá. Todos em casa possuem seu banheiro. E eles possuem chullahs sem fumaça. É a mais honesta das vilas. Esta vila tornou-se um modelo para outras 118 vilas.

Nem uma única pessoa sequer fuma ou bebe nesta vila. Todos abandonaram o tabaco, o tambaku, o álcool e as drogas. Assim, isso deu uma nova energia e entusiasmo para todos os nossos professores e colaboradores. É possível acontecer o sonho de Mahatma Gandhi, o Ram rajya. No qual não existe violência, não existem crimes. Hoje é possível.

Você pode ver isso no Youtube. Eles fizeram um documentário lindo sobre isso. Meu desejo é que possamos fazer muitas vilas assim, com diversas empresas tomando conta de 10 vilas cada uma. Não custa muito. É apenas uma questão de educar as pessoas a sobre higiene, educá-las a manter suas casas limpas. Cada casa ali foi pintada de rosa.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s