O que Sri Sri Disse Hoje

‘Os caminhos podem ser diferentes, mas a verdade é Única’

Bangalore (Índia), 8 de junho:

P: Nós cantamos bhajans, kirtans e hinos para elogiar o Divino. Por que o Divino gosta de elogio, assim como nossos chefes?

Sri Sri: Você elogia Deus, não por Deus, mas por você mesmo. Aqueles que fazem puja, não o fazem para Deus, mas para si. Se você elogia alguém, isto não é para a felicidade dele, você faz isto para sua própria felicidade. Os pais normalmente elogiam seus filhos de 2 ou 3 anos de idade, entretanto a criança não entende uma palavra deste elogio. Então por que eles elogiam? Para elevarem-se! Não porque esperam alguma coisa da criança. Esta é a diferença entre elogio e oração. Stuti (repetição do nome de Deus) é o que levanta nossa chetana (consciência).

Fazemos stuti para elevar nossa própria consciência, não para fazer Deus feliz.

P: Pessoas de outras religiões criticam os Hindus por adoração ao ídolo. O que você pensa disto?

Sri Sri: As religiões, que negam a adoração ao ídolo, propagam algum tipo próprio de adoração ao ídolo. Quando visitei o Iraque, viajei para Najaf e Karbala onde vi uma instalação de ouro e prata, com um pano sagrado no samadhi. As pessoas fazem mannat (oração) para realizar seus desejos. Isto é como adoração a ídolo.

O mesmo ocorre com Kaaba. As pessoas executam sete voltas ao redor dele e o beijam. Isto também é adoração a ídolo. Claro que ele não tem orelhas, olhos e nariz, mas é a mesma coisa.

Se algumas pessoas não adoram um ídolo, elas adoram livros ou um quadro, oferecem flores e o decoram.

Independentemente do que você adora – uma pedra, um quadro ou um ídolo – isto é uma representação, um símbolo de Deus.

O que é um símbolo? É algo que toca um acorde em você.

Puja é um ato de honra. Honrar símbolos é puja.

Na Índia, nossos antepassados acreditavam que desenvolvíamos um elo com um rosto. Fazemos uma conexão. É por causa desta conexão que eles promoveram a adoração ao ídolo.

Adoração a ídolo é apenas uma das formas propostas por nossos antepassados. Eles diziam para começarmos com um ídolo. Mais importante do que um ídolo é yantra (um diagrama de energia). Mais importante ainda do que yantra é mantra. Diziam que mantra é mukti (liberdade). Mantra é chetana (consciência).

Há uma shloka (frase) em sânscrito que diz: Para um fazendeiro, água é Deus,

Para o intelectual, o cérebro é Deus,

Para uma criança, um ídolo é Deus,

Para o homem sábio, a Alma é Deus.

Quando as pessoas executam Ganesha puja? Acredita-se que a energia de Ganapati penentra no ídolo durante alguns dias.

Então as pessoas fazem pran prathista (evocação da alma) do ídolo.

As pessoas oram ao Senhor Ganesha dizendo: ‘Você está sempre no meu coração. Venha para dentro do ídolo para que eu possa jogar com você’. Depois de executar o puja, as pessoas oram novamente para o Senhor Ganesha voltar aos seus corações. O ídolo é então imergido em água (visarjan).

Isto é um festival. Isto traz celebração e cor na sua vida. Às vezes isto não é plenamente entendido e as pessoas ficam obcecadas pelos rituais. Isso também está errado.

Essa é a razão pela qual é importante sentar-se para puja num estado meditativo.

Quando você canta bhajans no satsang você não imagina Deus. Você canta e sua mente fica vazia. Assim, chetana (consciência) cresce.

O Jains iniciou a adoração ao ídolo e foi seguido pelo Budismo. Sanatana Dharma adotou isto muito rapidamente. Isto foi também adotado pelo Cristianismo. Criticar a adoração ao ídolo é uma tolice. É importante entendê-la.

Mas as pessoas não devem ser supersticiosas sobre adoração ao ídolo.

Isto também não quer dizer que você pode pular ao todo a adoração ao ídolo. Você sobe num ônibus e desce, mas o lugar onde você subiu e o lugar onde você desceu são diferentes. Você não pensa: “Tenho que descer do ônibus de qualquer jeito, então por que eu devo subir nele?” Isto é tolice (uma mentalidade de kutark).

Quando você sentar-se para adorar, esteja num estado meditativo. Em meditação, você se une ao céu. Então com palavras e mantras, ofereça vento, fogo e água. Com esse kalash de água (um pote de água decorada com folhas de manga na boca e um coco), ondas da criação são evocadas. Dizem que não há vida num ídolo se ele não é evocado com mantras e com forte devoção.

Nossos antepassados nos deram este grande método como uma maneira de unir as pessoas, espalhar o amor e a sabedoria.

Em Sabari Malai (Monte Sabari) na Kerala, o Senhor Aiyappa é adorado. Há uma mesquita no caminho dedicada ao santo de Sufi. Todo mundo fica em torno da mesquita e então prossegue ao templo de Aiyappa. As pessoas acreditam que o santo de Sufi era um bom amigo do Senhor Aiyappa.

Assim é como a Índia é unida.

O guru Nanak (figura central do Sikhism) fez o Guru Granth Saíbe (Livro Sagrado do Sikhs) em linguagem simples. O Guru Granth é a essência do conhecimento de todas as outras religiões. Muitos textos religiosos foram escritos em sânscrito, o que poucas pessoas podiam entender. O Guru Granth foi escrito em linguagem simples de modo que o conhecimento pudesse alcançar as massas.

Agora nós nos esquecemos até disto e começamos a fazer subdivisões. Os caminhos podem ser diferentes, mas a verdade é Única. Isso tem que ser reconhecido. Caso contrário, haverá lutas e mal entendimentos.

Q: Por que os pais são negligenciados pelos próprios filhos? Irmãos estão sendo assassinados pelos próprios irmãos.

Sri Sri: Os pais estão sendo negligenciados porque eles não gastaram tempo suficiente com suas crianças, e não deram educação espiritual a eles. Fizeram as crianças muito materialistas e egoístas. Isto é porque vocês dão a eles comida, roupas e um teto sobre suas cabeças, mas não conhecimento.

Q: Por que Deus se esconde de nós?

Sri Sri: Se você soubesse que ganharia/perderia numa partida de tênis, então você a jogaria assim mesmo? Se soubesse que ganharia uma partida de cricket, você se esforçaria com sinceridade no jogo?

Quando haverá sinceridade? Só quando algumas coisas são escondidas.

(Do Escritório da Sua Santidade Sri Sri Ravi Shankar)

© Fundação Arte de Viver

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s