Nossa conexão com a natureza

12 de julho de 2010

As realidades exploradas na ciência e na espiritualidade são frequentemente tidas como independentes umas das outras.  Ambas encontram sua base no espírito da investigação.  A ciência moderna tem uma análise objetiva, enquanto a espiritualidade tem uma compreensão subjetiva.  A ciência explora o mundo exterior com uma série de questionamentos que começam com a pergunta básica: “O que é isso?  Este mundo é sobre o quê”, enquanto a espiritualidade começa com a pergunta: “Quem sou eu?” No mundo antigo, essas duas formas de conhecimento não estavam em conflito, mas eram compreendidas para alcançar uma conexão profunda e sutil.  O conhecimento do homem de si mesmo complementou sua compreensão do universo e formou a base para um relacionamento forte e saudável para a criação em que ele viveu.  É o descompasso entre esses dois tipos de conhecimento que causa muitos dos desafios que enfrentamos como comunidade global de hoje.

A antiga sabedoria diz que os seres humanos têm cinco camadas de experiência: o meio ambiente, o corpo físico, a mente, a intuição e o nosso Ser ou espírito.

Nossa ligação com o meio ambiente é nosso primeiro nível de experiência e um dos mais importantes.  Se nosso ambiente está limpo e positivo, causa um impacto positivo sobre todas as outras camadas da nossa existência.  Como resultado, eles entram em equilíbrio e podemos experimentar uma sensação maior de paz e de respeito dentro de nós mesmos e com os outros ao nosso redor. Um relacionamento íntimo com o meio ambiente é construído na psique humana.  Historicamente, as culturas antigas sempre honraram a natureza, as montanhas, os rios, as árvores, o sol e a lua.  É somente quando começamos a nos afastar da nossa ligação com a natureza e com nós mesmos que começamos a poluir e destruir o meio ambiente.  Precisamos reviver essas atitudes que promovem nossa ligação com a natureza.

Hoje vivemos num mundo onde muitos são gananciosos e querem lucrar rápido e alcançar resultados rápidos.  Suas ações perturbam o equilíbrio ecológico e não só poluem o meio ambiente físico, mas também estimulam as emoções negativas num nível sutil, dentro de si mesmos e também dentro daqueles ao seu redor.  Estas energias negativas ampliadas e agravadas repetidas vezes são a raiz dos problemas de violência e miséria neste mundo.

A maioria das guerras e conflitos são desencadeados por esses sentimentos, que resultam em danos ao meio ambiente, que então leva um longo tempo para se recuperar e reparar.  Precisamos atentar para psique humana, que é a causa da poluição tanto física como emocional.  Se temos compaixão e cuidado dentro de nós mesmos, eles vão formar a base para uma profunda conexão e cuidado tanto com os outros quanto com o ambiente.

Nos tempos antigos, se uma pessoa cortasse uma árvore, ela plantava cinco de volta.  Os povos antigos não lavavam roupas nos rios sagrados; apenas cinzas de cremação eram submersas no rio para que tudo se dissolvesse de volta na natureza.  Precisamos revitalizar as práticas tradicionais de honrar e preservar a natureza.

A natureza tem seus próprios meios de equilíbrio.  Se você observar a natureza, verá que os cinco elementos que constituem a sua base se opõem uns aos outros.  A água destrói o fogo, o fogo destrói o ar.  Depois, há tantas espécies na natureza – as aves, os répteis, os mamíferos, todas estas espécies são hostis umas às outras, e ainda assim a natureza os equilibra.  Precisamos aprender com a natureza como equilibrar as forças opostas, dentro de nós mesmos e no mundo que nos rodeia.

Acima de tudo, precisamos ser capazes de experimentar o nosso mundo com uma mente aberta, livre de estresse, e a partir daí precisamos criar meios de proteger nosso belo planeta Terra.  Para que isso aconteça, a consciência humana tem que superar a ganância e a exploração.  Espiritualidade, a experiência de nossa própria natureza, profundamente, fornece a chave para esta relação vital conosco mesmos, com os outros e com o nosso ambiente.  Essa conexão com nossa própria natureza essencial elimina as emoções negativas, eleva nossa consciência e cria um espírito de cuidado e compromisso com todo o planeta.

O que ajudaria a elevar nossa consciência e aprofundar nossa conexão?  Aqui estão algumas dicas básicas e eficazes:

1.  Uma dieta apropriada.  Nossa comida influencia nossa mente.  A tradição Jain fez muitas pesquisas sobre o efeito dos alimentos na mente.  Ayurveda, os sistemas chineses e muitos outros sistemas indígenas do mundo todo reconhecem o efeito dos alimentos sobre a psique.  A ciência moderna confirma que o alimento pode ter uma influência direta sobre as nossas emoções.  Crianças emocionalmente perturbadas tendem a comer mais e sofrem de obesidade.  Uma dieta equilibrada corretamente tem um impacto positivo em nossas emoções e, assim, em nossa consciência.

2.  Exercícios leves a moderados.

3.  Panchakarma.  No antigo sistema de medicina Ayurveda, há um processo de limpeza interna chamado Panchakarma que envolve massagens, dieta prescrita e limpeza.  Isso ajuda milhares de pessoas a sair do estresse, de distúrbios comportamentais e é também um curativo para muitas doenças.

4.  Ioga, Pranayama e meditação.  Estes são extremamente vitais para induzir um senso de respeito pelo próprio corpo e pelo ambiente.  Eles ajudam a manter um sistema livre de toxinas e, assim, reduzir a ocorrência de distúrbios emocionais.

5.  Música e dança.  Estes podem trazer ritmo e harmonia para o complexo mente-corpo, especialmente se a música não é muito alta e violenta.  Música calma, que cria balanço e ritmo suave em nosso sistema, como a música folk e a clássica.

6.  Natureza.  Passar algum tempo na natureza, observando o silêncio e nos engajando em oração, é muito agradável para nos ajudar a refletir sobre nossa própria mente.

7.  Por último: serviço para os menos afortunados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s