Levante seu espírito com a alegria da cor

Por Sua Santidade Sri Sri Ravi Shankar

Holi é um festival de cores. Este mundo inteiro é tão colorido. Como na natureza, cores diferentes estão associadas a nossos sentimentos e emoções: raiva com vermelho, inveja com verde, vibração e felicidade com amarelo, amor com rosa, vastidão com azul, paz com branco, sacrifício com marrom e conhecimento com violeta. Toda pessoa é um chafariz de cores que vivem mudando.

Puranas trazem muitas ilustrações coloridas e histórias. Há uma história relacionada a Holi. Um rei de Asura, Hiranyakashyap, quis que todos o adorassem. Mas seu filho Prahlad era devoto do Senhor Narayana, inimigo jurado do rei. Zangado, o rei quis que Holika, sua irmã, acabasse com Prahlad. Com poderes para resistir ao fogo, Holika sentou-se numa pira em chamas, segurando Prahlad no seu colo. Mas quem se queimou foi Holika; Prahlad saiu incólume.

Hiranyakashyap simboliza aquele que é bruto. Prahlad personifica inocência, fé e êxtase. O espírito não pode ser confinado a amar só a matéria. Hiranyakashyap quis que toda alegria viesse do mundo material. Não aconteceu assim. O jivatma individual não pode ligar-se ao material para sempre. É natural que ele se mova eventualmente em direção a Narayana, o Ser mais alto da pessoa.

Holika simboliza problemas passados que tentam queimar a inocência de Prahlad. Mas Prahlad, tão profundamente enraizado em Narayana Bhakti, conseguiu queimar todas impressões passadas (sanskaras). Para quem é profundo em bhakti, alegria jorra em novas cores e a vida vira uma festa.

Ao queimar o passado, você avança para um novo começo. Suas emoções, como fogo, queimam você. Mas quando elas são chafarizes de cores, elas encantam sua vida. Na ignorância, emoções incomodam; no conhecimento, as mesmas emoções trazem cor.

Uma lenda fala sobre o tempo em que Parvati estava em tapasya e Shiva estava em samadhi. Para facilitar a união divina dos dois, Kamadeva, o Senhor do Amor, queimou-se em cinzas por Shiva. Shiva teve que sair de samadhi para unir-se a Parvati. ‘Parva’ é festivo e ‘Parvati’ significa nascido fora do festival, da  celebração! Para samadhi unir-se à celebração, foi preciso da presença do desejo. Então, desejo (Kama) foi invocado. Mas para celebrar, você deve superar o desejo. Então Shiva abriu seu terceiro olho e queimou Kama. Quando o desejo é queimado na mente, a celebração acontece e a vida fica colorida.

Como Holi, a vida deve ser colorida e não chata. Quando cada cor é vista claramente, tudo é colorido. Quando todas as cores são misturadas, temos o preto. Então também na vida temos papéis diferentes. Cada papel e emoção necessita ser claramente definido. Confusão emotiva cria problemas.

Quando você é pai, tem que fazer o papel de um pai. Não pode ser pai no escritório. Quando você mistura os papéis em sua vida, começa a cometer erros.

Qualquer papel que desempenhe na vida, dedique-se completamente a ele. A harmonia na diversidade faz a vida vibrante, alegre e mais colorida.

A alegria que você experimenta na vida vem da profundidade do seu Ser – quando você abandona tudo a que você se agarra e fica centrado nesse espaço. Isso é chamado de meditação. A meditação não é um ato; é a arte de não fazer nada! O descanso na meditação é mais profundo que o sono mais profundo que você pode ter, porque meditando você transcende todos desejos. Isto traz grande tranquilidade para o cérebro. É como renovar o complexo corpo-mente inteiro.

Só então podemos entender o estado elevado do ser e ver que o mundo inteiro é espírito ou consciência.

A celebração é a natureza do espírito e a celebração que vem do silêncio é real. Se algo sagrado vem junto a uma celebração, ela fica total, completa. Não é somente corpo e mente que comemoram, mas também o espírito.

Num estado de comemoração, a mente freqüentemente esquece o Divino. Devemos experimentar a presença Divina, a luz Divina ao redor de nós. Você deve desejar experimentar aquilo que faz o mundo inteiro correr. Para experimentar isto através de suas orações,  envolva-se totalmente. Se a mente está preocupada com outra coisa, então isto não é oração.

Quando você encara obstáculos, orações profundas podem fazer milagres. A oração acontece em duas situações, ou na combinação de situações. Quando você sente-se agradecido ou quando sente-se totalmente indefeso. Se não está agradecido e em oração, ficará infeliz.

O sentimento de “sou abençoado” pode ajudá-lo a superar qualquer fracasso. Quando você compreende que é abençoado, então todas as queixas desaparecem, todo a irritação desaparece, todas as inseguranças desaparecem.

A celebração acontece espontaneamente e a vida fica colorida.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s