‘Além de todos os fenômenos há a Divindade’

O que Sri Sri disse hoje: 15 de janeiro de 2010

Ashram de Bangalore

P. Guruji, porque eu não tenho a mesma experiência quando medito aqui ou em casa?

Sri Sri: Os lugares tem impacto – isto é apenas o começo. Quanto mais forte você ficar, você passa a influenciar os lugares, ao invés dos lugares influenciarem a você.

P. Você pode falar sobre as restrições durante o eclipse, como de não comer?

Sri Sri:  A mente tem uma conexão profunda com a Lua e a Lua é conectada com a água e a água com o corpo: 60 a 70% do corpo é água. Tudo é interconectado. Quando um fenômeno celestial acontece, ele impacta no corpo também. Por exemplo, o jeito como você se sente de manhã cedo é diferente do jeito como você se sente à tarde e à noite. À noite combina com músicas e melodias românticas e a manhã com alarme do despertador. Você não pode tocar músicas românticas à tarde.

A mente tem um impacto no complexo corpo e mente.  O tempo tem impacto na mente. Os planetas têm impacto no corpo e no complexo corpo-mente. Os antigos escreveram sobre isto. Quando a mente diz: “isto é errado” você tenta se convencer do contrário e se não consegue, a mente aceita. Por exemplo,  o açafrão. Nos anos 70 e 80, as pessoas o repudiavam considerando-o apenas como corante e sem valor nutritivo, mas agora, cientistas dizem que é tem ótimo valor antioxidante  como a amla (groselha) e tulsi (manjericão). Eles estão redescobrindo as antigas ervas sagradas como sendo muito úteis e necessárias para uma vida saudável.

A razão de dizermos para não comer durante e antes do eclipse é porque a comida aumenta o metabolismo no corpo. Metabolismo aumentado não deixa a mente num estado calmo. Se você come, você simplesmente dorme.  Nós recomendamos isto para acalmar o sistema e não excitá-lo durante o fenômeno celestial.

P. Eu gostaria de sentir-me autorealizado. Eu vim ao curso avançado de meditação. Em que estágio e em que curso meu desejo será atendido?

Sri Sri: Isto é bom. Este é o mais elevado desejo, o único que vale a pena se ter. Mesmo se você reconhece ou não, todos vieram a este planeta com este desejo. Se você reconhece, isto é muito bom.

P. O curso avançado me levará para que nível e quantos passos eu tenho que dar?

Sri Sri: Poucos passos para iluminação. O que é iluminação? Estar feliz incondicionalmente. Todos queremos o amor que não fica distorcido. O amor se distorce como ódio, medo, ciúmes e outras imperfeições. Iluminação é ter este amor.

Há dois passos para iluminação:

-De ser alguém para ser ninguém.

-De ser ninguém para ser todos.

E como ser ninguém? Apenas acorde e conclua que este é um universo vasto. O que você é nele? Quem é você nele? Você pode ser um grande homem de negócios, cientista ou doutor mas quanto tempo você estará no planeta? Em 70 ou 100 anos você irá embora e a Terra continuará a existir. Ela existe há bilhões de anos e continuará a existir. Quem é você? Onde você está a respeito deste universo magnânimo? De ser ninguém para ser parte de todos.

P. Sabendo que a minha vida segue o carma, é correto pedir por algo depois de rezar/puja?

Sri Sri: É como perguntar se eu devo sentir sede. Se você sente sede, você pedirá água. Se eu devo pedir água não tem significado, se você já indicou que está com sede. Se uma oração vem, deixe-a vir. Ela simplesmente brota.

P. Eu tenho estado no caminho por muitos anos mas eu não sinto sua graça como as pessoas falam.

Sri Sri: Não foque no que os outros querem. Veja o que você quer. Quando você para de olhar para dentro e olha para os outros, é quando você perde o barco.

P. Você pode falar mais sobre o poder do mantra? Diz-se que o poder do mantra é maior do que o do planeta. Um sadhak (aquele que está no caminho espiritual) precisa prestar atenção ao horóscopo?

Sri Sri: Sim, mantras são muito poderosos. O poder dos mantras é maior do que o poder do horóscopo. Não se preocupe muito sobre horóscopo. Om namah shivaya, Om namah narayana são mais poderosos. Shivay  tem cinco letras que se referem aos cinco elementos. Todos os cinco elementos: terra, água, fogo, ar e éter são mencionados quando você canta Om namah shivaya. Você não deve pensar que Shiva tem um grande trishul1 e está sentado em algum lugar.  Artistas cometem este erro. Shiva não é uma pessoa.  Shiva é tattva. Diz-se no Upanishad:

Shivam shantam, advaitam, chaturtam, mannyante sa aatma sa vigyeya.”

O que é Shiva? Shiva também é tão auspicioso, tão benevolente, tão calmo, tão lindo, tão reconfortante. ‘Chaitanya atma’- a consciência de Shiva, não uma pessoa, mas uma energia.

In Kashimiri Shaivism2, há um livro chamado Shiv sutras. Em alguns livros de Kashimiri Shaivism, isto foi muito belamente descrito. Alguns destes livros são preciosos, tão bom – todo este conhecimento, estes livros estão perdidos. O principal objetivo é expressar o anacronismo da mente, a consciência.  O quarto estágio de consciência, que não é nem acordado nem dormindo é chamado shiv tattva.

P. Estou com um dilema. Sou estudante no segundo ano de engenharia. Eu mesmo escolhi engenharia mas agora acho que não é o que quero. Eu acho que jornalismo é a minha escolha. O que devo fazer?

Sri Sri: A escolha é sua e as bênçãos são minhas.

P. O que fazer quando nossas responsabilidades atrapalham as práticas?

Sri Sri: Guru Nanak ou um dos dez Sikh Gurus, falou em como um estudante deve ser. Como água. Quando as pedras estão no caminho da água, o que ela faz? A água passa por cima as pedras e segue seu curso. Da mesma forma, há obstáculos na vida; passe por cima deles e siga em frente. Tenha paciência e passe por cima deles.

P. Guruji, há tantas pessoas no mundo que estão sofrendo por causa das crenças e rituais antigos. Você pode comentar sobre isto?

Sri Sri: As pessoas estão sofrendo por causa das crenças modernas também. Eles pensam que drogas, cigarros, álcool lhes dá alegria e depois eles sofrem. Nem toda crença antiga é errada e nem toda crença moderna é certa. Nós precisamos aceitar a combinação de velho e novo. As pessoas estão sofrendo por causa de superstições que não tem fundamento nas escrituras nem na ciência. As pessoas sofrem por causa de alguns rituais que não fazem parte das escrituras antigas. É falta de sabedoria que faz as pessoas sofrerem.  Nada mais.

P. Como nós podemos amar alguém que nos fez coisas terríveis?

Sri Sri: Não os ame. Apenas os aceite. Primeiro aceite e depois veja o culpado não como culpado mas como vítima.  Eles o fizeram devido às circunstâncias. Se eles tivessem tido sabedoria, eles não o teriam feito.

Há alguns dias, uma senhora veio ao ashram. Ela tinha  filhos e seu marido foi morto pelos maoístas. Mais tarde, ela virou uma professora do Arte de Viver e quando ela voltou, ela ensinou Sudarshan Kriya e pranayama aos maoístas.  Os maoístas ficaram abismados. Eles lhe perguntaram: “você não está com raiva da gente? Nós matamos seu marido!” Ela respondeu:  “não, vocês não sabiam o que estavam fazendo. Eu quero que vocês tenham conhecimento.” Todos eles fizeram Sudarshan Kriya, pranayama e deixaram o caminho da violência. Eles choraram como bebês. Do jeito que ela descreveu, trouxe lágrimas aos olhos de todos. Todas as 2.000 pessoas presentes tinham lágrimas nos olhos. Este é o poder da sabedoria. Ele une pessoas de todos estilos e jeitos.

P. Guruji, quanta influência tem o carma prévio na nossa vida presente? Uma pessoa é triste ou feliz devido ao seu carma prévio?

Sri Sri: Eu já falei sobre isto no livro “Celebrando o Silêncio.” Você pode consultá-lo para um estudo mais profundo.

Nossa mente é antiga e tem impressões. Carma prévio tem impacto mas também tem nosso carma presente. Não fique emperrado nisto. Não tenha uma atitude fatalista. Você tem livre arbítrio para mudá-lo também.

P. Guruji, eu sou muito possessivo com as minhas coisas. Eu posso dividir minhas coisas apenas com as pessoas que me são queridas e não gosto que os outros as usem. O que devo fazer para parar com isso?

Sri Sri: Não se importe com isto. Os outros o aceitam como você é.  Você pode pensar que você lhes deu oportunidade de o aceitaram como você é. Haverá um tempo que você superará tudo isto, eu e você. Agora, não se sinta culpado.  Permita-se crescer gradualmente. Não se force. Talvez em 10 ano ou 100 anos! Então, qualquer um poderá usar suas coisas. Então você não dirá que apenas seus netos poderão usar suas coisas. (risos)

A mente é tão ardilosa e tão engraçada quando o assunto é posse. Está ok. Há tempo para tudo.

P. Eu quero fazer um grande trabalho na sociedade, mas eu não sei onde começar. Como começar?

Sri Sri: A semente está lá e crescerá. Você quer trabalhar para a sociedade, a semente crescerá. Bom. Deixe-a crescer. Satsang, sadhana alimentará esta semente.

P. Guruji, o ambiente em que eu estou tem muitos viciados em drogas e as pessoas em várias outras questões do gênero. Podemos fazer algo por eles?

Sri Sri: Evidentemente. Vamos fazer cursos lá. Nós temos vários centros para viciados. Vamos pensar nisto.

P. Guruji, você frequentemente atende minhas preces e perguntas, mas algumas vezes eu sinto que você me ignora completamente.

Sri Sri: Porque você é muito especial. Eu presto atenção apenas às pessoas comuns, para fazê-las ficarem extraordinárias. Você já é extraordinário.

P. Guruji, sob estresse e tensão por pequenas coisas, eu estraguei o meu bom trabalho, afetando também os resultados.

Sri Sri: Estresse e tensão estragam qualquer coisa, você entendeu isto a partir da sua experiência, o que é bom. As pessoas repetem a mesma coisa e nem se percebem disto. Quando estresse e tensão começa, fique ciente e faça pranayama, Sudarshan kriya e se livre deles.  É por isto que temos os cursos. É bom ter conhecimento que estresse é o culpado. O segundo é se livrar dele. E o terceiro estágio é “não o deixe chegar.” Aqui é que a sabedoria ajuda.

As práticas estão aí para ajudar a se livrar do estresse e a sabedoria não deixa o estresse começar. Nós precisamos ter os dois. Apenas as práticas não adianta porque mais estresse virá novamente. A sabedoria sozinha não adianta porque será apenas um conjunto de ideais. Ambos são necessários.

P. Qual a melhor forma de oração?

Sri Sri: A oração acontece sempre em duas situações. Uma é quando estamos completamente agradecidos e a segunda é quando estamos completamente desesperado. As duas situações são autênticas e sempre são atendidas. Estar ao mesmo tempo agradecido e desesperado é muito raro e muito poderoso. É a forma de oração total.

P. Guruji, quanto mais eu o sigo, mais fico ligado a você. O que fazer?

Sri Sri: Eu não sei o que fazer. (risos) Sabe o que é que te atrai? Boas qualidades. Mas se as qualidades forem apenas superficiais, elas irão embora e se as qualidades forem sua real natureza, elas nunca irão embora. Digo-lhe, todas as qualidades estão presentes em você. Aumente estas qualidades mais e mais. Então,você descobrirá que eu estou em você e você está em mim. Anseio e amor são dois lados da mesma moeda. Você não pode dizer “eu te amo mas não anseio por você.” E é impossível ter saudades de alguém sem amor. É por isto que se diz: ‘RadheSham.’ Radha é anseio e Sham é amor. RadheSham (anseio e amor) andam juntos na vida.

P. Como ver a Divindade além dos objetos?

Sri Sri: Não tente ver a Divindade.  Assuma que ela está lá. Ela está lá, como o ar. Você sabe que o ar está lá. Você inspira e expira o ar. Você não vê o ar mas sabe que ele está lá. Da mesma forma a Divindade está lá. Apenas o coração pode sentir. Os olhos não podem ver. Quando você está totalmente relaxado você sente que todo o universo está cheio de Divindade. Quando sua mente está relaxada, seu corpo está relaxado, você sente que o chilrear dos pássaros é a Divindade, o movimento das folhas é a Divindade, que o fluxo da água é a Divindade. Até as pessoas brigando e as montanhas – tudo – abunda Divindade. Você descobrirá além de todo este fenômeno, há um campo ou fenômeno que existe – que é a Divindade.

P. Como lidar com pessoas que discutem usando kutarka (lógica errada)?

Sri Sri: Pessoas inteligentes nunca discutem, especialmente bhaktas, amantes, devotos nunca discutem. O Narada bhakti sutra diz que se você é um devoto, você é amante de Deus, você nunca discute. A discussão não tem lealdade. Elas podem ir para um lado ou para outro. Há oito tipos de kutarkas. A filosofia védica tem um conhecimento tremendo, grande percepção neste aspecto. Uma é ‘pitanga’ – conscientemente citando uma frase e esquecendo outra. O segundo tipo é ‘eu estou falando, logo é certo.’  Tipos diferentes de lógica para confundi-lo e fazê-lo sentir que você ganhou. Nos tempos de Adi Shankracharya, antigos tempos, duas guirlandas eram colocadas nas pessoas participando de discussões. Acreditava-se que aquele que está errado, que está tentando provar algo que está errado, a sua guirlanda ficará murcha. E aquele que é autêntico e está falando a verdade, sua guirlanda ficará viva. Era assim que Adi Shankracharya ganhava as discussões de um lugar para o outro.

Pessoas sábias não entram em discussão. Eles dizem: ‘ok, você quer ganhar, ok, você ganhou.

“Aquilo que você não pode expressar é Amor.
Aquilo que você não pode rejeitar / renunciar é Beleza.
Aquilo que você não pode evitar é a Verdade. “

~ Sri Sri

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s