‘Tenha compaixão por aqueles que te feriram’

O que Sri Sri disse hoje:

‘Tenha compaixão por aqueles que te feriram”

Índia (Centro Internacional Arte de Viver, Bangalore) 12 de setembro:

P. Se eu sou você e você é eu, quando a sua mente será a minha mente?

Sri Sri: Toda a diferença é apenas na parte grosseira.  Quanto mais sutis formos, veremos que somos uma única consciência.

P. Como aumentar a inteligência e ser mais criativo?

Sri Sri: Para aumentar a inteligência você deve fazer mais silêncio. Silêncio é a mãe de todas as invenções. Silêncio é a base da inteligência. Tire alguns momentos, horas ou dias para ficar em silêncio. Eu não recomendaria silêncio para mais de alguns poucos dias. Algumas pessoas ficam em silêncio por meses – é inútil. Eles não deviam ficar tanto tempo. De tempos em tempos o silêncio aumentará sua habilidade. Nossos sentidos ficam mais perspicazes, a mente fica mais alerta. Você fica mais inteligente, você fica mais consciente do que você fala, sua intuição fica muito melhor.

P. O que eu devo fazer para ser o favorito do Divino?

Sri Sri: Sorria e sirva. Sorria para todo mundo e sirva a todos.

P. Como me comportar com pessoas que me feriram no passado?  Mesmo

já os tendo perdoado, eu não sei como interagir com eles. Eu não quero que ninguém tire meu sorriso.

Sri Sri: Bom. Esta simples intenção de seguir em frente irá ajudá-lo. Continue assim. Além disso, tenha compaixão por aqueles que te feriram, que eles não tem tanta sensibilidade ou conhecimento como você tem. Eles nunca tiveram a oportunidade de aprender, do jeito que você aprendeu.

P. Dizem que se alguém é iluminado, a geração dele ou dela é liberada. Se é assim, então pode-se escolher não ter filhos e devotar a vida toda para fazer seva?

Sri Sri: Bom, não tem problema se você escolher não ter filhos. Todavia, é necessário que você sinta que você é o pai/mãe de todo o mundo, que todos neste planeta são seus filhos e pertencem a você. Ao menos isto você deve ter, ninguém pode impedí-lo de sentir isto ou pensar aquilo.

P. A despeito da sinceridade com que eu faço sadhana e vou ao satsang, eu não consigo parar de comer comida não vegetariana. Eu me sinto culpado. Por favor, me ajude.

Sri Sri: Fale com alguém do YES!+*. Eles te dirão todos os jeitos. Você sabe que o mais importante é salvar sua mente. Não deixe que a culpa jamais entre na sua mente. Simplesmente seja natural.

P. Como nós podemos saber quem é o verdadeiro mestre é quem está apenas fingindo?

Sri Sri: Bem, eu nunca gastei tempo procurando por um. Você sabe, seu coração lhe diz. Há algo chamado pressentimento. Seu coração te diz que você está no lugar certo. Além disso, qualquer professor, qualquer mestre, qualquer pessoa, mesmo você como um amigo, o que você espera de um amigo? Você quer algo de seu amigo além da felicidade dele?

Se você espera algo de seu amigo ou aluno além da progresso e felicidade deles, você não é um bom professor ou amigo. Na amizade, você espera que seu amigo seja agradecido, mas um professor não espera nem mesmo isto. Logo, não queira nada de ninguém além da felicidade deles. No Upanishads, diz-se que há cinco sinais para se reconhecer um mestre:

  1. o conhecimento flui
  2. tristeza diminui
  3. alegria surge sem nenhum razão
  4. talentos crescem
  5. carência começa a desaparecer, abundância começa a aparecer

P. O conceito de anatma (sem alma) é verdadeiro? Os neurocientistas modernos concordam com a idéia. Por favor diga-nos qual e verdade nisto.

Sri Sri: Senhor Buda disse “eu meditei, eu procurei e procurei e procurei pela alma e não pude achá-la. Logo, não há alma, não há atma.”

Isto se transforma em anatmavad.

Ele disse tudo é oco e vazio. Não há alma, não há pessoa, nem entidade. Tudo é nada. Isto é o que Senhor Buda expôs.

Depois de algum tempo, Sri Adishankara veio. Ele disse: OK, este é o caso! Você não encontrou ninguém, certo? Mas quem vivenciou o nada? Quem vivenciou que não há nenhum Ser? Quem pesquisou e descobriu que não há nenhum ser?

Alguém deve ter pesquisado; alguém disse que não há Ser. Isto é o Ser. Por esta razão, usando a mesma lógica de Buda, Sri Adishankara trouxe de volta a sabedoria védica para a Índia.

E os lugares que ele viajou, hoje é a Índia. De Kerela a Kashmir, de Gujrat a Orissa a Kamagya. Ele viajou a todas estas áreas que viraram Índia. O Ser é como o espaço. Não é uma entidade ou um objeto. De fato, não há muita diferença no que o Senhor Buda e Adishankara disseram, apenas uma mudança, um estalo de pensamento – Buda diz que tudo é nada, Adishankara diz que tudo é plenitude, tudo está cheio, cada centímetro do espaço está cheio de conhecimento e informação. Ele diz que todo o universo é consciência e a consciência é a verdadeira infinidade,  sabedoria e informação. Por isto é que grandes cientistas como Albert Einstein apreciaram tanto isto. Eles dizem que Bhagavad Geeta e os Upanishads são as melhores escrituras, leitura que fez com que suas vidas mudassem. O que os cientistas dizem hoje sobre buracos negros, matéria escura, energia escura, foi dito há muito tempo.

Se você ouvir um cientista de física quântica e ouvir o Vedanta, você sentirá que eles estão falando sobre a mesma coisa.

P. Minha mente vai para todos os lugares, mesmo quando faço pooja.

Sri Sri: Está ok. Veja que não é a melhor coisa quando a mente vai para todos os lugares. Mas você deve desenvolver o hábito de se sentar consigo mesmo todos os dias. Desta forma, em algum momento você começará a meditar e uma samskara (impressão) é formada. Há o benefício do mantra japa.

Mesmo se você não se beneficiar cem por cento, mas apenas vinte por cento está ok. Para acalmar a mente é necessário pranayama. Faça swadhaya (estudo do Ser) e fique se lembrando que tudo é nashwar (transitório). O que parece ser um problema hoje estará ok, tem que ficar ok.

Nós nos sentamos para pooja, junto com as flores, mas até as folhas e os espinhos são oferecidos. Isto significa que nós aceitamos a vida com equilíbrio, sejam flores, espinhos,  frutas e folhas e entregamos tudo.

P. Devemos cantar mahamrityunjaya mantra enquanto fazemos puja?

Sri Sri: É bom, há vários louvores para mahamrityunjaya mantra. Você se sentirá bem quando cantar.

Sugandhim pusti wardhanam, faz seu corpo e sentidos saudáveis, como uma oração é muito bom.

gayatri mantra e mahamrityunjaya mantra que tem seus mahima (grandeza) especiais. Cante Om Namah Shivay – que têm tudo. Om engloba tudo. Há vibrações diferentes em Om Namah Shivay, Om Namho Bhagwate Vasudevaya. Por esta razão, Om Namah Shivay é chamado de maha mantra. Na (elemento terra), mah (elemento água) Shi (elemento fogo) e va (elemento ar) – ya (elemento céu) inclui todos os elementos.  Assim, o Mestre dos cinco elementos é Om Namah Shivay.

P. O que é mukti (liberação)?

Sri Sri: Quando você respira o último suspiro alegremente, isto é mukti (liberação). Aqueles que vivenciam alguma carência e estão tristes quando morre, voltarão. Fique satisfeito no momento da sua morte. Aquele que estiver imerso em sabedoria, mesmo quando morrer, estará livre.

P. O que acontece com aqueles que morrem infelizes?

Sri Sri: Nada pode ser feito. Fique contente e viva a vida. Não espere para ficar contente no leito de morte.

P. Como superar o medo?

Sri Sri: Através de sadhana, Kriya e meditação.

P. Há um limite para a tolerância?

Sri Sri: O céu é o limite. Se alguém está sendo injusto, não tolere mas também não reaja. Responda. Reação é quando você faz sem estar consciente. Quando vir uma injustiça, planeje devidamente e enfrente com sensibilidade. Eu não estou dizendo para tolerar quando alguém fizer qualquer injustiça.

Com habilidade, veja como você pode educá-los. Tolerar significa dar a outros algum tempo para melhorar. Se o comportamento de alguém está causando dor para você e você quer dar algum tempo para ele melhorar, isto é tolerância.

Então, eduque-o com está idéia que o que eles estão fazendo vai machucá-los e que eles precisam se educar. E, então, ignore porque você não poderá corrigir todo mundo no planeta. Algumas pessoas são deste jeito. Se você continua a pensar neles, você estará estragando sua própria paz de espírito. Então, tolere, eduque, ignore e não reaja, mas responda.

*YES!+ é o curso Arte de Viver desenhado especialmente para os jovens.

(Do escritório de Sua Santidade Sri Sri Ravi Shankar)

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Um pensamento sobre “‘Tenha compaixão por aqueles que te feriram’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s