Todo conhecimento é prático, mas etéreo e com abordagem espiritual

Ashram canadense

2 de maio de 2010

P. Querido Guruji, esta pergunta pode parecer boba, mas eu não entendo o dinheiro. Você pode me explicar? Quão importante ele é? Obrigada por me ter aqui.

Sri Sri: Na literatura védica, diz-se que Dharma é integridade. Então vem artha, que significa os meios, dinheiro. E então kama, desejo. E depois liberação, moksha. Então Dharmasya moolam artha. Isto é, a integridade é baseada na prosperidade. Se todos foram prósperos, ninguém roubará nada. O raiz de dharma ou integridade é prosperidade, é dinheiro. Então, tudo é ligado. Dinheiro é importante, mas dinheiro é apenas o meio. Não é tudo.

Nunca associe dinheiro com felicidade.  Mesmo a pessoa mais pobre é feliz, se você reparar. Na verdade, eles são mais felizes. Mas dinheiro pode dar uma falsa sensação de segurança: você pensa que se tiver dinheiro, você terá tudo. E idéia de dinheiro é para conforto. Não é? Porque você quer dinheiro? Para conforto. Mas dinheiro pode lhe dar apenas um tipo de conforto.

Há três tipos de conforto: conforto físico, conforto emocional e mental e conforto espiritual – o conforto mais profundo. Mesmo que o dinheiro dê um tipo de conforto, ele não dá conforto emocional e espiritual. Da mesma forma que nós todos precisamos comer para viver. Mas se nós vivermos só para comer (risos), então há algo de muito errado conosco. Basicamente errado.

As  escrituras e os antigos descreveram maravilhosamente como se deve fazer o melhor uso do dinheiro. Você separa cinco partes iguais do dinheiro. Uma parte usa para si mesmo, uma parte economiza,  outros vinte por cento para sua família e necessidades imediatas, e o resto para a sociedade. Um é chamado Aapad dhan. É para emergência, para a necessidade do futuro. E há outra escola de pensamento que diz que deve-se gastar dez por cento com caridade, economizar 30 por cento e usar 60 por cento, do jeito que quiser.

Eu diria que você não precisa gastar nem 10 por cento em caridade. Separe ao menos 2 ou 3 por cento da sua renda. Se você não fizer nenhuma caridade, seu dinheiro será gasto com despesas judiciais e hospitais. Separe 2 a 10 por cento para o mundo. Assim, a ambição não vai surgir na sua mente. Ambição mata a pessoa e mata seu negócio também.

Mas ambição é OK. Você deve ter ambição. Você deve desejar criar mais riqueza. Criando mais riqueza não é uma coisa ruim, de jeito nenhum. Mas a atitude equilibrada ante o dinheiro deve existir. O dinheiro não deve ser tudo na vida. Deve ser para sustentar e nos dar conforto físico. Mas apenas a espiritualidade dá conforto absoluto. Quando você se conecta com a divindade e sente conforto mental e espiritual, você nem pensa em dinheiro. As coisas vem automaticamente. No próximo ano este ashram completará 20 anos. Antes de termos este ashram na América do Norte, nós tínhamos que alugar espaços.

Muitas pessoas vinham e nós precisávamos ter um cozinha para comida vegetariana. Era difícil fazer cursos avançados em hotéis. Eu disse que na próxima vez que viéssemos, deveríamos ter um lugar onde nós pudéssemos ter a atmosfera pura, onde apenas meditação aconteça e as vibrações do local se tornem mais saatvik, mas conveniente e mais harmônica com a natureza.

Então, alguns devotos procuraram por lugares mas não havia muito dinheiro.

Primeiro colocamos algumas tendas e as tendas voaram. Choveu. Eles tinham uma cozinha com coisas de madeira. Todos começaram a trazer um pouco daqui e dali e o lugar ficou lindo. Então o lugar foi construído. Isto é o que se chama siddhi. Siddhi significa que você tem o que você precisa. Na Índia, há um provérbio que diz que você deseja nozes, mas que só as recebe depois que perdeu os dentes (risos). Você pediu pelas nozes: “Oh, eu preciso de nozes, eu preciso de nozes, eu preciso de nozes.” E quando você recebe as nozes, seus dentes se foram. Você deseja um marido ou esposa e quando eles aparecem, você tem 75! Não faz sentido!

Nós nem nos preocupamos em como as coisas serão feitas! Isto é o que é siddhi. Quando o poder espiritual existe, a energia espiritual existe, tudo acontece sem esforço. Siga com fé a confiança. Ao mesmo tempo, não viva muito no ar. Seja também prático. Até que você consiga o nível de dependência espiritual interno, você precisa ter discernimento. Discernimento, você deve ficar consciente em como administrar seu dinheiro. Então, é como uma dança. Como uma dança acontece? Quando um pé está no chão e o outro está levantado. Se ambas as pernas estiverem enterradas na lama, você pode dançar?

E se os dois pés estiverem no ar, você também não poderá dançar. Você cairá. Então, dance apenas quando um pé estiver no chão e o outro no ar. Isto é o que é todo o conhecimento – prático mas etéreo e com abordagem espiritual. Mas eu tenho visto algumas pessoas que são muito etéreas. Elas não fazem nenhum trabalho, mas apenas se sentam e dizem: ‘eu quero 20 milhões de dólares, eu quero 100 milhões de dólares.’ Eles nem se sequer pensam em números pequenos. (risos) Eles rezam por isto todos os dias. Nada vai acontecer. Saiba o equilíbrio.

P. Querido Guruji, algumas vezes eu sinto que ainda não superei a morte de um parente direto, e isto tem impedido que eu siga em frente nos meus relacionamentos e comece minha própria família. Eu queria superar, mas as vezes eu sinto que sou meu maior inimigo. Por favor me ajuda, guruji. Eu estou esperando pacientemente que você leia e responda minha pergunta.

Sri Sri: Você medita, e faz bhajan. Estas vibrações os atingirão também. Esteja em paz e as vibrações de paz que você irradia irão também para o outro lado. Por isto espiritualidade é chamada “Sadhana” em sânscrito, que significa a verdadeira riqueza, a verdadeira moeda que pode servir aqui e lá (risos). A outra moeda, dólar, não pode ser usada no outro lado. É por isto que dizemos que quando você faz satsang, canta e medita, as vibrações positivas os atinge. E então,

quando estas emoções surgirem apenas as observe. Elas virão, se evaporarão, desaparecerão. Não faz muito onda sobre elas.  Siga em frente.

P. Querido Guruji, eu sou profundamente agradecido pelo maravilhoso conhecimento que você nos traz. Eu sou muito curioso para saber como você se inspira. Quando eu medito, algumas vezes eu fico mais calmo e mais eficiente depois, mas os segredos do universo não se revelam. Ao contrário, eu me sinto preso nos mesmos dramas ou numa espécie de auto-hipnose. O caminho é bom para mim. Eu tenho certeza. Mas fico impaciente. Eu sinto que suas palavras sobre o divino e a natureza são como néctares e tenho fome delas. Você pode elaborar sobre este tema? Eu tinha uma conexão mais forte com a natureza. Agora eu me sinto como um robô. Eu fiz algo errado ou algo parecido?

Sri Sri: Não, não. Eu penso que você está com muito tempo disponível.

Você se senta e pensa muito sobre si mesmo. Se ocupe. Você sabe que quanto mais você fizer o bem, você cria uma atmosfera positiva que vibra a sua volta. E quando você cria vibrações positivas,  ajuda a você se aprofundar na meditação. É necessário cuidar dos outros  e compartilhar. Faça isto da maneira que você puder. Se envolva em alguns projetos. Faça alguma meditação. Não se sente e fique se preocupando: ‘Oh, que experiência eu tive hoje, qual eu terei amanhã?’ Você é mais do que todas estas experiências juntas. Para um buscador, o que fazer para qualquer experiência que você tiver, é só dizer ‘oi’ e ‘tchau’. Uma mão dá ‘oi’ e a outra dá ‘tchau’. Não se esqueça de dar ‘tchau’. E não se esqueça de dizer ‘oi’, e depois dizer ‘tchau’. Senão você tem problemas. Se você apenas disser ‘tchau’, então você está resistindo. Se você apenas disser ‘oi’ então você está tentando se prender a elas. É por isso que vocês tem duas mãos! ‘Oi’ e ‘tchau’ (gesticula com as mãos).  Todas estas experiências vêm e vão. Nada sério.

P. Querido Guruji, na noite passada você disse: ‘se você não fizer tudo o que pode fazer, sua consciência o incomodará.’ Eu sei que sou capaz de fazer muito, mas algumas vezes me parece ser trabalho muito duro. Eu sempre faço o melhor que posso e sempre sou voluntário. Como eu faço para não me sentir sobrecarregado?

Sri Sri: Faça apenas o que puder. Algumas vezes assuma compromisso. Nestes momentos, pode parecer sobrecarregado. Mas logo acabará. Termine o que você se comprometeu em fazer. E não pense mais no assunto. Você sabe, se tornará uma sobrecarga se você ficar pensando: ‘Oh, quanto eu trabalhei!’ Você se recupera todos os dias. Logo você nunca deve contar quanto serviço você fez. Será muito pouco comparado com o que você consumiu!

P. Dou melhor resultado quando sou pressionado. Quando é uma questão de vida ou morte. Nesta hora eu foco, tenho calma, direção e motivação para realizar todas as minhas intenções e desejos. Mas quando eu estou feliz, confortável e alegre, eu não tenho a mesma calma e direção para me motivar.  Como mudar este padrão?

Sri Sri: Então peça a alguém para lhe pressionar! (risos) Não há pressão aqui. Se você não está casado, case-se. Peça a sua esposa para fazer isto por você. Ouça, se você pensa que faz melhor quando está em perigo ou quando é pressionado, então você deve colocar esta intenção na sua mente, e isto é o que vai acontecer. Você sabe que pode fazê-lo mesmo quando está feliz, quando está alegre, quando está livre. Então, quando você reconhecer que este é seu padrão, é sua responsabilidade. Ninguém pode ajudá-lo, só você pode ajudar a si mesmo. Você pode dizer: ‘Agora que estou feliz, vou fazê-lo!

P. Querido Guruji, esta é a primeira vez que vejo sua abençoada glória.

Você pode me dizer como eu posso aprender a amar e respeitar a mim mesmo, de tal forma que eu me torne uma boa mãe? Eu machuco a mim mesma porque eu não sou merecedora. O que devo fazer? Muito agradeço sua resposta.  Jai Gurudev.

Sri Sri: Em primeiro lugar, não pense que você não ama a si mesma. Quem disse isto? Mesmo uma pessoa que cometa suicídio ama muito a si mesma e por isso comete suicídio. Esta pessoa não quer dor, não tolera sentir dor. Então, quando a pessoa não quer enfrentar um pouco de dor ou sofrimento, e quer apenas felicidade, ela comete suicídio. Eles amam muito a si mesmos. Eles não amam os outros. Se a pessoa que comete suicídio amasse sua mãe ou filha ou marido ou mulher ou alguém próximo que seja querido, ele ou ela cometeria suicídio? Se alguém se importa com os outros, não consegue cometer suicídio. Eles saberiam que se eles se enforcarem, eles trarão um problema para o seus amigos, deixando-os infelizes e tristes. Então, aquele que comete suicido é por amar muito a si próprio. Desta forma, nunca duvide de amor que você tem por si mesma. Quem disse que você não se ama? É impossível, porque você é amor. Está apenas fora do lugar. De algum lugar você não está entendendo corretamente. Hoje em dia, não há uma única mãe que nasça no planeta e que seja uma mãe má. Impossível! Então, apenas relaxe e continue o seu trabalho.  Não analise muito sobre o que aconteceu porque sempre há imperfeição em todas as ações que nós fazemos. Isto é uma coisa importante para se saber. Nenhuma ação, seja qual for, neste planeta Terra é perfeita.  Toda ação tem um ponto de imperfeição. Mas nós devemos continuar agindo. Mesmo a pior ação tem algo de bom nela, da mesma forma que toda ação boa tem algum defeito. Ou é 98% bom e 2% ruim ou 2% bom e 98% ruim. Isto é o que acontece com todas as ações. Não foque tanto nos defeitos de uma ação. Continue agindo, contanto que seja 98% bom. Certo?

P. Querido Guruji, o que é ambição e o que é cobiça? Qual é a linha que diferencia ambos? Com amor e pranams…

Sri Sri: Cobiça é quando nada mais lhe importa – nem as pessoas importam para você. Apenas dinheiro importa, apenas você é importante, isto é cobiça. Cobiça é além da sua capacidade, é mais do que você merece. Mesmo ao custo de sofrimento dos outros ou seu próprio, você quer possuir. Você deseja e você quer custe o que custar, isto é cobiça. Ambição é quando você tem um objetivo e você quer alcançá-lo.  O que é OK.

P. Querido Guruji, eu reparei que inconscientemente fico me comparando com os outros.  Diga-me o que fazer para parar com isso, por favor.

Sri Sri: Se você está parando inconscientemente de fazê-lo, isto vai parar inconscientemente também. Porque você quer parar conscientemente? Deixa estar. Entende? Se você quiser parar conscientemente, se tornará um problema. Você fica preso. Apenas relaxe. Apenas relaxe e faça mais meditação, mais cursos avançados e ficar em silêncio. Isto vai ‘desprogramar’ você de fazer isto.

P. Querido Guruji, como eu consigo equilíbrio e moderação? Quando eu vivo minha vida 100 por cento, eu fico apaixonado e apegado aos eventos. Quando eu vivo desapaixonadamente, eu fico de um jeito lento. Também, como me sentir conectado? Eu ainda sinto o vazio e saudade. Não parece haver resposta para eles.

Sri Sri: Isto é muito bom.  Você tem sorte. Quando você sentir saudades, você está realmente no caminho. Muito bem. Não se preocupe com isto.

P. Jai gurudev. Você pode por favor explicar sobre 2011? Nós estamos preocupados.

Sri Sri: Se você se lembrar, muitas pessoas estavam com medo e paranóicas em 1999. Em 1999, dizia-se que os computadores iriam parar. Eles perguntavam: ‘o que vamos fazer? Nós não teremos comida.’

As pessoas estocavam leite e grãos nos seus porões! Eu penso que estava em Halifax naquela época e as pessoas perguntavam a mesma coisa, e eles também estocavam comida. Eles diziam que tinham estocado leite em pó por três meses, alem de grãos e outras coisas. Eu disse: ‘nada vai acontecer. Tudo ficará na mesma.’ E eu estou lhe dizendo agora que nós veremos 2010, 2013… Nada vai acontecer. A única coisa é que as pessoas ficarão mais espiritualizadas. Você notou como as crianças que fazem Yes+ fazem perguntas? Eu penso que a geração mais velha ficaria surpresa de ver quão espirituais a geração mais jovem está ficando. Você sabe que perguntas se faz aos 40 ou 50 anos:  “Qual é o significado da vida?”, estas crianças as fazem aos 15 anos!

Eu faço estas perguntas a quem tem mais de 50 anos. Você já fez esta pergunta com esta idade? As crianças de hoje são muito mais espirituais! Com o tempo, vocês verão que mais e mais crianças ficarão mais atentos. Eles não serão tão ligados em aparecer e fazer compras como você fazia. A geração mais jovem é completamente desligada de roupas, jóias ou de aparecer. É claro, eles serão um pouco mais interessados em novidades eletrônicas e carros. Mas mesmo isto não é tanto quanto você esperava que as coisas fossem. Certo? Você encontra tanta diferença entre pessoas! No início dos dias dos vídeo games, todos era tão ligados neste jogos. Inclusive os violentos. Mas, com o tempo, diminuiu o interesse. Eu sinto que o interesse está diminuindo. Não está? Acontecerá. Mais pessoas se inclinarão para espiritualidade.

P. Guruji, eu fiz o Processo da Eternidade e vi muitas coisa de vidas passadas. Eu vivenciei muita devoção e até vi você. Quanto disto tudo é verdade? Eu estou apenas inventado?

Sri Sri: Você não deve duvidar. Como eu disse, estas experiências são uma mistura. Uma vem da sua consciência e suas experiências mais profundas. Algumas vezes pode ser sua fantasia. Então, algumas vezes a fantasia acontecei. E sua experiência surge. Você sabe, é normalmente uma mistura de tudo. Mesmo se 20 por cento de fantasia for misturado com 80 por cento de realidade, você não precisa pensar ou fazer nada. É uma experiência. Receba como vier e siga em frente. Você é muito mais do que todas estas experiências. Você é mais do que todas as identidades e papéis que você atuou. Este é o autoconhecimento. Este é o verdadeiro conhecimento espiritual. Este é o conhecimento Upanishadik.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s