“É bom estar no espaço do “eu não sei”, então você tem chance de saber”

Guruji falou estas belas palavras há apenas um dia antes do Guru Purnima nos EUA.

Sim, muitos perguntam: “Eu não tenho nenhuma pergunta, o que eu faço?” Bem, isso é bom!

Então, todos vocês querem cantar mais, não é? Quantos de vocês querem cantar mais? Querem ouvir uma história?

Lembro-me de uma história! Aconteceu há 5.000 anos atrás, quando o Senhor Krishna enviou Uddhava, que era seu assessor próximo, um homem muito sábio, conhecedor de muitas técnicas e de meditação, ao local onde Gopis e Gopas estavam cheios de devoção, sempre cantando e dançando. Ele foi falar sobre sabedoria, libertação, mas nenhum deles estava interessado em escutar nada disso. Todos eles disseram: “Não, conte-nos alguma história do Senhor Krishna, conte-nos o que está acontecendo em Dwarka, onde ele está. Não queremos ouvir toda esta sabedoria, etc, você pode guardar isso para si mesmo. Conte-nos: que notícias você tem do Senhor Krishna? Venha, vamos cantar e dançar.  Já ouvimos bastante sobre sabedoria, agora está na hora de comemoração. Temos desejos e amor, e nada mais. Não ligamos para sabedoria, estamos felizes com nossos desejos e felizes com o amor. Então, vamos cantar e dançar”.

Essa é a história – isso é tudo que eles quiseram fazer. Veja como o amor enlouquece! Mas é bom ser louco, ao menos de vez em quando na vida. Amar é quando todos os limites caem; você sente-se um com todos em sua volta e um com todo o universo – isso é chamado de ‘Guru tattva’.

Guru tattva é o principal, é sabedoria. Amanhã celebraremos Guru Purnima. Há milhares anos, este conhecimento e sabedoria foram passados por este mundo. Então, amanhã expressaremos nossa gratidão à tradição de todos os Mestres do passado. Do mesmo modo que existe paternidade, maternidade, existe também Guru-dade! Guru-dade significa ‘eu quero o melhor para você,  eu não quero nada para mim’. Todas pessoas têm um pouquinho de Guru-dade em si. Seja guru ao menos para alguém. Naturalmente, os professores da ‘Arte de Viver’ exercem esse papel. Quando eles vêm e sentam-se nessa cadeira de professor, a consciência inteira muda, eles ficam diferentes, não é? Todos vocês estão ocos, vazios e conversando com os outros sobre suas  necessidades. Então, você se torna um espelho no mundo – isso é Guru Tattva, sem inibição nem impressão, apenas a reflexão pura do ser. Assim  celebraremos amanhã. Muitas pessoas chegarão amanhã; hoje nós cantaremos algumas canções.

Guru Tattva é o principal. Agora, alguma pergunta?

P: O que você diz sobre dúvidas? Não devemos ter nenhuma dúvida?

Sri Sri Ravi Shankar: Não, eu nunca disse que você não deve ter dúvidas, você deve ter dúvidas, tenha tantas dúvidas quanto puder, pois a verdade não  pode ser ocultada por dúvidas. Sim, a dúvida não pode derrotar a verdade, então duvide tanto quanto quiser, mas acabe com isto rapidamente, caso  contrário você desperdiçará muito tempo. Tenha quantas dúvida quiser e então supere esta fase.

Lembro-me de um incidente que aconteceu na Suécia. Havia uma reunião, um encontro público e um jornalista sentava-se bem atrás de mim. Ele veio a mim e disse: “Eu quero fazer uma pergunta”.

Eu disse: “Sim, pode falar”.

Ele perguntou: “Você é iluminado”?

Eu disse: “Não”

Mas ele insistiu: “Não, por favor diga a verdade. Eu sei, você sempre faz brincadeira, é sempre engraçado, por favor diga-me a verdade”.

Eu disse outra vez: “Não”

Veja, minha resposta NÃO devia ter terminado com a conversa, mas ele não escutava e continuou a insistir: “Não, não, você não está dizendo a verdade, diga-me a verdade, você é iluminado? Eu quero saber a resposta imediatamente”.

Veja, quando você diz “não” – acabou, não precisa de futuras provas nem explicações, capítulo encerrado, mas esta pessoa não aceitava “não” como resposta. Eu disse: “Então por que você não aceita levar um “não” como resposta? Você deveria estar feliz com a resposta agora”.

Mas ele disse: “Não, eu não acredito em você!”

Eu disse: “Veja, há algo dentro de você que diz alguma coisa, algum sentimento interno bem profundo diz: isto não é correto, certo? Então você já tem a resposta!”

Freqüentemente, você escuta sua própria voz interior mas duvida dela na mente superficial, mas profundamente dentro do seu coração e da sua mente, você sente algo diferente – um sentimento instintivo e é com isso que você sempre conta e não com que outra pessoa diz, certo? Se alguém diz: “eu te amo”, você acredita? Não, você olha seu rosto, você olha para ele e mesmo sem olhá-lo, você sente algo profundo por dentro. Então, o que eu digo é geralmente verdadeiro. Todos nós temos este poder de intuição e o que pode ocultar este poder é sua ganância.

A ganância pode ocultar seu poder de intuição; ser muito ambicioso pode ocultar sua intuição. Você entende o que eu digo? A sabedoria fica encoberta pela ganância, febre ou ambição. Então, duvide o quanto puder!

P: Querido Guruji, nunca fui uma pessoa verdadeiramente espiritual ou religiosa. Como posso aprender a desapegar e a acreditar?

Sri Sri Ravi Shankar: Você não tem que rotular-se: eu sou uma pessoa espiritual, religiosa, etc. Não precisa disso.

Somente seja natural, bonito, bom ser humano. Isso é tudo!

Se alguém não é um ser humano bonito e diz: ‘eu sou uma pessoa espiritual ou uma pessoa religiosa’, para que serve isso? Do que adianta, não é? O propósito da espiritualidade é fazer de você um ser humano  bonito, o propósito da religião é fazer de você uma pessoa justa, ligada ao universo, ao espírito universal. Isso é espiritualidade e isso é um ser humano simples e natural, entendeu? Então é melhor não usar rótulos.

Se você acredita que é crente ou não, então mesmo uma etiqueta de não crente está errada. Se alguém diz: ‘eu não sou crente’, posso lhe dizer que isto não é verdadeiro. Você simplesmente não pode ser um não crente honestamente; isto não é honesto. Em algum lugar, em algum canto de sua consciência, você acredita em alguma coisa, você conhece alguma coisa porque  sua consciência é muito antiga. Você não conhece sua consciência, ela é muito velha, muito antiga, há muitas camadas, muitas impressões em nossa mente, em nossa consciência – trata-se de um fenômeno surpreendente!

P: Querido Guruji, eu ouvi e entendi a verdade, mas ela não faz parte da minha experiência. Por favor ajude-me a compreender a verdade.

Sri Sri Ravi Shankar: Bom! É bom estar no espaço do “eu não sei”, então você tem chance de saber. Se você pensa que sabe, então você fica preso ao conceito. Isto é lindamente dito em Upanishad: “aquele que diz: ‘eu não sei’, sabe, e aquele que diz que sabe, não sabe!”

P: Querido Guruji, recentemente cientistas disseram que podem criar vida num laboratório manipulando os genes. Não é contraditório à espiritualidade e à religião – homem criando vida e dando consciência a objetos inatos?

Sri Sri Ravi Shankar: De jeito nenhum. Você já ouviu o ditado ‘Deus fez o homem à Sua própria imagem’, certo? Então, o que Deus pode fazer, o homem também pode. Deus fez o homem, criou-o como Sua própria imagem. Está escrito na Bíblia, certo? Há uma história sobre isto no épico de Mahabharata também, escrito aproximadamente há 5.000 anos. Bebês de proveta não são novos fenômenos. A rainha Gandhari pegou um embrião e colocou seus pedaços em cem potes e criou cem tipos de crianças. Mas vocês devem saber da qualidade das crianças!? Então, há um grande questionamento sobre o risco, mas que Gandhari criou cem crianças em cem potes é fato. Assim, bebês de proveta ou vida criada em laboratório não são novos fenômenos. Aconteceu há aproximadamente 5.000 anos também!

P: Guruji, somos influenciados por erros de vidas passadas? Se for assim, como fazer para prevenir esta influência ou achar uma maneira de retirar esta influência?

Sri Sri Ravi Shankar: Você não precisa fazer muito esforço. Somente faça suas práticas, seu Sudarshan kryia, cante, medite – isto afastará todos os maus carmas e impressões. Com alguns cursos avançados, algumas meditações ocas e vazias, todas as impressões são liberadas.

P: Querido Guruji, é verdade que não é o devoto que escolheu o Guru mas o Guru que escolhe o devoto? Se for assim, por que você demorou tanto tempo para me escolher?

Sri Sri Ravi Shankar: Ha, Ha, Ha! Não vamos voltar ao passado! Vamos olhar à frente, nos divertindo. Ótimos dias, sim?

P: Guruji, quando você encontra terroristas e naxalites, você não fica frustrado com sua atitude e falta de conhecimento?

Sri Sri Ravi Shankar: Isto é como perguntar ao médico: Você não fica doente ao ver os pacientes doentes!?

P: Você pode me dar uma sugestão? Como ficar tranqüilo quando sua esposa está sempre zangada com você?

Sri Sri Ravi Shankar: Bem, uma resposta vinda de mim não será autêntica! Há muitos maridos experientes aqui, você pode trocar opinião com eles! Se alguém fica zangado freqüentemente, então você se acostuma a isto e isto não o incomoda tanto mais, não é? Mas se eles são doces e então ficam zangados com você, então você se preocupa mais com isto, correto?

Há uma história muito popular na Índia. Um homem gentil casou-se com uma mulher que era muito astuta. Ela fazia tudo contra a vontade do marido. Ela fazia somente o contrário de tudo que ele dizia. Ele ficava muito incomodado e triste com isto. Os divórcios não eram tão comuns naquele tempo na Índia, então ele ficou preso nesta situação. Quando  você fica preso numa situação, você recorre a um homem sábio. Então ele foi encontrar um yogi.

O yogi cochichou alguma coisa em seu ouvido. Três meses depois, quando o yogi encontrou este homem gentil outra vez, ele irradiava felicidade. Ele veio e contou ao yogi: “Sua fórmula funcionou, agora temos paz em casa!” A fórmula era para dizer a sua esposa somente o contrário do que ele quisesse!  Se ele não quisesse usar uma camisa verde certo dia, ele diria: “eu quero usar uma camisa verde”, e ela não dava a camisa verde ao marido de jeito nenhum! Então, você só precisa conhecer o pulso e agir de acordo com ele.

Se sua esposa fica zangada o tempo todo, sei que você talvez já tenha feito experiências para descobrir como lidar com a situação, como aumentar ou reduzir o volume, certo? Interessante! Talvez (com tais pessoas), você deva tentar este método por um mês ou dois meses, e pegá-los de surpresa. Se eles estiverem zangados, elogie-os, ame-os muito. Não seja muito previsível com a raiva.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s