Sessão de Perguntas & Respostas com Sri Sri em Bad Antogast, 25 de Outubro de 2009

P: Como podemos fortalecer nossa Sankalpa (intenção)?

Sri Sri: Com devoção. Se existe devoção, Sankalpa está forte. Se você está oco e vazio, Sankalpa está forte.

P: Guruji, como podemos dar o melhor de nós mesmos? Como podemos ajudar a fazer o mundo melhor?

Sri Sri: Você pode dar o melhor de si quando está ciente da sua letargia, sua preguiça, e você supera isto; então isto vai acontecer automaticamente. O único inimigo do talento é a preguiça, nada mais.

Duas coisas: paciência e sair da preguiça.

P: Em situações difíceis, às vezes é duro saber se fujo ou saio estrategicamente. Como resolver este conflito?

Sri Sri: Quando você vê que tem pouca força, que não pode encarar a luta, você quer fugir. Então, quando você percebe isso, você tem que adquirir mais força para si. Vá com calma. Quando você está certo disso; “Ok, eu devo fazer mais, devo meditar, devo fortalecer-me, e na hora certa eu vou encarar, atacar o problema”. Essa é uma maneira.

A segunda é oração. Suas preocupações te dominam quando suas emoções estão secas. Quando você sofre, você não tem nenhuma preocupação. Quando você tem preocupação, você fica preso na cabeça. Sem emoções.

Se você está emocionado,  você ri, grita, reza e passa por isto. A preocupação tenta ganhar mas está sem forças. Quando você compreende: “Eu não tenho forças e não posso fazer nada”, então você reza. A oração é feita com emoções, sentimentos.

P: Guruji, qual é a finalidade da criação?

Sri Sri: Bem… eu não sei  finalidade da criação, mas antes de perguntar sobre a finalidade da criação, você deve perguntar: “Qual é a finalidade da sua vida, da vida humana?”

Não sabemos por que existem tantas galáxias, eu não faço a menor idéia! (Risos na audiência)

Algumas galáxias, planetas, têm vida. Eu não sei por que eles são todos em formas redondas e por que não em cubos! (Risos na audiência)

Qual é o propósito de manter tudo redondo? Eu não tenho a menor idéia!

Mas qual é a finalidade da sua vida? Você tem que descobrir isso, você pode descobrir isso. Su a finalidade na vida é aproveitar a criação.

Qual é a finalidade da criação? É trazer alegria a você? Eu não tenho a menor idéia! (Risos na audiência).

A finalidade da sua vida é trazer alegria e felicidade ao maior número de pessoas ao seu redor, não é?

P: Você pode falar alguma coisa sobre como fazer um relacionamento durar?

Sri Sri: Há várias maneiras, mas a melhor é intuitiva, sua intuição. Se no relacionamento, ambos intencionam dar, então não haverá nenhum problema, mas se ambos querem receber, haverá brigas.

“Estou aqui para contribuir, o que eu posso fazer por você?” Então seu relacionamento vai durar muito.

P: Quando há um problema na vida e você não vê a solução para este problema e o tempo está passando, o que fazer?

Sri Sri: Um problema pode estar em dimensões diferentes. Se é financeiro, tem que tomar medidas. Não é bom ficar sentado e esperar que o dinheiro apareça de algum lugar simplesmente, ou ir a um astrólogo. Você tem que tomar precauções alternativas. Não seja muito exigente quanto a trabalho. Encare qualquer trabalho disponível e vá em frente. Isto é muito importante. Você deve ter pensamentos positivos, atenção e seguir adiante.

Do mesmo modo, no que se refere a relacionamento, você não fica sentado, esperando, sem fazer nada.

Em sânscrito há um ditado: “Aquele que se esforça, aquele que se empenha, que é corajoso, a riqueza vai em sua direção.” Então, Lakshmi (Deusa da riqueza) vai a quem se esforça e é corajoso como um leão.

Mas quando nos preocupamos com a iluminação, nós não podemos só fazer, fazer e fazer. Relaxe. Não faça nada. Reze. Então o conhecimento vem.

P: Eu levo 40 dias para  fazer alguma coisa para mudar um hábito, mas eu nem sequer vejo a mudança.

Sri Sri: Então leve mais 40 dias novamente, continue assim. É bom se você conseguir mudar o hábito depois de 38 dias. (Risos na  audiência) Então você pode fazer isto por mais 40 dias.

P: Como podemos nos livrar de padrões muito antigos?

Sri Sri: Você tem que fazer um esforço e mudá-los. Sirva, sirva e sirva. Ao servir, você doa. Quando você está pensando em apenas receber, então você não pode superar seus padrões. Mas se você diz: “Eu não quero ser assim, eu só quero dar, quero servir”. Quando você faz essa grande mudança, tudo muda.

Por que você vai ao Satsang, por exemplo? Você vai para receber alegria para si mesmo ou para poder ajudar, contribuir. Você vai ao Satsang e dá suco e biscoitos para todos, ou você vai e apenas aproveita sua meditação, kriya e vai embora?

Estas coisas pequenas e delicadas fazem diferença.

P: Sei que você tem uma visão da existência da espiritualidade em grandes empresas. A conferência sobre cultura e espiritualidade empresarial acontecerá daqui a apenas duas semanas. Eu trabalho para uma grande empresa e luto interiormente porque quando passamos por dificuldades, esses valores parecem não importar.

Sri Sri: Não fique frustrado, seja ao menos forte. Tenha esperança. As coisas vão mudar. Ontem à noite eu assisti no canal de tv CNN sobre o problema de venda de meninas e crianças no Nepal, na Índia e em todos estes lugares. Por que nós não fazemos alguma coisa? Nós já libertamos 600 meninas que iriam a Bombay para prostituição – demos ensinamentos e tornamos todas economicamente fortes.

Penso que podemos duplicar isto em todos estes lugares. Podemos levantar mais fundos para esta finalidade, e ajudar muitas mulheres a sairem de crises financeiras. Devemos todos nos focar para fazer alguma coisa sobre esse problema.

P: O que deu errado e levou tantas pessoas à falta de amor-próprio? O que podemos fazer para diminuir este efeito?

Sri Sri: Os programas “Yes!+” e “Sim Nós Podemos” são bons para isso. Temos o programa “Sim Nós Podemos” na Europa. 140 jovens de toda Europa participaram. Você devia ver como eles chegam e como ficam depois do programa, como ganham amor-próprio.

Sabe, a grande dificuldade nas empresas é com as pessoas do meio, aquelas que ficam entre os supervisores. Elas querem se sobressair para a gerência superior, então reclamam das pessoas abaixo delas. Então as pessoas inferiores reclamam do patrão e tudo vira uma bagunça. Muitas empresas quebram por causa disso – pela falta de comunicação honesta e habilidosa.

Não existe comunicação honesta e habilidosa. Você tem que dizer ao seu patrão sua opinião honesta e ele vai valorizá-lo por isso. Primeiro ele pode não gostar, mas mais tarde ele vai valorizá-lo.

Se você mentir para ele e um dia ele descobrir que foi corrompido, então ele ficará insatisfeito com você também.

Assim, é preciso uma apresentação habilidosa e honesta dos fatos, ainda que seja amarga, mas colocada de modo apropriado. Estas habilidades surgem quando você se torna um yogi, age de forma habilidosa.

Ioga significa habilidade em ação. Quando isto ocorre? Ocorre quando você se une com seu Ser em meditação.

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s