Entrevista do Sri Sri com Dan Shilon na Conferência Presidencial do Presidente Shimon Peres, em Jerusalém, ‘Enfrentando o amanhã’ 21 de outubro de 2009

Dan Shilon: Você deve estar muito desapontado na época atual.

Sri Sri: Eu pareço desapontado?

Dan Shilon: O mundo não está ficando do seu jeito.

Sri Sri: Eu tenho paciência e perseverança e eu sei que tudo dará certo.

Dan Shilon: Quantos anos você tem?

Sri Sri: Eu teu um pouco mais que meio século, mas ainda tenho mais alguns anos. Você sabe que todos querem paz. Paz é a necessidade inata das pessoas mas eles não sabem como se livrar das emoções negativas, tendências, raiva e frustrações. Educação é necessária no mundo de hoje para ensinar às pessoas a como se livrar da negatividade, deixar de lado o passado e evoluir para o futuro.

Dan Shilon: A sua citação sobre como medir o seu sucesso pelo seu sorriso, como isto se relaciona com o mundo?  O mundo não está sorrindo mais?

Sri Sri: Eu sei que há muito trabalho que precisa ser feito.  Há trabalho para os reformadores, trabalho para os médicos. O trabalho dos médicos é tratar do paciente, mas se o médico fica doente não há esperança para o paciente! Então, se nós perdemos nosso sorriso, nós não podemos trazer sorriso aos rostos dos outros. Nós precisamos ser centrados; nós precisamos trabalhar duro para trazer o sorriso para os rostos das pessoas.

Dan Shilon: Quando você diz: vamos parar o mundo por uma hora, por dez dias? O que isto significa?

Sri Sri: Parar sua mente, parar a corrida da mente. Ela está sempre pensando sobre o passado ou está sempre pensando sobre o futuro. Nós estamos irritados sobre o passado ou ansiosos sobre o futuro. Para se ter um novo olhar sobre o mundo, a situação, você precisa acordar e ver, – como Mahatma Gandhi costumava dizer: “nunca olhar para trás”. Ele diria para vermos o que nós devemos fazer agora e no futuro. Isto dá muita energia, coragem, entusiasmo e anima você das cinzas, mesmo que as cinzas estejam a sua volta.

Dan Shilon: E tudo isto começou na Índia?

Sri Sri: Exatamente, talvez tenha também em outras partes do mundo.

Dan Shilon: Eu gostaria de saber por  que tantas das nossas crianças estão indo para a Índia. Por que eles são tão fascinados com este lugar?

Sri Sri: A Índia tem uma longa história de elevação espiritual. Quando você vê que tudo está em colapso, todas as portas fechadas, e não há esperança, a depressão se instala, Índia dá a visão de algo maior. O poder do pensamento e da mente pode criar a sua realidade, seu mundo e permite que você caminhe nesta direção. Você pode não ser bem sucedido imediatamente ou amanhã, mas a visão e a missão vão sempre levá-lo para frente.

Dan Shilon: Você é aquele que tenta fazer uma ponte entre o mundo empresarial e o mundo político. Dá para ligá-los?

Sri Sri: Nós somos todos seres humanos. Há humanismo em todos e eu sinto que os reformadores, os reguladores e os provedores devem trabalhar juntos; só assim a sociedade realmente se unirá.

Dan Shilon: Você está um pouco preocupado sobre a mistura entre políticos e líderes empresariais? Algumas vezes isto traz corrupção. Nós sabemos que ela está neste país e em outro países do oriente.

Sri Sri: Está em todos os lugares; mesmo na Índia, há corrupção. Corrupção começa onde o senso de pertencimento acaba. Se você desenha um círculo de pertencimento em torno de você, a corrupção começará depois dele. Políticos precisam ser mais espirituais. Por espiritual eu quero dizer ter um senso de pertencimento em relação às pessoas. Mahatma Gandhi é um exemplo disto neste século. Ele era uma pessoa espiritual e ao mesmo tempo era político. Ele tinha senso de sacrifício. “Eu não quero nada para mim mesmo, mas eu quero para meu povo”. Este espírito está desaparecendo. Por isto há corrupção e toda o tipo de negócios antiéticos surgiram. Nós precisamos inculcar estes valores novamente na política e nos negócios. Confiança é a espinha dorsal dos negócios. Pelo que nós vimos nos últimos 10 meses, levou 10 anos para o comunismo entrar em colapso, levou menos de 10 meses para o capitalismo entrar em colapso, e a razão para isto é que nós temos ignorados os valores e a ética nos negócios. Nós temos ignorado os valores humanos de cuidar e compartilhar, de dedicação e devoção. Se nós pudermos, de alguma forma, re-inculcar estes valores na juventude, eu digo-lhe que a juventude está pronta para isto. Eles querem isto porque eles têm visto a velha geração só correndo. É como correndo na esteira, sem ir para lugar nenhum.

Dan Shilon: O que está errado com a atual liderança no mundo e talvez nossa liderança visionária?

Sri Sri: Eu diria que o senso de pertencimento está encolhendo. Há uma atitude mais autocentrada, autosserviço ao invés de um senso de sacrifício pela causa. Estão faltando visão e missão.

Dan Shilon: Uma vez você disse que perdão é a cura. O perdão é a fórmula para trazer paz entre os israelenses e árabes?

Sri Sri: Esquecer o passado e encontrar um novo futuro.  De independência para interdependência. Isto é o que nós devemos entender. Independência era um slogan de uma era passada. Todos queriam ser independentes de tal forma que eles pudessem prosperar, mas hoje, a prosperidade não vem de independência, mas vem do entendimento da interdependência. Isto precisa ser ensinado às pessoas. Há também uma crise de identidade. A pessoa pensa: “eu sou mulçumano” ou “eu sou cristão” ou “eu sou hindu” ou “eu sou budista” e aqueles que não são, não me pertencem. Eles se parecem com o inimigo. Eles precisam mudar este tipo de pensamento para: – primeiro e mais importante – nossa identidade é a de ser humano. Então, nós pertencemos a um certo gênero – masculino ou feminino. A terceira identidade é a de uma religião e finalmente a de um país em particular. Se a prioridade de identidade estiver no lugar certo, eu penso que os conflitos podem ser resolvidos bem rapidamente.

Dan Shilon: Como você gostaria de ver o estereótipo do líder futuro?

Sri Sri: Eu sinto que através da educação nós mudamos e unimos os corações e mentes das pessoas. Isto não pode ser feito pelas pessoas que estão no poder. As pessoas que estão no poder não podem unir os corações e as mentes das pessoas. São as organizações voluntárias, serviço social e reformadores que tem que trazer a mudança de mentalidade e juntar corações e mentes das pessoas.

Dan Shilon: Você é otimista como Jimmy Wales?

Sri Sri: Eu sou realista. Otimismo é apenas esperança mas quando você vê que é possível e prático, então eu penso que sou realista. Vai acontecer. As pessoas não podem agüentar tensão e estresse por tanto tempo, em algum lugar, alguém vai desistir.

Você não pode fechar o punho por tanto tempo; em algum momento você tem que relaxar, e quando você relaxar você vê que todo o céu está nas suas mãos. Isto já começou no mundo.  Olhem a França e a Alemanha e o Leste Europeu. Haviam tantos conflitos na era anterior mas agora as fronteiras se foram. Tem uma única moeda, o que era impensável no século 19. Assim, da mesma forma eu tenho certeza que a crise do Oriente Médio pode ser resolvida ensinando as pessoas um conhecimento mais amplo, multicultural e multireligioso.

O texto acima é uma transcrição não editada do evento e pode sofrer atualizações.

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s